Mostrando postagens com marcador Exército Brasileiro. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Exército Brasileiro. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Documentos quase centenários que estavam enterrado no 3.º GAAAe serão expostos em evento na cidade de Caxias do Sul

Documentos de quase um século atrás são encontrados enterrados no quartel do Exército, em Caxias do Sul 
Por: Redação OD
Talvez por não achar relevante, o coronel José Pena de Moraes, então intendente de Caxias do Sul (equivalente a prefeito), deixou de registrar nos relatórios anuais sobre o desenvolvimento da cidade uma solenidade na qual ele mesmo participou no dia 3 de abril de 1922. Ao lado do então ministro da Guerra do Brasil, Pandiá Calógeras, e do lendário marechal e sertanista Cândido Rondon, o intendente lançou a pedra fundamental de construção do quartel do Exército, local que hoje conhecemos como a sede do 3.º Grupo de Artilharia Antiaérea (3.º GAAAe), no bairro Rio Branco. Para marcar este momento, as lideranças guardaram a ata da solenidade, alguns jornais da época e quatro moedas dentro de uma urna de metal lacrada. A pequena caixa foi escondida sob o marco inicial das obras para a posteridade, mas o tempo tratou de apagar da memória aquele simbólico momento que consolidava a presença do Exército em Caxias.

17ª Brigada de Infantaria de Selva, inicia operação ‘Ajuricaba III’. Mais de mil militares do Exército fazem parte da operação

Militares da 17.ª  Bda Inf Sl, realizam patrulha fluvial durante a terceira edição da Operação Ajuricaba III. (Foto: Reprodução/Exército Brasileiro).
Por: Redação OD

A 17ª Brigada de Infantaria de Selva, do Exército Brasileiro (EB), iniciou nesta última segunda-feira dia 16, a terceira edição da Operação Ajuricaba. A ação objetiva intensificar a presença do Exército na faixa de fronteira e, consequentemente, inibir ações do crime organizado. O ato acontece em Rondônia e no Acre, sem data para terminar. A Operação Ajuricaba III é realizada de forma conjunta entre órgãos federais e estaduais, e conta com efetivo de mais de mil militares do Exército. Tendo ainda, o apoio logístico de 60 viaturas, 13 embarcações e três aeronaves. Na edição anterior, foram realizadas inspeções em embarcações, veículos leves e caminhões, além de patrulhas terrestres, fluviais e reconhecimento aéreo.

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Conheça o Centro de Instrução de Artilharia de Mísseis e Foguetes


Por: Redação OD

O Exército Brasileiro adquiriu, nos anos 1990, cinco Baterias de Lançadores Múltiplos de Foguetes ASTROS II para modernizar a sua Artilharia de Campanha e de Costa. O material foi distribuído em diversas regiões do território nacional. Em 2004, por intermédio da Portaria nº 619, do Comandante do Exército, de 24 setembro, decidiu-se centralizar o material ASTROS II, com a extinção dessas Unidades e a transferência do 6º Grupo de Artilharia de Costa Motorizado (6º GACosM) para Formosa (GO), transformando-o em 6º Grupo de Lançadores Múltiplos de Foguetes e Campo de Instrução de Formosa (6º GLMF/CIF).

sábado, 14 de julho de 2018

Capitão Waldyr O´Dwyer, herói da Força Expedicionária Brasileira, faz 102 anos de vida e ganha homenagem



Por: Redação OD
No dia 12 de julho, o Capitão Waldyr O´Dwyer, herói da Força Expedicionária Brasileira (FEB), completou 102 anos de vida. A ocasião especial foi celebrada durante a cerimônia de entrega da obra de revitalização da Praça dos Expedicionários, em Anápolis (GO). Último Pracinha vivo a residir naquele município goiano, o Capitão Waldyr participou de momentos relevantes da Campanha da FEB na Itália, incluindo a épica Tomada de Monte Castello, em 21 de fevereiro de 1945. A idade avançada trouxe as naturais limitações físicas ao oficial da reserva, incluindo dificuldades de locomoção.

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Aula inaugural do curso de Operação da VBTP M113 B/BR e de Tiro do Sistema de Armas da VBC CC Leopard 1A5 BR



Por: Redação OD

No dia 9 de julho, ocorreu a aula inaugural do curso de Operação da Viatura Blindada de Transporte de Pessoal (VBTP) M113 B/BR. Inicialmente, após as apresentações protocolares realizadas pelo Major Jonathas Silva Nascimento, Comandante do Corpo de Alunos, o Comandante do Centro de Instrução de Blindados (CI Bld), Tenente-Coronel Alexandre Carlos Geovanini do Santos ressaltou a importância do material de emprego militar e a necessidade de conhecer as particularidades na otimização do carro bem como garantir a segurança de todos que compõem a guarnição da viatura. 

