Mostrando postagens com marcador Viatura Guarani. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Viatura Guarani. Mostrar todas as postagens

sábado, 9 de junho de 2018

Exército Brasileiro recebe Certificado de Registro do Instituto Nacional da Propriedade Industrial sobre a marca Guarani


Por: Redação OD

O Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) concedeu ao Exército Brasileiro, por intermédio da Diretoria de Fabricação (DF), o Certificado de Registro da Marca Guarani que, nos termos das normas vigentes, assegura a garantia da propriedade e do uso exclusivo da marca ao Exército Brasileiro. A Viatura Blindada de Transporte de Pessoal Média de Rodas Guarani (VBTP-MR Guarani) faz parte dos Projetos Estratégicos do Exército e passou da fase de Projeto para Programa Guarani, que se encontra em estágio de produção, de acordo com a descrição da Gestão do Ciclo de Vida dos Sistemas e Materiais de Emprego Militar.

domingo, 15 de abril de 2018

O Exército Brasileiro e a implementação da VBTP MR 6X6 GUARANI para operações de ações humanitárias


Por: Cap Castilhos Almeida

O Exército Brasileiro, atendendo às demandas da sua Doutrina Militar Terrestre (DMT), tem buscado o aprimoramento de suas capacidades de apoio a órgãos governamentais. Em 2017, apenas no segundo semestre, a Força Terrestre foi empregada em 17 operações subsidiárias de ajuda humanitária – de acordo com a Divisão de Coordenação Civil e Militar do Comando de Operações Terrestres. Para atender ao novo panorama de emprego das tropas brasileiras, devem ser exploradas as ferramentas disponíveis. A VBTP MR 6x6 Guarani é a mais nova e moderna viatura em operação nas unidades do Exército e possui diversos meios úteis à condução de operações de ajuda humanitária, todavia devem ser buscados implementos e agregados tecnológicos que potencializem essas capacidades.

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

15ª Bda Inf Mec e 15ª Cia E Cmb Mec realizam Programa de Adestramento Avançado em paralelo a Operação Iguaçu



Por: Redação OD

Atendendo uma das diretrizes da doutrina do Exército Brasileiro, foi realizado entre os dias 28 de outubro a 10 de novembro a Operação Gralha Azul (Programa de Adestramento Avançado  da  15ª  Bda  Inf  Mec)  em paralelo da Operação Iguaçu, que é a Experimentação Doutrinária da Bda Inf Mec, tudo isso fora realizado no Campo de Instrução Barão de São Borja, em Saicã. As operações tiveram o apoio da 15ª Companhia de Engenharia e Combate Mecanizada (15ª Cia E Cmb Mec).

sábado, 28 de outubro de 2017

A Chegada da VBTP-MR 6X6 “GUARANI” e seu aprestamento junto as unidades de Cavalaria Mecanizada


Por: Igor Saucha

Em 2014, o 16º Esqd C Mec (Esquadrão de Cavalaria Mecanizado), sediado em Francisco Beltrão, Paraná, recebeu as primeiras VBTP-MR (Viatura Blindada de Transporte de Pessoal – Média de Rodas) 6X6 “GUARANI", no contexto da criação da 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada, na qual encontra-se inserido. Relevantes mudanças foram exigidas da tropa no que diz respeito à manutenção e à instrução. Como resultado positivo, a Subunidade sofreu uma importante oxigenação de seus quadros, renovando entusiasmos e integrando pensamentos na direção do profissionalismo.

quinta-feira, 29 de junho de 2017

16º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado realizou instrução de navegação fluvial com uma VBTP-MR Guarani


Por: Redação OD
No dia 27 de junho, o 16º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado (16º Esqd C Mec) realizou, na Fazenda Zanchet, área rural da cidade, a instrução de navegação fluvial diurna e a primeira navegação fluvial noturna da Viatura Blindada de Transporte de Pessoal – Média de Rodas (VBTP-MR) 6x6 Guarani. A atividade foi coordenada pela Seção de Instrução de Blindados (SIB) do Esquadrão e contou com o apoio do 3º Subgrupamento de Bombeiros Independente, que auxiliou na segurança do exercício.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

O emprego da torre Remax no pelotão de Cavalaria Mecanizado pelo Exército Brasileiro


Por: João Carlos Machado de Oliveira 

O presente artigo aborda as diversas peculiaridades e possibilidades de emprego, pelos Pelotões de Cavalaria Mecanizado (Pel C Mec), do novo Reparo para Metralhadora Automatizado X (REMAX). Partindo da adoção das novas VBTP-MR Guarani, o REMAX oferece um imenso ganho em potencial para o desempenho das diversas missões as quais estas frações estão inseridas.

