sábado, 6 de janeiro de 2018

Exército Brasileiro apreende mais 1.200 kg de "Skank" na região de fronteira com a Colômbia e tem dois militares feridos


Por: Redação OD

O Comando de Fronteira Solimões/8° Batalhão de Infantaria de Selva, por meio do 3° Pelotão Especial de Fronteira, localizado em Vila Bittencourt, apreendeu 1.200 kg de “Skank" em uma embarcação na calha do Rio Japurá. Por volta das 22h do dia 5 de janeiro, cumprindo sua missão constitucional de guarnecer nossas fronteiras, integrantes do 3º PEF realizaram a interceptação de uma embarcação colombiana que estava descendo o rio. Procurando evitar a abordagem para a fiscalização, os traficantes realizaram disparos contra a tropa brasileira e tentaram evadir-se rio abaixo. 

Arquivo Nacional Chileno apresentou documentos secretos sobre as operações realizadas pelo Departamento 50


Por: Redação OD

O Arquivo Nacional Chileno apresentou nesta sexta-feira (5) mais de mil documentos secretos sobre as operações realizadas pelo Departamento 50, onde o qual permitiu desmantelar algumas células de espionagem da Alemanha nazista na América Latina entre os anos de 1937 até 1947. Tratam-se de 13 processos que foram aficionados aos 10 já existentes que em meados de 2017, foram restaurados e digitalizados. Estes documentos contêm imagens e informações sobre a forma de como foram investigados os grupos nazistas. Os arquivos permitem conhecer como funcionava a rede paramilitar que entrava no território através da embaixada alemã para se estabelecerem nas diferentes regiões do Chile, e a partir daí recrutavam jovens de origem alemã para espionarem os movimentos das tropas chilenas e de outros países da América Latina.

Força Aérea Americana publica vídeo da escolta realizada em 2017 a dois caças Su-30 russos sobre o Mar Báltico


Por: Redação OD

A Força Aérea Americana publicou a filmagem da escolta realizada por Caças F-15 Eagle a dois caças russos sobre a região do Báltico. Segundo o Pentágono, os incidentes ocorreram em 23 de novembro e 13 de dezembro do ano passado. Na verdade o vídeo é uma compilação de vários trechos. Na primeira parte mostra como os pilotos americanos são acionados para uma emergência na base aérea lituana de Zokniai. Já a segunda parte mostra dois caças F-15 Eagle da USAF decolando para interceptar os caças russos Su-30, (supostamente estes caças seriam da Marinha Russia) sobre o espaço aéreo internacional do Báltico" no dia 23/11.

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

O SISTEMA DE ARTILHARIA AUTOPROPULSADO ISRAELENSE ATMOS 2000 155 MM


Por: Redação OD

Diante dos inúmeros conflitos armados modernos e face às novas perspectivas para que os estrategistas militares conduzam as manobras no Teatro de Operações (TO), surge a necessidade de adequação aos meios de combate, visto os diversos cenários de conflitos bélicos. Com as constantes disputas nos campos de batalha, ao longo do tempo houve a evolução natural das estratégias, do poderio militar e das várias estruturas que a eles estão associadas, onde os quais foram assistidos pela Artilharia de Campanha. Sendo esta a responsável por neutralizar o maior número de forças inimigas, ela necessita ter uma maior mobilidade e adequar-se a determinados ambientes e situações operacionais. Segundo Frederico, o Grande: “É com fogo que se ganham as batalhas; logo, aumente sua Artilharia“.

Drone de ataque Chines estabelece recorde ao atingir 5 alvos com 5 tipos de mísseis diferentes (Vídeo)


Por: Redação OD

O drone de ataque e alcance médio da China estabeleceu um novo recorde durante uma sessão de testes de fogo real, ao atingir "alvos em sucessão" com cinco tipos de mísseis, informou à estatal Aviation Industry Corporation da China (AVIC) aos meios de comunicação chineses. "O Wing Loong II UAV (sistema aéreo não tripulado) atingiu cinco alvos em sucessão, utilizando cinco tipos diferentes de mísseis em uma única saída, estabelecendo assim um novo recorde", disse a empresa de aviação à agência de notícias estatal Xinhua. Os testes "em diferentes tipos de terrenos com diferentes tipos de mísseis e bombas mostraram que o Wing Loong II está equipado para lidar efetivamente com a operação de combate", disse Song Zhongping, analista militar chinês, ao Global Times.

