sábado, 22 de abril de 2017

Centro de Instrução de Aviação do Exército (CIAvEx) forma seu primeiro Oficial no Curso SAR


Por: Redação OD
Com a recriação da Aviação do Exército fez-se necessário, além de toda estrutura requerida para a atividade aérea, a implantação de uma Equipe Especializada em Busca e Salvamento. Para tanto, a Aviação do Exército selecionou e enviou à Força Aérea Brasileira (FAB), alguns de seus militares para realizarem o curso de Salvamento e Resgate (PARA-SAR), e assim dar início ao Grupo que, a partir daí, iria proporcionar a segurança adequada aos voos da Aviação do Exército.

Esquadrão VF-1 e Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal realizam operação de adestramento conjunta

Militares que compuseram a equipe de solo do adestramento conjunto
Por: Redação OD
De 3 a 7 de abril, militares do 1º Esquadrão de Aviões de Interceptação e Ataque (EsqdVF-1), do Batalhão de Operações Especiais de Fuzileiros Navais (Batalhão Tonelero) e do Batalhão de Controle Aerotático e Defesa Antiaérea, realizaram um adestramento conjunto de emprego de armamento.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Força Aérea Brasileira celebra o Dia da Aviação de Caça reverenciando o passado de glórias, mas atenta ao futuro promissor


Por: Anderson Gabino

A Força Aérea Brasileira (FAB) homenageia todos os integrantes da Aviação de Caça, cujo dia é celebrado neste sábado (22/04). Foi nessa data que, em 1945, o Primeiro Grupo de Aviação de Caça (1° GAVCA) realizou o maior número de surtidas durante a segunda guerra mundial na Itália: 44 missões que resultaram na destruição de mais de 100 alvos. Com isso, celebrou-se no dia de hoje 21/04, nas dependências da agora ALA 12 (antiga Base Aérea de Santa Cruz) formatura em alusão ao Dia da Aviação de Caça. 

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Ataque terrorista em Paris na Avenue des Champs-Elysées



Por: Yam Wanders.

Ocorreu nesse começo de noite um ataque a policiais na famosa Avenue des Champs Elisées, uma das regiões mais movimentadas de Paris. De acordo com informações recebidas de fontes particulares dessa redação e contatos pessoais dentro da Gendarmerie (Polícia Militar francesa) ocorreu um tiroteio após a interceptação de um grupo de suspeitos próximos ao Arco do Triunfo, portando volumes suspeitos, e, a interpelação degenerou em um tiroteio que vitimou fatalmente dois policiais. Um dos terroristas foi abatido em legítima defesa por policiais, outros estariam em fuga pela região. 

terça-feira, 18 de abril de 2017

Exército Brasileiro irá liberar a importação de revólveres, espingardas e pistolas. Mudanças foram aprovadas e o MD dará a palavra final


Por: Redação OD

Uma revolução no comércio brasileiro de armas está prestes a sair do papel. Criado ainda na década de 1930, o regulamento militar sobre o controle de armamentos será alterado em vários capítulos pelo governo Michel Temer. O ponto mais sensível do novo texto — e que ao longo dos últimos 90 anos sofreu pressão do lobby da indústria nacional — vai permitir a importação de revólveres, espingardas e determinados tipos de pistolas, como a .380 ou até mesmo as .40 e a .45, de calibres com maior poder de fogo para órgãos de segurança pública. O documento altera, de maneira histórica, o comércio de produtos controlados no Brasil.

O Exército Brasileiro e a missão no Haiti


Por: Fábio Alves da Costa
As missões de paz da Organização das Nações Unidas são definidas nas reuniões do Conselho de Segurança (CS), quando os participantes deliberam acerca das decisões que envolvem o assunto. A Resolução Nr 2313, de 13 de outubro de 2016, é o documento formal do Conselho de Segurança (CS) que autoriza a permanência da Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (MINUSTAH). As Resoluções do CS contêm mandatos para operações de manutenção da paz. Mandato é a autorização e as ordens próprias para que sejam tomadas ações específicas de segurança em um país.

Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo desenvolve Modelo Livre de submarino para o Prosub (SN-BR)


Por: Redação OD
Dentro das atividades de desenvolvimento e pesquisa para sistemas e equipamentos de propulsão naval, o Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo (CTMSP) desenvolveu, no dia 15 de março, o Modelo Livre (ML) para apoio às atividades de projeto hidrodinâmico do Submarino de Propulsão Nuclear (SN-BR).

segunda-feira, 17 de abril de 2017

UM BAIANO NA CASA BRANCA: Fuzileiro Naval segurança de Donald Trump é nascido no interior da Bahia


Por: Redação OD
“O povo vai governar esta nação novamente”, disse Donald Trump, o 45º presidente dos Estados Unidos, em sua cerimônia de posse, no dia 20 de janeiro deste ano, em Washington. Na ocasião, o republicano reiterou pontos defendidos em sua campanha marcada por um discurso nacionalista e de restrição aos imigrantes. Chegou a enfatizar que busca “devolver a América aos americanos”.