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Crimes de guerra e ação fiscalizatória em conflitos armados



Por: Eduardo Bittencourt Cavalcanti
A respeito da repressão às violações das normas incriminadoras ou do cometimento dos intitulados crimes de guerra, cabe, inicialmente, uma remissão sobre as regras que regem a conduta dos participantes de um conflito armado. O comportamento nesse cenário é regulado pelo Direito Internacional dos Conflitos Armados (DICA), também denominado Direito Internacional Humanitário (DIH)Trata-se de área do Direito Internacional dedicada à regulação do limite das hostilidades, com uso de determinados meios e métodos, e ao resguardo de certos bens e do zelo humanitário com pessoas protegidas, como feridos, enfermos, prisioneiros de guerra, internados civis, populações civis, e suas subcategorias.

5º Regimento de Carros de Combate realiza exercício de adestramento para o emprego de armas coletivas



Por: Redação OD
O 5º Regimento de Carros de Combate (5º RCC), “Regimento Tenente Ary Rauen”, executou o Tiro das Armas Coletivas no dia 5 de julho de 2018.O Exercício foi realizado no Campo de Instrução Marechal Hermes (CIMH), em Três Barras (SC), e coroou o Período de Adestramento Básico, permitindo que todas as frações se adestrem no emprego dos seus respectivos armamentos coletivos.

terça-feira, 10 de julho de 2018

Material de Engenharia utilizado nos 13 anos da missão no Haiti passa por manutenção e está pronto para emprego



Por: Redação OD
O Exército Brasileiro, após ter concluído a Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH) em 2017, iniciou a etapa de repatriação de todo o material empregado nos 13 anos da operação nesse país caribenho. Dentro dessa fase de operação, existe a necessidade de recebimento e possível manutenção. Por essa razão, no tocante a todo o material de Engenharia utilizado na Companhia de Engenharia de Força Paz-Haiti (BRAENGCOY), além de alguns materiais do Batalhão Brasileiro de Força de Paz (BRABAT), o 2º Batalhão de Engenharia de Combate (2º BE Cmb), “Batalhão Borba Gato”, sediado na cidade de Pindamonhangaba (SP), foi incumbido da tarefa de receber e manutenir o material.

Alunos do Curso de Formação de Sargentos receberam a boina azul ferrete, após realização de Exercício de Longa Duração



Por: Redação OD
Após realizarem o 1° Exercício de Longa Duração (ELD), os alunos do Curso de Formação de Sargentos (CFS) do 4º Grupo de Artilharia de Campanha Leve (4° GAC L) receberam a boina azul ferrete no dia 30 de junho. O exercício havia se iniciado em 25 de junho, no Campo de Instrução de Juiz de Fora (CIJF), e durou cinco dias. No dia seguinte à conclusão do ELD, os alunos receberam a boina, durante uma formatura realizada no 4° GAC L, evento presidido pelo General de Brigada Carlos André Alcântrara Leite, Comandante da 4ª Brigada de Infantatira Leve (Montanha). A solenidade contou, também, com a participação de autoridades, personalidades de Juiz de Fora e familiares dos alunos.

sexta-feira, 6 de julho de 2018

Operação 3 Luas: Ações da Aviação do Exército com o uso de óculos de visão noturna são avaliadas


Por: Redação OD

Entres os dias 25 e 29 de junho, o Comando de Aviação do Exército (CAvEx) realizou a "Operação 3 Luas" na região do Vale do Paraíba, desdobrando, em campanha, seus meios aéreos na cidade de Taubaté. Por meio de seu Estado-Maior, compondo a direção do exercício, o CAvEx contou com a eficiente participação do 1º e do 2º Batalhão de Aviação do Exército, com seus meios aéreos e equipes de voo e apoio; de instrutores do Centro de Instrução de Aviação do Exército; de equipe de manutenção do Batalhão de Manutenção e Suprimento de Aviação do Exército; da Companhia de Comunicações da Aviação do Exército instalando, para explorar e manter as comunicações; e da Base de Aviação do Exército, com o apoio necessário de aprovisionamento e serviço médico.

quinta-feira, 5 de julho de 2018

Academia Militar das Agulhas Negras ajuda na formação dos futuros oficiais de nações amigas