Frota do Mar Báltico da Russia irá receber em 2018 sistema S-400 Triumph, Caças Su-30SM e helicópteros Ka-27


Por: Redação OD

Segundo um comunicado do chefe do serviço de imprensa da Região Militar Ocidental para a Frota do Báltico, o Capitão-de-Mar-e-Guerra Roman Martov, "a modernização do material militar da Frota do Báltico prosseguirá, sendo que já em 2018 eles irão receber mais um complexo de defesa antimíssil S-400 Triumph” e acrescento que, em particular, a Frota receberá também um "novo navio ligeiro de mísseis do novo projeto". Assim a Frota do Báltico da Marinha Russa vem se preparando para aumentar suas capacidades de defesa antiaérea.

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

72 anos depois corpo de piloto Britânico é achado na Itália (Vídeo)


Por: Redação OD

Um grupo de voluntários italianos encontraram na região de Cavarzere, cerca de 50 Km de Veneza, os restos mortais de um piloto britânico morto pelos alemães (em 05/03/1945) na Segunda Guerra Mundial. O piloto John Henry Coates, então com 24 anos, comandava um caça Spitfire e participava junto com outros caças de um ataque a barcaças que reabasteciam as tropas alemãs no leito do rio Ádige, que corta o nordeste da Itália. No entanto, o avião acabou derrubado pelas defesas antiaéreas nazistas. Em outubro passado, voluntários da associação Romagna Air Finders, com sede na EmíliaRomana, encontraram os destroços do caça e restos mortais que poderiam ser de Coates.

Operadores de Forças Especiais do Exército Brasileiro testaram durante o Curso de Forças Especiais o sistema COBRA 2020/IMBEL


Por: Redação OD

O Centro de Instrução de Operações Especiais (CIOpEsp), convidou a Fábrica de Material de Comunicações e Eletrônica (FMCE) da IMBEL para apresentar, demonstrar e testar em situação de elevada demanda, os primeiros protótipos do Sistema do Soldado do Futuro (SSF) / COBRA 2020. O Teste foi conduzido em Outubro de 2017, durante o exercício de Reconhecimento Especial do Curso de Forças Especiais, nas proximidades da cidade de Santa Maria – RS. Os Operadores de Forças Especiais, são especialistas em Guerra Não Convencional, em Operações Contra Forças Irregulares e de Contraterrorismo, onde os quais se Organizam em Destacamentos Operacionais de Forças Especiais (DOFEsp), podendo ser empregados em ambientes hostis, negados ou politicamente sensíveis.

A aviação de longo alcance da Russia receberá mais 6 bombardeiros modernizados em 2018


Por: Redação OD

Em 2017 a Aviação Estratégica Russa recebeu três aviões modernizados. Já em 2018, a aviação de longo alcance deverá de receber mais seis bombardeiros estratégicos modernizados", informou nesta quinta-feira (4) o Ministério da Defesa por meio de um comunicado. Durante o ano de 2017, a aviação estratégica russa participou de variadas manobras conjuntas com outros países, incluindo os exercícios russo-bielorrussos Zapad 2017. 

Presidente Donald Trump assina Lei de Autorização da Defesa Nacional

O presidente estadunidense Donald Trump, cercado por oficiais militares e membros do Congresso, incluindo o vice-presidente Mike Pence (dir.) e o secretário da defesa Jim Mattis (esq.), assina a H.R. 2810, ou Lei de Autorização da Defesa Nacional para o ano fiscal de 2018, no Salão Roosevelt na Casa Branca, em Washington, D.C., em 12 de dezembro de 2017 (Saul Loeb/AFP/Getty Images)

Por: Redação OD

O presidente Norte-Americano Donald Trump assinou na última terça-feira dia 3, a Lei de Autorização da Defesa Nacional, o qual é referente às despesas anuais das forças de defesa dos Estados Unidos. O projeto de lei inclui um aumento geral dos gastos militares e a aquisição de novos equipamentos de defesa. Entre as despesas orçadas estão os caças furtivos F-35, veículos de combate terrestre e submarinos da classe Virgínia. O documento aumentará o tamanho das Forças Armadas dos EUA pela primeira vez em sete anos. E também oferece aos membros do serviço militar o maior aumento salarial em oito anos, de acordo com a Casa Branca.