As disputas territoriais no mar do sul da china e suas implicações para a segurança internacional


Por: Christian Toshio Ito

Com uma área aproximada de 3,5 milhões de quilômetros quadrados, reservas estimadas de 28 bilhões de barris de petróleo e de 750 trilhões de metros cúbicos de gás natural abaixo do seu leito marinho, e rota de cerca de um terço do comércio marítimo mundial, o Mar do Sul da China é uma área marítima circundada pela China e por nove Estados do Sudeste Asiático, relativamente menores e militarmente menos capazes, como Brunei, Filipinas, Malásia e Vietnã.

FAB realiza testes para inserção de helicópteros do Exército no sistema Link BR-1


Por: Redação OD
Um passo importante para a integração das Forças Armadas em operações conjuntas foi dado pelo Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE). Uma série de testes realizados em meados de março avaliou, com êxito, a possibilidade de inserção dos helicópteros EC-725 (Projeto HX-BR) do Exército Brasileiro (EB) no Sistema de Comunicação Segura da Força Aérea Brasileira, o Sistema Link BR-1.

Esquadrão HU-2 realiza EVAM no Navio Mercante AMAPOLA


Por: Redação OD
O 2º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral, empregando um helicóptero UH-15, realizou no dia 14 de março a Evacuação Aeromédica (EVAM) de um tripulante do navio mercante “Amapola”, de bandeira de Malta. Atendendo a um pedido de socorro do navio, o SALVAMAR SUDESTE, coordenado pelo Comando do 1°Distrito Naval, decidiu empregar a Aeronave de Serviço da Esquadra, a fim de evacuar um tripulante do NM “Amapola” com suspeita de trombose.

O emprego da torre Remax no pelotão de Cavalaria Mecanizado pelo Exército Brasileiro


Por: João Carlos Machado de Oliveira 

O presente artigo aborda as diversas peculiaridades e possibilidades de emprego, pelos Pelotões de Cavalaria Mecanizado (Pel C Mec), do novo Reparo para Metralhadora Automatizado X (REMAX). Partindo da adoção das novas VBTP-MR Guarani, o REMAX oferece um imenso ganho em potencial para o desempenho das diversas missões as quais estas frações estão inseridas.

domingo, 16 de abril de 2017

Acidentes influenciam modernização de Forças Aéreas. Nos últimos seis meses, a aviação militar do país viu três tragédias ocorrerem

Porção de aviões fabricados recentemente na Rússia é alta, e supera a dos EUA, de acordo com especialistas. 
Por: Redação OD

Durante os últimos seis anos, as Forças Aéreas da Rússia renovaram mais da metade do equipamento militar no exército. “A porção dos aviões nas Forças Aéreas russas que foram fabricados recentemente é de 55%. Em 2020, essa porcentagem atingirá os 70%”, declarou o comandante-geral das Forças Aeroespaciais da Rússia, coronel-general, Víktor Bóndarev, à agência de notícias Interfax. Analistas militares afirmam que a taxa é muito elevada em comparação a outros países.

Escritório de Projetos do Exército (EPEx) realizou Reunião de Integração Sistêmica do Programa Aviação do Exército


Por: Redação OD
Nos dias 10 e 11 de abril de 2017, no Quartel General do Exército, ocorreu a Reunião de Integração Sistêmica (RIS) do Programa Aviação do Exército coordenada pelo Estado-Maior do Exército (EME) e supervisionada pelo Escritório de Projetos do Exército (EPEx). A Reunião teve como finalidade analisar o Estudo de Viabilidade do Programa de Aviação do Exército e iniciar a estruturação do Programa com seus Projetos integrantes.

Armada Portuguesa vigia navios russos durante a passagem por sua Zona Econômica (ZEE)


Por: Redação OD

Com a missão de vigilância aos navios russos, que cruzam as águas da zona económica exclusiva portuguesa, a Armada Portuguesa vigiou o navio oceanográfico russo durante a sua passagem de dois dias por águas sob jurisdição portuguesa, informou neste sábado uma fonte oficial da Armada. O porta-voz das Forças Armadas, comandante Coelho Dias, explicou que o navio da Marinha russa Admiral Vladimirskiy foi acompanhado desde a madrugada de sexta-feira (14) até à manhã deste sábado(15), quando foi substituída por outras embarcações da FT que a OTAN matem em operação a partir de Gibraltar.