Mostrando postagens com marcador Força Aérea Brasileira (FAB). Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Força Aérea Brasileira (FAB). Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 19 de julho de 2018

Gripen E chama atenção por sua flexibilidade de missões durante o Farnborough International Airshow 2018


Por: Redação OD

Durante a feira Farnborough International Airshow 2018, à empresa sueca Saab falou de como está sendo feito o progresso nas aeronaves protótipo do caça Gripen E, o qual está sendo aproveitado ao máximo a sua flexibilidade nas missões, com seu inigualável design. O chefe de área de negócios Aeronáuticos da Saab, Jonas Hjelm, explicou como as duas próximas aeronaves Gripen E, do programa de ensaios em voo, estão se beneficiando das principais decisões em relação ao design. As ameaças de hoje não são iguais às ameaças de amanhã, e os caças modernos poderiam ser vistos como uma rede de supercomputadores voadores que buscam superar o desempenho de seus oponentes.

Instituto de Cartografia Aeronáutica faz plano básico de Zona de Proteção de Aeródromo em aldeias indígenas


Por: Redação OD

Militares do Instituto de Cartografia Aeronáutica (ICA), localizado no Rio de Janeiro (RJ), visitaram, no período de 27 de junho a 6 de julho, as aldeias indígenas de Bona e Pedra da Onça, no estado do Pará, localizadas a 700 km de Belém. O objetivo foi a elaboração do Plano Básico de Zona de Proteção de Aeródromo (PBZPA), que é um levantamento de superfícies de proteção pré-estabelecidas para proteger o entorno de um aeródromo. O PBZPA impõe limites à presença de edificações e objetos que venham a representar perigo ou risco às operações aéreas. Neste levantamento são levados em consideração a área de aproximação, a área de decolagem e a rampa de transição. Nosso trabalho é fazer o levantamento dos elementos que serão usados para analisar a zona de proteção, a determinação da coordenada do local através de rastreamento de satélite, determinação dos pontos mais altos no entorno da pista, árvores, edificações e morros”, explicou o Sargento Renato Ignácio Figueiredo, responsável pela medição de aproximadamente 300 pontos em cada aldeia.

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Gripen E realiza voo com mísseis e pilones IRIST da empresa suíça RUAG Aerostructures


Por: Redação OD

O Programa Gripen E da Saab continua progredindo, e a aeronave com a matrícula 39-8 realizou uma série de voos bem-sucedidos levando lançadores externos com os pilones da empresa suíça RUAG Aerostructures. Desde o primeiro voo com a aeronave de teste Gripen E (39-8), o ano passado, um período intensivo de ensaios em voo vem sendo realizado com sucesso. A aeronave teve o desempenho e os comportamentos esperados na expansão do envelope de voo, com alta disponibilidade e confiabilidade. Neste voo com lançadores externos, o Gripen deu mais um grande passo em direção à entrega a Força Aérea Sueca, em 2019.

sexta-feira, 6 de julho de 2018

1º/7º GAv (Esquadrão Orungan) recebe visita técnica de comitiva da Marinha dos Estados Unidos

Por: Redação OD

Entre os dias 25 e 27 de junho, uma comitiva da Marinha dos Estados Unidosrealizou uma visita técnica ao Esquadrão Orungan (1º/7º GAv), sediado na Ala 12, em Santa Cruz, no Rio de Janeiro (RJ). A atividade faz parte do processo de aquisição dos mísseis Harpoon L-I BlockII, adquiridos pela Força Aérea Brasileira (FAB), tendo como data inicial de recebimento o último trimestre de 2018. O objetivo da visita foi realizar a certificação do míssil Harpoon, por intermédio do Harpoon Aircraft Command and Launch Control System (HACLCS III), com a Aeronave P-3AM. 

quinta-feira, 5 de julho de 2018

Cerca de 100 militares da Ala 10 participaram de simulação ao Plano de Emergência Aeronáutica em Aeródromo (PEAA)


Por: Redação OD

Ala 10, localizada em Parnamirim, região metropolitana de Natal (RN), realizou, no dia 29 de junho, o treinamento do Plano de Emergência Aeronáutica em Aeródromo (PEAA). A atividade tem por objetivo manter a operacionalidade dos militares que serão acionados no caso de um acidente aeronáutico na Organização Militar e suas proximidades. A ação envolveu cerca de 100 participantes de diversas áreas de atuação. O primeiro acionamento aconteceu às 8h05min, quando, supostamente, uma aeronave de transporte, com passageiros a bordo, teria saído da pista e deixado vários feridos em graus distintos de gravidade, além de alguns mortos. Ao chegar no local do acidente, os Bombeiros de Aeródromo realizaram as ações iniciais, como remoção das vítimas para um local seguro e resfriamento e isolamento da aeronave, a fim de evitar que uma explosão ou vazamento de combustível causasse outro acidente.

