Mostrando postagens com marcador Força Aérea Brasileira (FAB). Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Força Aérea Brasileira (FAB). Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Na ONU, presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia, promete acelerar o envio de soldados à República Centro-Africana


Por: Redação OD

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou na tarde desta segunda-feira na sede da ONU, em Nova York, que o Congresso deve aprovar rapidamente o envio de tropas para a missão de paz na República Centro-Africana, nos moldes do que ocorreu na missão do Haiti. Maia se encontrou com o secretário-geral da entidade, António Guterres. Eu disse a ele (Guterres) que vou trabalhar junto ao presidente Michel Temer para que ele possa encaminhar logo a autorização (para a participação das Forças Armadas), para que o Congresso possa aprovar a decisão o mais rápido possível, disse ele.

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Ala 10 inicia o Programa de Especialização Operacional 2018, com duração de um ano e vai preparar 98 Aspirantes a Oficial

A turma foi apresentada ao Comandante da Ala 10
Por: Redação OD
Egressos da Academia da Força Aérea (AFA), 98 Aspirantes a Oficial Aviador se apresentaram na Ala 10, localizada em Natal (RN), no dia 08/01. Durante todo o ano de 2018, os integrantes da Turma Fenrir vão realizar o Programa de Especialização Operacional (PESOP), que irá capacitá-los nas Aviações de Caça, Asas Rotativas, Transporte e Patrulha. "O Curso de Tática Aérea é o primeiro degrau, o PESOP começa aqui. Esperamos, ao término deste curso, que os senhores demonstrem uma mudança de comportamento, tornando-se Oficiais Aviadores", afirmou o Comandante do Grupo de Instrução Tática e Especializada (GITE), Tenente-Coronel Aviador Paulo Roberto Cursino dos Santos, durante a abertura do Curso de Tática Aérea (CTATAE). O CTATAE é a primeira fase do PESOP, de caráter teórico.

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Ministro dá aval a acordo da Embraer com a Boeing incluindo à área de Defesa, mas ressalta ser necessário preservar sigilos de operações


Por: Redação OD

O governo brasileiro pode vir a apoiar uma parceria mais ampla entre a americana Boeing e a Embraer, desde que envolva também projetos para as Forças Armadas, além da linhas de produção da aviação comercial (aeronaves civis). Segundo o ministro da Defesa, Raul Jungmann, caso haja acordo, e ele tendo cláusulas de preservação ao sigilo, não há restrições para que aconteça. O Brasil, só não abrirá mão do controle da companhia porque isso significaria “flexibilizar a soberania nacional”. É possível fazer uma parceria ou promoção comercial também na área militar, desde que seja resguardado o sigilo, caso a caso. Só não faremos alienação, venda ou transferência do controle, destacou o ministro. O governo tem uma golden share, classe especial de ações que permite o veto em questões estratégicas. 

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Aviador Naval é declarado piloto de combate pela Força Aérea Brasileira

O Comandante do Esq VF-1, Capitão-de-Fragata Brito (primeiro a esquerda) parabenizou o Capitão-Tenente pela formatura

Por: Redação OD

No dia 7 de dezembro, o Capitão-Tenente Alexandre Carvalho da Silva Anapurus, do 1º Esquadrão de Aviões de Interceptação e Ataque (EsqdVF-1), entrou em formatura ao lado de oficiais da Força Aérea Brasileira (FAB) para a cerimônia de declaração de Pilotos de Combate, nas instalações da ALA 10, em Parnamirim (RN). A cerimônia marcou o final de um período de dez meses, quando foi realizado o Curso de Especialização Operacional da Aviação de Caça, no 2°/5° Grupo de Aviação da FAB. O referido curso é o mesmo realizado pelos oficiais aviadores da Força Aérea e marca o início da formação do piloto de caça daquela Força.

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Força Aérea Brasileira realiza intercâmbio de exercício operacional com Portugal de operadores de P-3 Orion


Por: Redação OD

A Força Aérea Brasileira realizou, entre os dias 7 e 16 de dezembro, um importante intercâmbio operacional com Portugal. Dezessete militares do Esquadrão Orungan (1º/7º Grupo de Aviação) e um representante do Comando de Preparo (COMPREP), participaram do II Exercício Brasil-Portugal (BRAPOR). A atividade ocorreu na Base Aérea nº 11 (BA11), na cidade portuguesa de Beja, tendo como objetivo a troca de experiências operacionais, logísticas e o desenvolvimento técnico entre as duas Forças Aéreas.