Apesar de negar sobre uma possível transferência de controle, Governo cria comitê para avaliar o caso Boeing/Embraer


Por: Redação OD

Mesmo com o presidente Michel Temer já tendo afirmado que a transferência de controle da Embraer para a Boeing não está em cogitação, nos bastidores do Planalto a informação é que a intenção da companhia norte-americana é adquirir de fato a fabricante brasileira de aeronaves. O governo, entretanto, está decidido a impedir a fusão com o uso da “Golden Share” – ação mantida após a privatização da companhia que dá direito a veto em questões estratégicas. O ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou na quarta-feira (3), que ainda não recebeu oficialmente nenhum aviso de avanços na negociação, mas reiterou que o governo não abrirá mão de salvaguardas de defesas em um futuro acordo entre as empresas.

Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro realiza docagem e flutuação do futuro Navio Patrulha (NPa) “Maracanã”

Casco do futuro NPa “Maracanã’ no Dique Almirante Régis
Por: Redação OD

O Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ) realizou, no dia 11 de dezembro, a docagem do casco 137, futuro Navio Patrulha (NPa) “Maracanã”, no Dique Almirante Régis, com o propósito de promover a flutuação do mesmo. Para garantir o êxito dessa etapa, a manobra foi precedida de serviços, inspeções e testes para garantir a estanqueidade do casco. Foram realizadas inspeções de solda das uniões do chapeamento do casco, dos tanques e da proteção catódica e pintura, além da reinstalação das válvulas de costado e fundo e tamponamento de aberturas nas obras vivas. A flutuação ocorreu com sucesso em 12 de dezembro. A próxima fase consiste na atracação do casco no Cais Sul do AMRJ, dando início à fase de delineamento e verificação de todos os sistemas de bordo a fim de definir o estágio em que se encontra a montagem do meio naval.

FONTE: AMRJ, Via CCSM

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Exército Brasileiro divulga nota sobre morte do Tenente que pertencia ao 23°BC e estava destacado na Operação Potiguar III


Por: Redação OD

A 7ª Brigada de Infantaria Motorizada divulgou em nota à imprensa o nome do oficial que foi encontrado morto, na manhã desta segunda feira 01 de janeiro de 2018, com um disparo de arma de fogo, dentro do alojamento militar, montado no Ginásio de Esportes Pedro Ciarlini, em Mossoró-RN.  Trata-se do 1° Tenente Júlio César Ribeiro Feitosa Soares, lotado no 23° Batalhão de Caçadores com sede em Fortaleza no estado do Ceará. O oficial e outros 300 homens do exército fazem parte de um comboio designado para patrulhar as ruas de Mossoró até o dia 12 de janeiro, por causa da violência que assola a cidade e porque as polícias civil e militar estão em mobilização por melhores condições de trabalho. 

Marinha do Brasil: Organizações Militares ligadas a Aviação Naval foram certificadas por excelência em sua gestão

Comandante da BAeNSPA recebe prêmio
Por: Redação OD

No dia 29 de novembro, três Organizações Militares (OM) pertencentes à Aviação Naval foram agraciadas com certificado de Reconhecimento pelo Nível de Gestão alcançado. A premiação foi outorgada ao Comando da Força Aeronaval (ComForAerNav), Centro de Instrução e Adestramento Aeronaval Almirante José Maria do Amaral Oliveira (CIAAN) e Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia (BaeNSPA) pelo Núcleo de Excelência da Gestão do Rio de Janeiro, em cerimônia realizada no auditório da Caixa Econômica Federal, na cidade do Rio de janeiro (RJ). 

Ministro dá aval a acordo da Embraer com a Boeing incluindo à área de Defesa, mas ressalta ser necessário preservar sigilos de operações


Por: Redação OD

O governo brasileiro pode vir a apoiar uma parceria mais ampla entre a americana Boeing e a Embraer, desde que envolva também projetos para as Forças Armadas, além da linhas de produção da aviação comercial (aeronaves civis). Segundo o ministro da Defesa, Raul Jungmann, caso haja acordo, e ele tendo cláusulas de preservação ao sigilo, não há restrições para que aconteça. O Brasil, só não abrirá mão do controle da companhia porque isso significaria “flexibilizar a soberania nacional”. É possível fazer uma parceria ou promoção comercial também na área militar, desde que seja resguardado o sigilo, caso a caso. Só não faremos alienação, venda ou transferência do controle, destacou o ministro. O governo tem uma golden share, classe especial de ações que permite o veto em questões estratégicas. 