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Comitê de Desenvolvimento do Programa Espacial Brasileiro realiza 2ª reunião, com objetivo de potencializar o PEB


Por: Redação OD

O Comitê de Desenvolvimento do Programa Espacial Brasileiro (CDPEB) se reuniu pela segunda vez na tarde da última sexta-feira (15/06) no Palácio do Planalto, localizado em Brasília (DF). O grupo, conduzido pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, debateu e apresentou soluções relacionadas a área espacial no país. O Comitê, que foi formalizado por meio do Decreto 9.279 de 6 de fevereiro de 2018, tem validade até 02 de fevereiro de 2019. A publicação criou o CDPEB que tem por objetivo criar diretrizes e metas para a potencialização do Programa Espacial Brasileiro. A coordenação dos trabalhos é feita pelo Ministro Chefe do GSI da Presidência da República e participam do Comitê como membros os Ministérios da Casa Civil; da Defesa; das Relações Exteriores; do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão; e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. 

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Atuação das Forças Armadas na Intervenção Federal do Rio de Janeiro e as correntes contrárias a elas


EDITORIAL ORBIS DEFENSE
Por: Anderson Gabino
Muito tem-se dito sobre a ação dos militares na intervenção federal da segurança pública do Rio de Janeiro. A “grande” mídia, vive cobrando resultados e números, para fazer sensacionalismo as custas destes. Mas, o que de fato ocorre é que esta intervenção é algo de caráter "POLÍTICO" (infelizmente). As Forças Armadas que são instituições, onde reza como lema principal “Defender a soberania nacional, seja ela de inimigos externos ou internos” viu-se diante de uma dilema, pois as mesmas tem como doutrina se fazer presente onde fora requisitada pelo seu Comandante-chefe, no caso o Presidente da República.

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Marinha do Brasil e Força Aérea Brasileira assinam Acordo de Cooperação Técnica referente à segurança operacional


Por: Redação OD

A Marinha do Brasil e A Força Aérea Brasileira celebraram nesta última quinta-feira dia 14 de junho, no Rio de Janeiro, um acordo de cooperação técnica entre as duas forças. Tendo como representantes o diretor de Portos e Costas, Vice-Almirante Roberto Gondim Carneiro da Cunha, e o chefe interino da Assessoria de Segurança Operacional do Controle do Espaço Aéreo (ASOCEA), Coronel Aviador Maurício Teixeira Leite, respectivamente. O Acordo estabelece um regime de cooperação mútua entre os partícipes, sem ônus para ambas as partes, visando ao desenvolvimento de ações relacionadas à vigilância da segurança operacional em Estações Prestadoras de Serviços de Telecomunicações e de Tráfego Aéreo de Categoria M (EPTA CAT M).

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Fuselagem traseira do "Gripen E" projetada pela empresa brasileira Akaer, passa nos testes de carga


Por: Redação OD

A Akaer – empresa certificada como EED (Empresa Estratégica de Defesa), com controle acionário nacional e gestão independente – projetou a fuselagem traseira do caça Gripen que foi aprovada após passar pelos testes de carga. Engenheiros e técnicos brasileiros da Akaer desenvolveram uma nova fuselagem traseira para as aeronaves de caça Gripen E/F da Força Aérea Brasileira (FAB). O projeto baseia-se na tecnologia desenvolvida pela Saab para a versão anterior da aeronave. Porém, a Akaer precisou redesenhar algumas estruturas desde o conceito básico até o detalhamento total da estrutura. A empresa mudou a arquitetura da estrutura, dando uma solução inovadora para atender os requisitos da nova versão do caça, mais potente, com novos aviônicos, novas funcionalidades, além de maior durabilidade. 

FAB realiza solenidade comemorativa ao dia do CAN e da Aviação de Transporte Evento foi realizado nesta terça-feira (12) e contou com representação do momento histórico


Por: Redação OD

O Dia do Correio Aéreo Nacional (CAN) e da Aviação de Transporte, fora celebrado nesta terça-feira (12), o evento foi realizado no Campo dos Afonsos (Rio de Janeiro), berço de nascimento do CAN e contou com a presença do Comandante da Força Aérea Brasileira (FAB), Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato; do ex-Comandante da FAB, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista; além de Oficiais-Generais membros do Alto-Comando. O Major-Brigadeiro do Ar José Maria Custódio de Mendonça foi homenageado em reconhecimento pela participação na construção da história do Correio Aéreo Nacional.

segunda-feira, 11 de junho de 2018

A Aviação de Transporte da FAB e sua contribuição para o desenvolvimento da indústria aeronáutica brasileira


