Mostrando postagens com marcador Exército Brasileiro. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Exército Brasileiro. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 22 de maio de 2018

3° Batalhão de Aviação do Exército realiza adestramento de seu Pelotão de Busca e Salvamento (SAR)



Por: Redação OD
O Pelotão de Busca e Salvamento (SAR) do 3° Batalhão de Aviação do Exército (3º BAvEx), com o apoio da 4ª Companhia de Engenharia de Combate Mecanizada (4ª Cia E Cmb Mec), realizou no período de 14 a 18 de maio, a Operação Poseidon, uma Operação de mergulho de adestramento na Guarnição de Jardim. Em parceria com operadores locais, foram desenvolvidas atividades de Mergulho Livre de Resgate  e de Mergulho Autônomo de Resgate, com todos os integrantes do Pelotão. Todas atividades tiveram foco no suporte às tripulações da Aviação do Exército. Na Praia da Figueira foi realizado adestramento de Orientação Subaquática e Trabalho Técnico de Engenharia.

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Proteção a civis: O Exército Brasileiro e os ensinamentos homogêneos em cenários heterogêneos das missões de paz


Por: Luiz Claudio Talavera De Azeredo

Eram cerca de 07h30 da manhã, do dia 21 de novembro de 2016. Após semanas de crescentes tensões, escutam-se os primeiros tiros do confronto entre grupos armados, de mesma religião e antigos aliados. Eles lutavam para controlar a Cidade de Bria, centro urbano mais importante de uma região produtora de diamantes na República Centro-Africana. Ao mesmo tempo que se tentava obter a adequada consciência situacional do conflito e se trabalhava para cumprir as tarefas essenciais do mandato da Missão Multidimensional Integrada das Nações Unidas para Estabilização da República Centro-Africana (MINUSCA), centenas de civis começaram a buscar proteção junto à base da ONU, de onde dirigíamos as operações.

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Recrutas do 15º GAC AP aplicam conhecimentos e capacidades adquiridos. “Ser soldado é mais que profissão: é Missão de Grandeza!”


Por: Redação OD

O 15º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado (15º GAC AP) realizou entre os dias 1º a 5 de maio, o Exercício de Longa Duração, o qual marcou o encerramento da Instrução Individual Básica do efetivo incorporado em 2018. Durante os cinco dias de instrução árdua, os novos 140 recrutas puderam aplicar, de forma integrada, todos os conhecimentos e capacidades adquiridos desde a sua entrada junto à Força Terrestre. Neste período, os futuros soldados do Exército de Caxias, praticaram no terreno os conhecimentos adquiridos durante a 1ª fase.

Ministro da Defesa e Comandantes das Forças Armadas, celebram o 73º aniversário do fim da II Guerra Mundial


Por: Redação OD(*)

O ministro da Defesa interino, Joaquim Silva e Luna, participou nesta terça-feira (8), pela manhã, da cerimônia em homenagem ao 73º aniversário do fim da Segunda Guerra Mundial e da entrega da Medalha da Vitória, no Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro. Na leitura da Ordem do Dia, o ministro Silva e Luna ressaltou, inicialmente, o sangue dos heróis brasileiros que lutaram ao lado dos aliados. "O Brasil pagou sua cota com moedas de sangue e de honra. Estava entre os aliados, sendo o único país da América do Sul a enviar combatentes ao teatro de operações europeu", disse o ministro, ao falar sobre o sacrifício dos militares brasileiros empregados no teatro de operações na Itália.

segunda-feira, 7 de maio de 2018

Como funciona o Estágio de Caçador de Operações Especiais do Exército Brasileiro



Por: Redação OD

O Estágio de Caçador de Operações Especiais é conduzido no Centro de Instrução de Operações Especiais do Exército Brasileiro (CIOpEsp), em Niterói-RJ. A equipe de instrução é composta por militares do Exército Brasileiro, Marinha do Brasil e Polícias Militares, ambos da comunidade de Operações Especiais, concretizando o caráter Conjunto e Inter agências dessa atividade cada vez mais comum no dia-a-dia dos agentes de defesa e segurança do Estado. Como o nível das avaliações são elevados e o padrão dos alunos também, a concorrência pelas vagas no Estágio é altíssima. A não apresentação da documentação necessária completa, apresentada nas orientações ao candidato já é motivo de corte. Ainda nos primeiros dias do Estágio os candidatos são submetidos a um rigoroso Exame de Avaliação Técnica de Tiro em que visa verificar as habilidades técnicas do candidato no tiro de precisão, levando-se em consideração grupamento, constância e precisão no tiro.