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

C I Bld forma operadores de Guarani e encerra Estágios para Cadetes da AMAN

Por: Redação OD
No dia 24 de agosto, o Centro de Instrução de Blindados “General Walter Pires” realizou a formatura de encerramento do Curso de Operação da Viatura Blindada Guarani e dos Estágios de Comandante de Pelotão CC e Básico de Blindados, sendo os últimos voltados à formação dos Cadetes da Academia Militar das Agulhas Negras – AMANParticiparam da fomatura o Exmo Sr Gen Bda Giovany Carrião de Freitas, que, recentemente, assumiu o posto de Comandante da 6ª Brigada de Infantaria Blindada, Brigada Niederauer; o Subcomandante do Centro, Sr Ten Cel Cav Francisco Artur Castilho Strubinsky, acompanhado do Adjunto de Comando da Unidade, ST Art Leo Machado Botelho. 

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Exército Brasileiro irá comprar um lote da estação GPK-EB01 de proteção balistica

Estação GPK-EB01 em utilização na VBTP Guarani, durante ocupação do Complexo da Maré

Por: Redação OD
O Exército Brasileiro está em vias de adquirir um lote (1.785 Un) da estação de arma protegida GPK-EB01, fabricada pela empresa israelense Plasan Sasa, para equipar as suas VBTP-MR Guarani 6×6 e para os futuros utilitários LMV encomendados no início do ano junto à empresa Iveco. O sistema produzido em Israel, já vinha sendo utilizado e ele destina-se a fornecer proteção aos artilheiros dos veículos, quando os mesmos estiverem fazendo uso da metralhadora .50 ou do lançador de granadas 40 mm.

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Viaturas Guarani são manutenidas na EsSLog para uso nos Jogos Olímpicos


Por: Redação OD
Para garantir a segurança nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, cerca de 40 Viaturas Blindadas de Transporte de Pessoal (VBTP MR 6x6 GUARANI) estão sendo manutenidas na Escola de Sargentos de Logística do Exército (EsSLog), As viaturas permanecerão nas dependências da EsSLog por cerca de 3 meses e 90% delas estarão em condições de emprego até o fim de julho, antes da abertura do Grande Evento, em 5 de agosto.  

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Elbit Systems ministrou Curso de Operação e Manutenção do Sistema de Armas Não Tripulado UT30-BR, nas instalações do Centro de Avaliações do Exército


Por: Redação OD

Entre os dias 16 e 27 de maio, a empresa Elbit Systems ministrou, nas instalações do Centro de Avaliações do Exército (CAEx) o Curso de Operação e Manutenção em primeiro Escalão do Sistema de Armas Não Tripulado UT30-BR, que equipa uma versão da Viatura Blindada de Transporte de Pessoal – Média de Rodas (VBTP-MR) Guarani. Contando com a participação de 20 oficiais e praças da 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada, do Centro de Instrução de Blindados e do CAEx, o curso visou habilitar os militares paras as atividades de experimentação doutrinária, instrução e de avaliação técnica e operacional do sistema de armas em questão.

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Viatura Blindada Transporte de Pessoal – Média de Rodas (VBTP – MR) Guarani é avaliada pelo Centro de Avaliações do Exército



Por: Redação OD

No dia 29 de abril, o Centro de Avaliações do Exército (CAEx) finalizou a avaliação técnica da Viatura Blindada Transporte de Pessoal – Média de Rodas (VBTP – MR) Guarani, configurada com a torre manual GPK modelo Exército Brasileiro – 01 (EB–01), fabricada pela empresa Plasan Sasa, de Israel. A avaliação buscou verificar, em ambiente controlado, o desempenho da torre manual Plasan, bem como sua interface e eventuais interferências no desempenho da plataforma veicular da VBTP-MR Guarani, tendo como base requisitos técnicos elaborados pelo Departamento de Ciência e Tecnologia. Dentro desse contexto, foram executados ensaios, visando avaliar os seguintes aspectos: integração com a plataforma veicular, funcionamento, ergonomia, tiro com as metralhadoras 7,62 mm MAG e Browning .50”, navegação e vedação à chuva.