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Força Aérea Brasileira participa de atividade de treinamento com a Marinha e o Exército para operações militares conjuntas


Por: Redação OD

Foi realizado pela Marinha, pelo Exército e pela Força Aérea o Estágio Setorial Específico Conjunto de Operações Militares em Ambiente Urbano, na cidade de Campinas (SP), entre os dias 10 e 15 de dezembro. As atividades foram realizadas no 28° Batalhão de Infantaria Leve (28º BIL), unidade de Emprego Peculiar em Operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) e de Operações em Ambientes Urbanos do Exército Brasileiro. Militares da Ala 13, da Academia da Força Aérea (AFA) e do Parque de Material Aeronáutico de São Paulo (PAMA-SP) participaram do exercício junto a integrante das outras Forças Armadas. 

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Força Aérea Brasileira participa pela primeira vez de reunião dos usuários do caça Gripen, em Praga


Por: Redação OD

Durante evento ocorrido entre os dias 4 e 8 de dezembro, em Praga, na República Checa, o qual contou com a presença de representantes da Suécia, Hungria, Tailândia, África do Sul, República Checa e, a partir dessa edição, Brasil - que foi representado por quatro militares da Força Aérea Brasileira (FAB), uma comitiva brasileira participou pela primeira vez, do Gripen Users Group, conferência do grupo de usuários do caça Gripen, e que em maio de 2018, terá o Brasil como anfitrião do encontro. O evento de periodicidade semestral, é composto por um grupo de Aquisição e Desenvolvimento e dois subgrupos - Operacional e Logístico. 

sábado, 16 de dezembro de 2017

Cidade de Alessandria, na Itália, irá homenagear dois pilotos da Força Aérea Brasileira que morreram sobre o solo Italiano


Por: Redação OD

Mais de 70 anos após a passagem dos pilotos do 1º Grupo de Caça da FAB pela Itália, faz com que sejam ainda reverenciados e homenageados. Ainda sob o jubilo dos laços de fraternidade, os então pilotos da Força Aérea Brasileira, Capitão Dornelles e Tenente Medeiros, que morreram em combate durante a Segunda Guerra Mundial, vão receber uma homenagem da cidade italiana de Alessandria, onde faleceram em 1945. O reconhecimento do município aos combatentes, que acontecerá em abril, ficou acordado após uma reunião entre o o Adido de Defesa e de Aeronáutica na Itália, Coronel Aviador Max Luiz da Silva Barreto, e o Prefeito de Alessandria, professor Gianfranco Cuttica di Revigliasco, além de outras autoridades e estudiosos. 

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA) realizou hoje a sua troca de comando


Por: Redação OD

Em seu discurso, o Tenente-Coronel Caldas destacou as relevantes experiências vividas na Fumaceiro e agradeceu a equipe com que trabalhou na Esquadrilha. “Meu maior agradecimento é para a Fumaça, tanto para os integrantes atuais, durante o tempo em que estive como Comandante, quanto para aqueles com quem trabalhei enquanto fui piloto das posições de número 6 e número 7, e para os veteranos e Fumaças Honorários. Vocês sabem como é difícil passar por esse momento de deixar a Fumaça. Claro que, por toda unidade que passamos, guardamos um carinho por aquele momento".

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Força Aérea Brasileira encontra aeronave acidentada PU-MMT


Por: Redação OD

O Centro de Comunicação Social da Aeronáutica informa que por volta das 16h00 HBV de terça-feira (12/12), a Força Aérea Brasileira (FAB) localizou vestígios que poderiam ser da aeronave de prefixo PU-MMT, acidentada no estado do Mato Grosso no último sábado (09/12). Tendo em vista que tais vestígios estavam em uma região de mata muito fechada, a solução adotada foi a de se buscar uma área mais descampada na qual foram lançados paraquedistas da FAB, especialistas em resgate. Esses militares saltaram do avião que realizava a busca, no caso um SC-105 Amazonas do 2º/10ºGAV "Esquadrão Pelicano". Entretanto, as condições meteorológicas no momento, as características da mata extremamente fechada e o pôr-do-sol impediram que os militares chegassem até o local. 