domingo, 6 de maio de 2018

1º Batalhão de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear e a capacidade de Defesa do Exército Brasileiro


Por: Alexandre Marcos Carvalho de Vasconcelos 

Com a crescente industrialização, aliada à busca de novas tecnologias, formas inovadoras de produção foram aperfeiçoadas. Nesse contexto, a indústria química surgiu em diversos ramos da produção. A partir do século XX, a manipulação de elementos radioativos possibilitou a produção de energia, a irradiação de alimentos, os estudos para a melhoria da saúde e outras atividades. Junto ao progresso, o mundo sofreu com os problemas da utilização dos ramos químico e nuclear. Citam-se a degradação do meio ambiente, os efeitos da radiação sobre o organismo e os impactos diretos sobre a saúde, relacionados à intoxicação química e nuclear. 

sexta-feira, 27 de abril de 2018

Helicóptero AS365K2 “Super Pantera” da Aviação do Exército, obtém certificado e suplementos de voo


Por: Redação OD
Com testes iniciados pela Aviação do Exército (AvEx) em 2014, o helicóptero AS365K2 “Super Pantera” recebeu o certificado e suplementos de voo no dia 16 de abril de 2018, após voo de comprovação com autoridade aeronáutica responsável pela certificação. Os testes foram realizados em todo o território nacional e, ao término, foram identificadas algumas oportunidades de melhoria ao projeto. Um dos aspectos que chamou a atenção da equipe do Grupo de Ensaios e Avaliações (GEA) foi o fato de que uma aeronave tão moderna e com tantas capacidades apresentava restrições à realização de procedimentos de aproximação sobre Instruments Flight Rules (IFR), utilizando o sistema de GPS da aeronave.

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Brasil sedia mega-simulação internacional sobre operações de paz


Por: Eduarda Hamann

Bogaland é um país fictício que vive uma gravíssima crise de segurança e convive com dificuldades encontradas, hoje, nos mais complexos conflitos armados da África e do Oriente Médio: grupos fortemente armados, crianças-soldado, refugiados e desalojados, feridas étnicas e religiosas exploradas por líderes demagogos, e outros problemas que assolam, na vida real, milhares de pessoas nesse início de século XXI. No momento, o país hospeda uma missão da OTAN em todo o seu território e, em uma das províncias, há um setor da ONU ocupado por uma brigada multinacional. O estado final desejado é fazer, em todo o país, o hand-over completo da OTAN para a ONU, ou seja, a transferência da autoridade.

segunda-feira, 23 de abril de 2018

O Sistema Vigia do Motor das VBTP EE-11 Urutu e VBR EE-9 Cascavel

VBTP EE-11 URUTU e VBR EE-9 CASCAVEL
Por: Jolcemar Guterres dos Santos

A VBTP (Viatura Blindada de Transporte de Pessoal) EE-11 Urutu e a VBR ( Viatura Blindada de Reconhecimento) EE-9 Cascavel, foram projetadas e entraram em produção na década de 70 pela empresa Engesa. A primeira, um veículo anfíbio, utilizado para transporte de pessoal, possuindo ainda outras aplicações no meio militar, como ambulância e oficina. A segunda, um veículo desenvolvido para missões de reconhecimento, inicialmente portando um canhão de 37 mm, e por fim evoluiu para uma torre produzida pela Engesa com um canhão 90 mm. Ambas viaturas, por terem chassi montado sobre rodas, possuem alto desempenho em terra e a VBTP EE-11 Urutu também alto desempenho em água. São equipadas com um sistema de tração total, ou seja, possibilidade de tração 6x4, 6x6 e bloqueio do diferencial traseiro, este montado com um sistema de boomerang(¹) e suspensão dianteira independente.  