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

A Força Aérea Colombiana e a utilização dos sistemas Elbit Hermes 900 e 450


Por: Erich Saumeth Cadavid ©

EXCLUSIVO O aumento na aquisição e implantação de aviões conhecidos como sistemas aéreos não tripulados no diferentes siglas Vant, UAVs, RPAs, ART, Sanmt, entre uma variedade de denominações, é uma indicação clara das necessidades dos estados, entidades, instituições e forças armadas e policiais no sentido de poderem se equiparem com sistemas dinâmicos e de dupla utilização, relativamente fáceis e econômicos para operar, mas, ao mesmo tempo, suplantar e efetivamente com o fornecimento de informações de inteligência completas e sobretudo obtidas em tempo real. Essas necessidades, evidentemente, impulsionaram o desenvolvimento de um setor cada vez maior da indústria de defesa , orientado para a produção de projetos e protótipos que combinam características comuns com os requisitos de seus clientes atuais e potenciais, o que Sem dúvida, também gerou um estímulo importante para este setor de defesa.

Exército Brasileiro fez uso de ataques cibernéticos durante a Operação Arcanjo, na retomada do Complexo do Alemão


Por: Redação OD

Durante a Operação Arcanjo, no Complexo do Alemão, no Rio, o Exército lançou mão de um arsenal pouco conhecido de ações: desde operações de informações a ações psicológicas, guerra eletrônica cibernética e atividades de contrainteligência. É o que consta de dois trabalhos de militares sobre a operação, ocorrida de 2011 a 2012 no Alemão, durante 583 dias. A guerra de informações e cibernética contou com ações em redes sociais para desorientar os traficantes de drogas. Para ela, até o Centro de Informações do Exército (CIE) foi mobilizado. Seus agentes cuidaram do disque-denúncia, colhendo informações sobre os bandidos e analisando os dados obtidos com as patrulhas.

Aviador Naval é declarado piloto de combate pela Força Aérea Brasileira

O Comandante do Esq VF-1, Capitão-de-Fragata Brito (primeiro a esquerda) parabenizou o Capitão-Tenente pela formatura

Por: Redação OD

No dia 7 de dezembro, o Capitão-Tenente Alexandre Carvalho da Silva Anapurus, do 1º Esquadrão de Aviões de Interceptação e Ataque (EsqdVF-1), entrou em formatura ao lado de oficiais da Força Aérea Brasileira (FAB) para a cerimônia de declaração de Pilotos de Combate, nas instalações da ALA 10, em Parnamirim (RN). A cerimônia marcou o final de um período de dez meses, quando foi realizado o Curso de Especialização Operacional da Aviação de Caça, no 2°/5° Grupo de Aviação da FAB. O referido curso é o mesmo realizado pelos oficiais aviadores da Força Aérea e marca o início da formação do piloto de caça daquela Força.

Noémie Freire: A primeira mulher no curso de Submarinista da Marinha Portuguesa


Por: Redação OD

"Minha mãe e minhas avós estão mais nervosas e ansiosas do que eu (…) meu marido me dá total apoio e ao meu filho já expliquei tudo a ele." relata a mulher que tentará ser, a primeira submarinista da Marinha Portuguesa. Noémie Freire, de 29 anos, começa na próxima sexta-feira (5) o curso de submarinista, o qual levará em torno de 9 meses, e que tem "grande exigência nas matérias teóricas e de muita prática". A militar conta que também sente o "nervosismo", ainda mais por ser a primeira, desperto mais a atenção, uma vez que até hoje os submarinos eram apenas para militares do sexo masculino.

Boeing/Embraer: Uma pareceria que pode vir a render bons frutos aos dois lados


Por: Redação OD

O ano de 2018 começou ainda agitado, para os mercados de aviação e de investimento, desde que a Boeing e a Embraer confirmaram no final de 2017 que estariam conversando sobre a possibilidades de virem a trabalhar juntas em alguns novos projetos ou de até mesmo se associarem. Estas tratativas, representa uma combinação de negócios para a fabricante americana que mira três principais objetivos, sobre os quais estão apoiadas as demais oportunidades de parceria que vem sido discutida. São eles: a Complementariedade da carteira de produtos, o incremento das plataformas de vendas e serviços e o desenvolvimento de novos produtos. Para a Boeing, a consolidação no mercado aeroespacial é irreversível e há ameaça de entrantes como a chinesa Comac, a russa United Aircraft e a japonesa Mitsubishi.

domingo, 31 de dezembro de 2017