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Força Aérea Brasileira continua a realizar buscas pela aeronave desaparecida em Mato Grosso


Por: Redação OD

A operação de busca e salvamento ao avião prefixo PU-MMT, modelo Paradise P1, que desapareceu no último sábado, em Mato Grosso, fora retomada nesta segunda-feira (11) pela Força Aérea Brasileira (FAB), utilizando uma aeronave SC-105 Amazonas e um helicóptero H-1H na região do município de Juruena (MT). A área está sob responsabilidade do Cindacta IV, de Manaus. As buscas foram iniciadas no domingo. A operação se concentra nas proximidades do município de Juruena. Há informações não oficiais de que o piloto estaria com a mulher e o filho de um ano e sete meses. 

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Conheça o Curso de Comandos de Força Aérea que prepara os militares para atuarem em Operações Especiais


Por: Redação OD

O Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento, conhecido como PARA-SAR, realizou, em 24 de novembro, a formatura do Curso de Comandos da Força Aérea (CCFA), que visa capacitar os militares para atuarem em Operações Especiais. Durante três meses, os alunos participaram de atividades nos mais variados ambientes operacionais do País: selva, mar, montanha, área urbana e rural. As instruções exigiram não só a capacidade física, mas também a psicológica dos alunos. Existem militares bem preparados fisicamente, mas que, ao longo do curso, acabam desistindo devido aos fatores emocionais.

sábado, 2 de dezembro de 2017

Esquadrilha da Fumaça e Luigi Cani voam juntos em projeto inédito, e o paraquedista fez um voo em uma aeronave da Fumaça


Por: Redação OD
Em um projeto original e bastante inusitado, o paraquedista Luigi Cani voou ao lado das aeronaves da Esquadrilha da Fumaça sobre a pista da Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga (SP). A ideia partiu do próprio Cani, no início de 2016, que convidou a Fumaça para fazer parte do seu projeto. Foram realizados sete voos da Esquadrilha junto com os saltos para encaixar o momento ideal de voo dos aviões com o paraquedista. O voo em conjunto deu certo. Não é tão simples quanto a gente gostaria que fosse, pois temos muitas diferenças em dinâmicas de voo: wingsuit e o avião A-29 Super Tucano. Mas, com o profissionalismo da Fumaça e a minha persistência, conseguimos documentar momentos próximos em voo, o que nos rendeu imagens incríveis”, destacou Cani.

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Após venda dos Caças Gripen NG para a Força Aérea, Saab oferece navios a Marinha do Brasil


Por: Redação OD

Na base naval de Karlskrona, a maior da Suécia e uma das mais antigas do mundo, criada em 1622, duas corvetas estão atracadas ao lado de outras embarcações militares, à espera de decisão do Brasil se faz a aquisição delas ou não. Trata-se da mais recente oferta da Saab, o grupo sueco de defesa e segurança, para ampliar os negócios militares com o país. Depois de ter obtido o contrato de US$ 5,4 bilhões para produzir e equipar 36 aviões de combate Gripen para a Força Aérea Brasileira (FAB), a Saab vê agora oportunidade de replicar o mesmo modelo de negócio com a Marinha brasileira, com potencial de venda de quatro a vinte embarcações militares nos próximos anos. 

Operação Teseu: Cadetes da Academia da Força Aérea realizam treinamento de evasão C-SAR


Por: Redação OD

No período de 13 a 21 de novembro os 144 cadetes do 4º Esquadrão da Academia da Força Aérea (AFA), realizaram a Operação Teseu, exercício de Busca e Salvamento em Combate (C-SAR / Módulo Evasor), o qual trata-se de uma simulação de resgate de um militar após a ejeção ou o pouso forçado em um território hostil. O exercício ocorreu em uma área de 65 km², onde os cadetes tiveram por objetivo alcançar o ponto seguro para o resgate. Para isso, é necessário colocar em prática táticas e procedimentos pautados em resoluções internacionais para a situação de sobrevivência em combate e abandono de área hostil.