Cadetes brasileiros e estrangeiros, cada um com o uniforme do seu país, no dia da formatura de conclusão de curso. (Foto: Exército Brasileiro)
Por: Redação OD

A Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), instituição de ensino superior responsável pela formação dos oficiais do Exército Brasileiro, com sede na cidade de Resende (RJ), também é responsável em formar oficiais estrangeiros de nações amigas. Os cadetes buscam na bicentenária academia militar brasileira, a graduação como bacharéis em ciências militares, nas especialidades da linha de ensino militar bélica do EB: Infantaria, Cavalaria, Artilharia, Engenharia, Intendência, Comunicações e Material Bélico. Em 2018, 48 cadetes de 17 diferentes países estudam em um dos quatro anos da AMAN, 10 deles no primeiro ano. Países como Angola, Guiana, Guiné-Bissau, Honduras, Moçambique, Paraguai, Peru, São Tomé e Príncipe, Suriname e Vietnã enviaram representantes. A AMAN recebe cadetes de nações parceiras desde 1946. Ao longo dos anos, mais de 200 oficiais estrangeiros já foram formados pela academia do EB. Segundo o General de Brigada Ricardo Augusto Ferreira Costa Neves, comandante da academia, o interesse dos estrangeiros em estudar na academia é justificado pela tradição da academia em preparar líderes e na manutenção dos valores da força terrestre.

Comando de Defesa Cibernética realiza o "Exercício Guardião Cibernético" e reúne especialistas em TI, gestores de crise e tomadores de decisão


Por: Redação OD

A Defesa Cibernética analisa problemas de amplas áreas da atividade humana, dentre elas: negócios, mercados e sociedade. Nesse aspecto, encarar os desafios que todos enfrentam no ciberespaço é papel do Guardião Cibernético, que atua em três setores: Defesa, Financeiro e Nuclear. Por isso, o Exercício Guardião Cibernético, conduzido pelo Comando de Defesa Cibernética (ComDCiber), do Ministério da Defesa, tem a finalidade de envolver seus participantes no treinamento e na proteção de ataques virtuais. O treinamento está ocorrendo desde o ultimo dia 3 e encerra-se amanhã dia 6 de julho, no Forte Marechal Rondon, em Sobradinho, no Distrito Federal.

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Cadetes do 4º ano da Academia Militar das Agulhas Negras realizarão o Curso de Operações na Selva


Por: Redação OD

Anualmente, o Centro de Instrução de Guerra da Selva, situado em Manaus (AM), recebe Cadetes do 4º ano da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) para realizarem o Curso de Operações na Selva, categoria B. Selecionados rigorosamente pela Academia, os futuros oficiais dirigiram-se essa semana para a capital amazonense a fim de darem prosseguimento ao treinamento e aclimatação, antes de iniciarem o Curso. Os Cadetes recebem o apoio do 1º Batalhão de Infantaria de Selva (Aeromóvel). Como forma de estimula-los na preparação para o curso de nove semanas, instrutores da Academia ministraram treinamentos para os Cadetes.

terça-feira, 3 de julho de 2018

Equipes do Exército Brasileiro são destaque no 2º Simpósio de Medicina Tática do Ministério da Defesa



Por: Redação OD

O Batalhão de Operações Especiais de Fuzileiros Navais (Btl Tonelero) foi o palco e anfitrião da primeira competição de Medicina Operativa do Ministério da Defesa, realizada no ultimo dia 28 de junho. A competição, que encerrou o 2º Simpósio de Medicina Tática do MD, a qual fora realizada nas dependências da Escola de Sargentos de Logística (EsSLog), na Vila Militar (RJ) ao longo da semana. Cada Força Singular foi representada por 2 equipes, cada qual integrada por 5 militares (1 médico e 4 Sgt de saúde, sendo 1 obrigatoriamente do segmento feminino). Ainda, cada Força apresentou 1 juiz para a competição, sendo, do EB, o Cap Médico Luís Gustavo, da EsSLog, Instrutor Chefe do Curso de Saúde Operacional. 

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Centro de Instrução de Operações no Pantanal onde conhece-se o significado da palavra "Sobreviver"


Por: redação OD

Com a designação do 17º Batalhão de Fronteira (17º B Fron) como organização militar de emprego peculiar, de acordo com a Portaria Ministerial nº 423, de 16 de junho de 1997, houve a necessidade de especializar militares a operar em ambiente com a característica do Pantanal sul mato-grossense. Em 1998, a organização militar, com toda a sua infraestrutura, foi considerada base de instrução e apoio aos Estágios de Operações no Pantanal (EOPan). Desse modo, seu armamento, equipamento, viaturas, embarcações, pessoal e instalações foram disponibilizadas para essas finalidades. Como o Núcleo de Operações no Pantanal ainda não estava concluído, as instalações do sistema de embarcação da organização militar foram adaptadas para alojamento, reserva de material, sala de instrução e administração, tudo voltado exclusivamente para os estagiários.

