Mostrando postagens com marcador BRABAT. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador BRABAT. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Comando Militar do Norte celebra encerramento da participação brasileira na Missão das Nações Unidas para Estabilização no Haiti


Por: Redação OD

O Comando Militar do Norte realizará uma solenidade militar no 2º Batalhão de Infantaria de Selva, no dia 31 de outubro, às 9h30, que marcar o encerramento da participação brasileira na Missão das Nações Unidas para Estabilização no Haiti (MINUSTAH). Após treze anos, chegou ao fim nesse mês a nobre missão de paz dos militares do Exército Brasileiro, concluindo, também, a participação das Forças Armadas nesse capítulo da história daquele país. Entre 2004 e 2017, militares brasileiros desempenham missões voltadas para a criação e a manutenção de um ambiente seguro e estável no Haiti, ao longo dos quais foram conquistados significativos avanços para a população haitiana, para o reconhecimento internacional do Brasil e para o aprimoramento da capacidade técnico-profissional das Forças Armadas.

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Militares brasileiros decidem ficar no Haiti para ajudar afetados pelo Irma


Por: Redação OD

A mensagem de um militar do Força Aérea Brasileira (FAB), enviada pouco antes de seguir para uma área do Haiti que estava na rota do furacão Irma, emocionou familiares e amigos. O autor, o coronel da Infantaria da Aeronáutica Moreira Lima, integra as tropas nacionais que estão no país caribenho. A Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (Minustah) terminou no último dia 1º, mas os próprios militares pediram autorização à Organização das Nações Unidas (ONU) para seguir atuando na região, justamente para ajudar os atingidos pela tempestade.

domingo, 3 de setembro de 2017

Haiti: tínhamos 3 verbos impositivos para essa missão: cooperar, contribuir e realizar. Missão cumprida!


Por: Redação OD

Após treze anos de participação na Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH), a tropa brasileira encerra suas operações em solo haitiano. Na noite de 31 de outubro, uma solenidade histórica reuniu o último contingente brasileiro da missão de paz e representantes das Forças Armadas, do Governo Brasileiro e das Nações Unidas. Entre palavras de reconhecimento das autoridades ao trabalho dos militares brasileiros, também ficou marcado o sentimento de satisfação dos capacetes azuis pelo dever cumprido.

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Diário do Haiti: Durante patrulha no blindado, acenos e xingamentos 'Não é fácil para um país soberano ter uma tropa de outro país', comenta coronel

A partir de sexta-feira, os blindados brasileiros não poderão mais circular. O controle do país ficará a cargo da Polícia Nacional Haitiana (Foto: EVELSON DE FREITAS / AE)
Por: Redação OD

Unidos pela paz: Brabat!” O slogan do batalhão brasileiro da missão de paz no Haiti é repetido sempre que uma patrulha entra ou sai da base militar em Porto Príncipe. No Urutu branco do Exército Brasileiro com as letras UN, de Nações Unidas (em inglês), vão um motorista, um militar na cabine de observação, outro militar com um fuzil na mão, o coronel Sandro Vasconcelos, chefe da Comunicação Social do Brabat, e a equipe jornalística. A patrulha será por um bairro vizinho à base, chamado Tabarre. 

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Militares brasileiros são agraciados com Medalha das Nações Unidas no Haiti, em reconhecimento a seus serviços


Por: Redação OD

No dia 23 de agosto, os integrantes do 26º Contingente Brasileiro no Haiti (CONTBRAS) foram condecorados com a Medalha das Nações Unidas, em cerimônia militar realizada na Base General Bacellar. O evento foi presidido pela Deputy da Representante Especial do Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas (SRSG, sigla em inglês), Sra Susan Page, e contou com a presença do Force Commander da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH), General de Divisão Ajax Porto Pinheiro; do Embaixador do Brasil no Haiti, Sr Fernando Vidal; de comandantes de contingentes; além de outras autoridades civis e militares da MINUSTAH.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Tropas brasileiras encerram participação na Missão de Paz no Haiti



Por: Redação OD

A Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (MINUSTAH) chega ao fim no dia 15 de outubro, concluindo, também, a participação das Forças Armadas brasileiras nesse capítulo da história daquele país. Há treze anos (2004 a 2017), militares brasileiros desempenham missões voltadas para a criação e a manutenção de um ambiente seguro e estável no Haiti, ao longo dos quais foram conquistados significativos avanços para a população haitiana, para o reconhecimento internacional do Brasil e para o aprimoramento da capacidade técnico-profissional de nossas Forças Armadas.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

BRABAT sedia encontro entre ONU e comandantes de contingentes para acertar detalhes referentes à saída da tropa do país



Por: Redação OD

Nos dias 20 e 21 de julho, o 26º Batalhão de Infantaria de Força de Paz (BRABAT 26) sediou a Reunião do Force Commander da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH), General de Divisão Ajax Porto Pinheiro, com integrantes do seu Estado-Maior e Comandantes dos Contingentes Militares. A reunião teve por finalidade transmitir informações atualizadas relativas ao encerramento dos trabalhos do Componente Militar da MINUSTAH, que ocorrerá a partir de 15 de outubro de 2017. Além disso, também foi verificado o andamento da desmobilização das instalações e do material para a repatriação dos efetivos de cada país.