Por: Redação OD

O ano de 2018 é emblemático para a Aviação de Transporte na Força Aérea Brasileira (FAB): a aeronave C-95 Bandeirante completa 50 anos de seu primeiro voo e a primeira unidade do avião KC-390 deve ser entregue no segundo semestre. Ambas as aeronaves são marcos da indústria aeronáutica brasileira, desenvolvidas pela empresa Embraer. Desde o início, esta história teve as duas instituições caminhando lado a lado. O fundador da Embraer, Ozires Silva, destaca a importância da fundação do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), em 1950, para alavancar a indústria aeronáutica no país. “Em 1965, uma pequena equipe de apenas quatro engenheiros formados pelo ITA, através de estatísticas internacionais e nacionais, encontrou uma oportunidade para criar um avião diferente, não fabricado pelas concorrentes internacionais”, conta.

domingo, 10 de junho de 2018

FAB realiza curso voltado para ações com agentes químicos e contou com evacuação aeromédica (EVAM)


Por: Redação OD

Militares do Instituto de Medicina Aeroespacial (IMAE), do Esquadrão Puma (3º/8º GAV) e do Hospital de Força Aérea do Galeão (HFAG) realizaram o curso básico de Assistência e Proteção para Participantes de Expressão Oficial Portuguesa (CBRALP I), da Organização para Proibição de Armas Químicas (OPAQ). O objetivo é capacitar e treinar o efetivo para ações de resposta em eventos com agentes químicos. O curso aconteceu nos dias 21 a 25 de maio, no Rio de Janeiro, e contou com a participação de militares e civis de sete países de língua portuguesa, além da Venezuela. Os alunos assistiram à demonstração de ação terrorista com agente químico, com ações de primeira resposta, resgate e triagem de vítimas, detecção do agente e descontaminação.

sábado, 9 de junho de 2018

Super Tucanos da FAB interceptam avião monomotor que transportava 300 kg de pasta base de cocaína vindo da Bolívia


Por: Redação OD

A Força Aérea Brasileira (FAB) interceptou, na manhã deste sábado (09/06), um avião carregado com cerca de 300 kg de pasta base de cocaína. O monomotor PT- IDV proveniente da Bolívia foi interceptado por aeronaves de ataque A-29 Super Tucano. A interceptação faz parte da Operação Ostium para coibir ilícitos transfronteiriços, na qual atuam em conjunto a Força Aérea Brasileira e a Polícia Federal. Duas aeronaves A-29 Super Tucano e um avião radar E-99 foram empregados para monitorar e efetuar a interceptação do monomotor, que não respondeu às interrogações, uma das etapas das Medidas de Policiamento do Espaço Aéreo, e foi classificado como suspeito. 

Exercício emprega mais de 20 aeronaves Super Tucano na Serra do Cachimbo durante 45 dias. Militares realizam testes dos sistemas de armas dos aviões

Efetividade do sistema de armas do A-29 Super Tucano é testado durante o EXTEC

Por: Redação OD

O silêncio da selva amazônica dá lugar ao som dos motores dos A-29 Super Tucano e das explosões dos armamentos lançados por eles. Foi assim que começou no dia 21 de maio o Exercício Técnico (EXTEC) Ar-solo 3° Grupo, no Campo de Provas Brigadeiro Velloso (CPBV), localizado na Serra do Cachimbo, sul do Estado do Pará. Durante 45 dias, cerca de 250 militares e mais de 20 aeronaves dos esquadrões do 3° Grupo de Aviação realizam treinamento e qualificação em emprego de armamento aéreo contra alvos no solo. O exercício conta ainda com uma equipe do 7°/8° GAV (Esquadrão Harpia) que prestará o apoio para eventuais missões de Busca e Salvamento. Sediados, respectivamente, em Boa Vista (RR), Porto Velho (RO) e Campo Grande (MS), os Esquadrões Escorpião (1°/3° GAV), Grifo (2°/3° GAV) e Flecha (3°/3° GAV), têm a oportunidade de verificar a efetividade dos pilotos e dos sistemas de armas das suas aeronaves A-29 Super Tucano, seja com armamento de exercício ou real. 

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Forças Armadas querem elevação no orçamento em R$ 80 milhões devido aos diversos deslocamentos extras tidos



Por: Redação OD

Embora o governo insista em manter o discurso de que as diferentes etapas das operações de desobstruções das estradas. com a utilização de tropas federais não terá custos adicionais, as Forças Armadas vão pedir a elevação em R$ 80 milhões no orçamento deste ano, segundo apurou o jornal O Estado de S. Paulo. Na última sexta-feira, dia 25, o presidente Michel Temer assinou decreto de Garantia da Lei da Ordem (GLO), autorizando o emprego da Marinha, do Exército e da Força Aérea, além da Força Nacional, para acabar e assim desobstruir os bloqueios nas rodovias.