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Exército Brasileiro celebra os cinco anos de ativação do Comando Militar do Norte


Por: Redação OD

Na próxima terça-feira dia 26 de junho, o Comando Militar do Norte (CMN) comemora o seu quinto aniversário de ativação. O CMN foi criado para multiplicar as ações do Exército Brasileiro na Amazônia Oriental, com o objetivo de aumentar a capacidade operacional, o gerenciamento administrativo e proporcionar melhores condições de emprego da Força Terrestre, em face do espaço estratégico da foz do Rio Amazonas e das diversas Infraestruturas Estratégicas da Região. Durante décadas, a cidade de Belém sediava apenas o Comando da 8ª Região Militar, Grande Comando Logístico que era diretamente subordinado ao Comando Militar da Amazônia, com seu Quartel-General em Manaus-AM. Fruto do processo de reestruturação do Exército Brasileiro, somado ao cenário político e estratégico da Região Norte do País, o Comandante da Força resolveu dividir a região amazônica em Ocidental e Oriental.

terça-feira, 19 de junho de 2018

Operação Alta Pressão VI: Exército Brasileiro no combate ao comércio ilegal de armas e munições


Por: Redação OD

O Exército Brasileiro desencadeará a Operação Alta Pressão VI, entre os dias 19 e 21 de junho, com o objetivo de intensificar a fiscalização do comércio de armas de fogo e munições em todo o País. As ações serão desencadeadas de forma simultânea e em ambiente interagências por todo o Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados (SisFPC), composto por integrantes do Exército, dos Serviços de Fiscalização de Produtos Controlados (SFPC) das doze Regiões Militares, por agentes dos Órgãos de Ordem e Segurança Pública (OSOP), tais como a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Federal (PF) e as policiais militares estaduais, além das agências de fiscalização fazendária, dos níveis federal e estadual, todos partícipes das atividades de fiscalização de produtos controlados. 

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Atuação das Forças Armadas na Intervenção Federal do Rio de Janeiro e as correntes contrárias a elas


EDITORIAL ORBIS DEFENSE
Por: Anderson Gabino
Muito tem-se dito sobre a ação dos militares na intervenção federal da segurança pública do Rio de Janeiro. A “grande” mídia, vive cobrando resultados e números, para fazer sensacionalismo as custas destes. Mas, o que de fato ocorre é que esta intervenção é algo de caráter "POLÍTICO" (infelizmente). As Forças Armadas que são instituições, onde reza como lema principal “Defender a soberania nacional, seja ela de inimigos externos ou internos” viu-se diante de uma dilema, pois as mesmas tem como doutrina se fazer presente onde fora requisitada pelo seu Comandante-chefe, no caso o Presidente da República.

quinta-feira, 14 de junho de 2018

2° Batalhão de Infantaria de Selva conduz Estágio de Operações Aeromóveis para militares do CMN



Por: Redação OD

O 2° Batalhão de Infantaria de Selva (2º BIS) conduziu, no período de 3 a 10 de junho de 2018, o Estágio de Operações Aeromóveis para oficiais e sargentos das organizações militares do Comando Militar do Norte. Durante a atividade, os instruendos receberam instruções sobre os fundamentos das Operações Aeromóveis, participaram de práticas de técnicas aeromóveis, planejaram e executaram uma operação de zona de pouso de helicópteros, para que tropas  do 2° BIS cumprissem infiltrações e incursões aeromóveis em ambiente de selva.

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Militares do Exército Paraguaio conhecem a gestão, a manutenção e adestramento de blindados do nosso Exército


Por: Redação OD

Com a missão de se estreitar os laços profissionais e de amizade entre os militares do Exército Paraguaio e do Exército Brasileiro, bem como, propiciar uma visão geral sobre os trabalhos desenvolvidos nas organizações militares da 3ª Divisão de Exército (3ª DE), “Divisão Encouraçada”, foram os objetivos principais da visita de militares da Escola de Blindados do Exército do Paraguai na  Guarnição de Santa Maria, no período de 4 a 8 de junho. A Delegação esteve composta por 35 militares, sendo dois oficiais superiores, 14 oficiais intermediários e subalternos, 18 subtenentes e sargentos das Forças Militares Paraguaias.