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Militares da Guarnição de Juiz de Fora realizaram o Estágio Básico do Combatente de Montanha (EBCM)


Por: Redação OD

No período de 8 a 12 de abril, 23 militares das organizações militares da Guarnição de Juiz de Fora realizaram o Estágio Básico do Combatente de Montanha (EBCM). Durante esse período de formação, os militares foram instruídos e capacitados sobre Marchas em Montanha; Evacuação de Feridos; Cordas, equipamentos e vestuário; Nós e Amarrações; e Técnicas de Escalada. A preparação desses militares começou antes mesmo da aula inaugural, pois o EBCM é um estágio que exige muitos momentos de superação e coragem.

quinta-feira, 19 de abril de 2018

"Ordem e progresso não acontecem sem respeito à lei", diz Villas-Bôas. Declaração busca findar a polêmica causada

Michel Temer cumprimenta o comandante do Exército, general Eduardo Villas Boas
Por: Redação OD

O comandante do Exército, general Eduardo Villas-Bôas, falou sobre a polêmica levantada por ele próprio um dia antes de o Supremo Tribunal Federal (STF) julgar o habeas corpus do ex-presidente Lula. Em nota da Ordem do Dia militar, o comandante (que assina o documento) destacou que os militares atuam em obediência à Constituição Federal e às leis, e destacou que “ordem e progresso”, lema da bandeira do Brasil, “não acontecem sem respeito à lei, sem amor ao país e sem honestidade de propósitos”. A nota, lida nesta quinta-feira (19/4) em cerimônia de celebração do Dia do Exército, a qual o presidente Michel Temer também marcou presença, põe uma pedra sobre a polêmica manifestação publicada por Villas-Bôas na noite de 3 de abril, nas redes sociais.

19 de abril - Dia do Exército, com orgulho




No dia 15 de fevereiro de 1630, o Nordeste brasileiro começava a viver o pesadelo da invasão dos holandeses, pertencentes à Companhia das Índias Ocidentais. Após 15 anos de bravo enfrentamento, lutando contra forças superiores, em 23 de maio de 1645, 18 líderes da Insurreição Pernambucana assinaram um termo, no qual se destaca o uso, pela primeira vez no Brasil, da palavra "pátria", no seu sentido atual. No documento, verdadeiro "Compromisso Imortal", há, também, providências que, hoje, seriam consideradas mobilização de Reservas:

domingo, 15 de abril de 2018

O Exército Brasileiro e a implementação da VBTP MR 6X6 GUARANI para operações de ações humanitárias


Por: Cap Castilhos Almeida

O Exército Brasileiro, atendendo às demandas da sua Doutrina Militar Terrestre (DMT), tem buscado o aprimoramento de suas capacidades de apoio a órgãos governamentais. Em 2017, apenas no segundo semestre, a Força Terrestre foi empregada em 17 operações subsidiárias de ajuda humanitária – de acordo com a Divisão de Coordenação Civil e Militar do Comando de Operações Terrestres. Para atender ao novo panorama de emprego das tropas brasileiras, devem ser exploradas as ferramentas disponíveis. A VBTP MR 6x6 Guarani é a mais nova e moderna viatura em operação nas unidades do Exército e possui diversos meios úteis à condução de operações de ajuda humanitária, todavia devem ser buscados implementos e agregados tecnológicos que potencializem essas capacidades.

sábado, 14 de abril de 2018

General do Exército Brasileiro foi escolhido para chefiar missão da ONU na República Democrática do Congo

General Elias Rodrigues Martins Filho durante palestra ao exército dos EUA, em 7 de outubro de 2015 (Foto: U.S. Army Photos by Dan O. Neal)
Por: Redação OD
O general de divisão do Exército Brasileiro Elias Rodrigues Martins Filho foi nomeado nesta sexta-feira (13) como novo comandante militar da Missão de Estabilização das Nações Unidas na República Democrática do Congo, a MONUSCO. O anúncio foi feito pelo secretário-geral da ONU, António Guterres. Martins Filho substitui o sul-africano Derrick Mbuyiselo Mgwebi, que ocupou o cargo durante dois anos. Antes dele, outro brasileiro já chefiou a missão, o general Carlos Alberto dos Santos Cruz, no período entre 2013 e 2015. 

quinta-feira, 12 de abril de 2018

5º Regimento de Cavalaria Mecanizado realizou o acampamento da Fase de Instrução Individual Básica