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Alunos do XXVII Curso de Ensaios em Voo realizaram a avaliação final do curso na aeronave JAS 39 Gripen D


Por: Redação OD

Os alunos do XXVII Curso de Ensaios em Voo (CEV) realizaram, entre os dias 07 e 18 de maio, a avaliação final do curso, chamada Preview, na aeronave JAS 39 Gripen D, em Linköping, Suécia. O objetivo foi verificar a capacidade dos pilotos e engenheiros alunos em avaliar uma aeronave de alta performance para as ações de defesa aérea e ataque. A avaliação foi baseada na Solicitação de Ensaio de Instrução, feita pela Divisão de Formação em Ensaios em Voo, do Instituto de Pesquisa e Ensaios em Voo (IPEV), Unidade da Força Aérea Brasileira (FAB) localizada em São José dos Campos (SP), e reúne os principais requisitos operacionais e de certificação da aeronave. Com base na solicitação, os alunos devem demonstrar ser capazes de planejar as missões num perfil que permita a avaliação desses requisitos, com a aplicação das técnicas de ensaio em voo necessárias para adquirir as informações para a avaliação.

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Nota da Força Aérea Brasileira, sobre acidente com caça F-5F

Foto Ilustrativa. Aeronave acidentada era do mesmo tipo da foto

Por: Redação OD

Um Caça modelo biplace F-5 F da Força Aérea Brasileira caiu às margens da Rodovia Rio-Santos, na manhã desta quinta-feira, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio. Segundo informações divulgadas pela FAB, por volta das 07h40, quando a aeronave sofreu uma pane logo após a sua decolagem da Ala 12 (Base Aérea de Santa Cruz), que fica no mesmo bairro.  Ainda de acordo com a FAB, o piloto e o copiloto que ocupavam o caça conseguiram se ejetar antes que o avião atingisse o solo. Ainda não há informações sobre o estado de saúde dos militares.

quinta-feira, 10 de maio de 2018

SAAB apresenta local onde serão montados a partir de 2020 os caças Gripen E da Força Aérea Brasileira


Por: Redação OD

A unidade industrial que a Saab, empresa sueca aeroespacial e de defesa e segurança, terá em São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo, será usada para outros projetos além do que envolve os caças militares Gripen, encomendados pelo governo brasileiro e que estão sendo desenvolvidos em parceria com empresas brasileiras, como a Embraer, disse o chefe global da divisão de aeronáutica da companhia europeia, Jonas Hjelm. "Essa unidade vai integrar a cadeia global de suprimentos da Saab. Então vemos oportunidades e queremos que ela participe de projetos de outros produtos que atendam não apenas mercados na América Latina, mas no restante do mundo", disse o executivo.

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Militares da FAB treinam simulação de EVAM para casos de acionamento nas operações de Garantia da Lei e da Ordem

Equipe médica realiza os primeiros socorros à vítima
Por: Redação OD

Militares do Hospital de Força Aérea do Galeão (HFAG) e do Esquadrão Puma (3º/8º GAV) realizaram um treinamento de Evacuação Aeromédica (EVAM) para casos de acionamento nas operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) em apoio ao Plano de Nacional de Segurança, no Rio de Janeiro (RJ). As operações são coordenadas pela Célula de Operações Aeroespaciais (COA) do Centro de Coordenação de Operações (CCOP). No treinamento, foi simulado que um militar foi gravemente atingido por disparo de arma de fogo, em zona de atuação da equipe de GLO. A vítima, resgatada pela equipe do 3°/8º GAV, recebeu o primeiro atendimento ainda no local e foi transportada pela aeronave de asas rotativas.

Ministro da Defesa e Comandantes das Forças Armadas, celebram o 73º aniversário do fim da II Guerra Mundial


Por: Redação OD(*)

O ministro da Defesa interino, Joaquim Silva e Luna, participou nesta terça-feira (8), pela manhã, da cerimônia em homenagem ao 73º aniversário do fim da Segunda Guerra Mundial e da entrega da Medalha da Vitória, no Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro. Na leitura da Ordem do Dia, o ministro Silva e Luna ressaltou, inicialmente, o sangue dos heróis brasileiros que lutaram ao lado dos aliados. "O Brasil pagou sua cota com moedas de sangue e de honra. Estava entre os aliados, sendo o único país da América do Sul a enviar combatentes ao teatro de operações europeu", disse o ministro, ao falar sobre o sacrifício dos militares brasileiros empregados no teatro de operações na Itália.