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Familiares de submarinistas recebem aos prantos notícia da explosão após confirmação da Armada Argentina

Bandeira argentina com um submarino é exibida em apoio à missão de busca pelo ARA San Juan em Mar del Plata   Foto: AFP PHOTO / EITAN ABRAMOVICH
Por: Redação OD

Os quase 100 parentes dos 44 tripulantes do submarino Argentino “ARA San Juanforam acometidos nesta quinta-feira (23) nas instalações da Base Naval de Mar del Plata da notícia que eles mais temiam, de que o ruído detectado no último dia 15 por aeronaves americanas era a de uma explosão. Imediatamente, a dor tomou conta do alojamento que abrigava as famílias dos militares e muitos disseram terem perdido a esperança.  Em Buenos Aires, o porta-voz da Marinha fechou a cara antes de fazer o anúncio. Na noite de quarta-feira, Enrique Balbi havia informado sobre uma “anomalia hidroacústica” detectada no local do desaparecimento do ARA San Juan, na semana passada. “No momento, não posso confirmar se houve ou não uma explosão. A Marinha está investigando.”

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Ministro da Defesa Raul Jungmann tem encontro com representantes do setor aeroespacial privado norte-americano

Jungmann esteve  com o subsecretário para Assuntos Políticos, Thomas Shannon, e foi acompanhado pelo embaixador do Brasil em Washington e autoridades do MD
Por: Redação OD

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, participou na manhã da segunda-feira (13), em Washington (DC), nos Estados Unidos, de uma reunião com o setor aeroespacial privado norte-americano.  O encontro foi para ampliar a cooperação entre os dois países, estabelecendo uma agenda de interesses em comum, além de identificar possíveis parcerias e principais políticas. Com a presença de representantes de diversas empresas e associações foram abordados alguns dos temas prioritários para as duas nações, com o intuito de gerar pautas que possam ser consolidadas em negócios para indústrias de defesa.

Força Aérea Brasileira forma novos pilotos inspetores e operadores de inspeção em voo durante a Reunião de Inspeção em Voo 2017


Por: Redação OD

O Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), por meio do Grupo Especial de Inspeção em Voo (GEIV), realizou entre os dias 8 a 10 de novembro, a Reunião Anual de Inspeção em Voo, em São José dos Campos (SP). A programação contou com vários eventos, como o Simpósio de Inspeção em Voo e a formatura de novos pilotos inspetores e operadores de sistema de inspeção em voo. No primeiro dia, seguindo a tradição do evento, ocorreu a passagem simbólica do cargo de Comandante do GEIV, do Tenente-Coronel Aviador Mauro Carrinho de Moura ao Major-Brigadeiro do Ar Normando Araújo de Medeiros.

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Força Aérea Brasileira participou da Feira Internacional da Força Aérea Boliviana 2017 (FIFAB2017)


Por: Redação OD

A Força Aérea Brasileira (FAB) encerrou, neste domingo (12/11), sua participação na edição 2017 da Feira Internacional da Força Aérea Boliviana (FIFAB), que aconteceu no Aeroporto de El Alto, próximo a La Paz, na Bolívia. Cerca de 40 mil pessoas compareceram aos dois dias de evento, que também contou com a presença da Força Aérea Venezuelana. No estande da FAB, com aproximadamente 50 m², oficinas infantis de recorte e cola e um  jogo que simula o voo da nova aeronave de caça, o Gripen-NG, foram a grande atração para o público infantil. As crianças também receberam a revista em quadrinhos da Turma da Mônica, com o tema segurança de voo.

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Força Aérea Brasileira aumenta a fiscalização antitráfico e reduz em 80% voos irregulares na fronteira


Por: Redação OD

Desde que foi criada no início deste ano, pela Força Aérea Brasileira (FAB), a Operação Ostium realizou até outubro  2017, a marca de 150 interceptações de aeronaves hostis que invadiram o espaço aéreo nacional, reduzindo assim em 80% os voos desconhecidos nas regiões de fronteira. Estas ações são coordenadas em Brasília, a partir do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), e fazem parte do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras, do Ministério da Defesa. Durante o ano vigente, várias fases da Operação Ostium (portão, em latim) foram deflagradas em pontos diferentes da faixa de fronteira. A primeira etapa, já encerrada, algumas cidades receberam reforço de tropas e equipamentos para atuar no combate ao tráfego de hostis na Argentina, no Paraguai e a Bolívia.