Por: Redação OD

Entre os dias 3 e 6 de abril, o 5º Regimento de Cavalaria Mecanizado (5º RC Mec), "Cavalaria da Legião de Tropas Ligeiras", realizou o acampamento da Fase de Instrução Individual Básica (FIIB), iniciando com a realização da marcha de 8 km. Os militares tiveram diversas instruções diurnas e noturnas, como orientação, pista de corda, pista de progressão, sobrevivência, entre outras, com a finalidade de forjar o combatente básico.

quarta-feira, 11 de abril de 2018

2º Batalhão de Infantaria de Selva realizou o Estágio Básico do Combatente de Selva para 300 militares


Por: Redação OD
No período de 31 de março a 6 de abril, o 2º Batalhão de Infantaria de Selva (2° BIS) realizou o Estágio Básico do Combatente de Selva 2018 (EBCS) para 300 militares, entre alunos do Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva (NPOR) e soldados do efetivo variável, da Guarnição de Belém, incorporados no corrente ano.

terça-feira, 10 de abril de 2018

Escola de Sargentos de Logística do Exército Brasileiro forma turma pioneira no Curso de Saúde Operacional (CSOp)



Por: Redação OD
No dia 06 de abril, a Escola de Sargentos de Logística do Exército Brasileiro (EsSLog) localizada no Rio de janeiro, formou a turma pioneira no Curso de Saúde Operacional (CSOp), constituída de 9 Oficiais Médicos, 2 Oficiais Veterinários, 2 Oficiais Enfermeiros, 1 Oficial Farmacêutica e 24 Sargentos de Saúde. Nas cinco semanas de intensas atividades, os instruendos foram capacitados em Atendimento Pré-Hospitalar (APH), Atendimento Pré-Hospitalar Tático (APHT), Resgate em ambiente aquático e de Montanha, DQBRN, Evacuação Aeromédica, Progressão no Terreno (Patrulha), Assuntos Mortuários, dentre outros, totalizando 230h de instrução.

10 DE ABRIL | Dia da Arma de Engenharia - Ao Braço Firme, Avante Remar...Xingu


Por: Redação OD

A história da Engenharia Militar brasileira remete ao Brasil Colônia, quando os portugueses, frente à ameaça de perder o território recém-conquistado, iniciaram a construção de vários fortes em pontos estratégicos do solo brasileiro. A Arma de Engenharia tem por missão auxiliar a Mobilidade, a Contra mobilidade e a Proteção, além de prestar o Apoio Geral de Engenharia, constituindo-se um fator multiplicador do poder de combate das tropas. A História Militar encerra inúmeros exemplos de medidas tomadas com o intuito de reduzir os efeitos das ações inimigas e das intempéries sobre a tropa e sobre o material, de facilitar o movimento da tropa e de dificultar o avanço do inimigo através das linhas amigas.

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Entrega de espadas a oficiais generais renova compromisso do Exército Brasileiro com o País

Por: Redação OD
Em cerimônia realizada na última quinta-feira (5), em Brasília, dezenove novos oficiais generais de Brigada do Exército Brasileiro receberam, simbolicamente, as espadas - réplicas da espada de Caxias - para consolidar o compromisso assumido, como chefe militar, no mais alto posto da carreira. O evento também marcou a promoção de outros dezessete generais, sendo três ao posto de general de Exército e quatorze ao de Divisão. Durante a cerimônia - que contou com as presenças do ministro da Defesa interino, Joaquim Silva e Luna e do comandante do Exército, general Eduardo Dias da Costa Villlas Bôas – o chefe do Estado-Maior do Exército (EME), general Fernando Azevedo e Silva, em nome do comandante da Força, falou aos promovidos.

sábado, 7 de abril de 2018

5º Regimento de Carros de Combate realizará na próxima semana a Operação Boina Preta


Por: Redação OD

O 5º Regimento de Carros de Combate (Regimento Tenente Ary Rauen) realizará entre os dias 9 e 12 de abril, a Operação Boina Preta, onde militares do efetivo variável recém incorporados (2018) irão participar de um exercício em campo pela primeira vez. A Operação Boina Preta, tem como objetivo verificar qual foi o nível de instrução básica alcançado pelos recrutas, colocando em prática toda a aprendizagem desenvolvida nas cinco primeiras semanas, que os mesmo tiveram já como militares do Exército Brasileiro.