quinta-feira, 11 de maio de 2017

BRAENGCOY 26 que será o último contigente da missão no Haiti, concluiu treinamento em Aquidauana


Por: Redação OD

O município de Aquidauana mais uma vez recebeu militares para treinamento do 26º Contingente Brasileiro da Companhia de Engenharia de Força de Combate. Os exercícios aconteceram no mês de Abril e início de maio. Cerca de 120 homens, vindos de diversas organizações militares, estão no 9º Batalhão de Engenharia de Combate Carlos Camisão, onde durante este período se prepararam para a Minustah (Missão Para Estabilização do Haiti). Toda a estrutura do Batalhão, comandando pelo tenente-coronel Fábio Bogoni, esteve à disposição da tropa, onde foi realizada grande parte das instruções, alternando com atividades externas na cidade.

terça-feira, 18 de abril de 2017

O Exército Brasileiro e a missão no Haiti


Por: Fábio Alves da Costa
As missões de paz da Organização das Nações Unidas são definidas nas reuniões do Conselho de Segurança (CS), quando os participantes deliberam acerca das decisões que envolvem o assunto. A Resolução Nr 2313, de 13 de outubro de 2016, é o documento formal do Conselho de Segurança (CS) que autoriza a permanência da Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (MINUSTAH). As Resoluções do CS contêm mandatos para operações de manutenção da paz. Mandato é a autorização e as ordens próprias para que sejam tomadas ações específicas de segurança em um país.

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

General Ajax destaca futuras ações na Missão das Nações Unidas no Haiti

Com foco na ajuda humanitária, tropas da Minustah realizam a segurança das ONGs que transportam mantimentos no país caribenho
Por: Redação OD

O comandante da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (Minustah), general Ajax Porto Pinheiro, informou que as futuras ações desempenhadas pelo contingente brasileiro no país caribenho serão de ajuda humanitária. O furacão Matthew atingiu a região sul do país, no início do mês, com ventos de até 240 quilômetros por hora, destruindo casas, arrancando postes, árvores e antenas. Cerca de mil pessoas morreram e milhares ficaram desabrigados. 

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Batalhão Brasileiro de Infantaria de Força de Paz (BRABAT) apoia atividades de ação humanitária em Jeremie


Por: Redaçãp OD

No dia 11 de outubro, militares do Batalhão Brasileiro de Infantaria de Força de Paz (BRABAT – sigla em inglês) estão destacados na localidade de Jeremie, no sul do Haiti, área mais afetada pelo furacão Matthew, para apoiar o recebimento de material de ajuda humanitária. A atividade ocorreu no aeroporto da localidade e os militares brasileiros foram apoiados pela Polícia Nacional Haitiana. 

domingo, 9 de outubro de 2016

Ações do Contingente Brasileiro na passagem do Furacão Matthew pelo Haiti


Por: Redação OD

A passagem do Furacão Matthew pela costa haitiana provocou danos à infraestrutura e à população do país, especialmente na região sul, onde ventos de mais de 220 km/h e ondas de até três metros atingiram algumas cidades. Antecedendo à chegada desse fenômeno climático, desde o dia 28 de setembro, uma série de ações de caráter preventivo e operativo foi implementada por parte do Contingente Brasileiro (CONTBRAS), fruto de um criterioso planejamento, tanto no que diz respeito à segurança das Bases, quanto no desdobramento e emprego das tropas em apoio à assistência humanitária de resposta à catástrofe.

domingo, 25 de setembro de 2016

BRABAT realiza exercício de plano de contingência contra desastres naturais ou provocados pelo homem


Por: Redação OD

Nos dias 19 e 20 de setembro,foi realizado o Exercício de Prevenção de Desastres Naturais ou Provocados pelo Homem no Batalhão Brasileiro de Infantaria de Força de Paz (BRABAT)- Batalhão Porto Príncipe. O objetivo do exercício foi avaliar o planejamento e os procedimentos a serem executados diante da ocorrência de eventos que possam causar danos às pessoas e às instalações.

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

BRABAT desencadeia Operação “A Paz deve Continuar” no Haiti


Por: Redação OD

No dia 5 de agosto, o Batalhão Brasileiro de Infantaria de Força de Paz (BRABAT) – Batalhão Porto Príncipe – realizou a Operação “Lapé dwé Continye II” (A Paz deve Continuar II), em conjunto com a Polícia das Nações Unidas (UNPOL) e com a Polícia Nacional do Haiti (PNH), no âmbito da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH). A Operação teve por finalidade intensificar a presença do BRABAT em toda a sua área de responsabilidade, por intermédio de patrulhamentos motorizado e a pé, bem como, pelo estabelecimento de static point, com foco nas regiões de Martissant e GrandRavine. 

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Militar usa experiência em Missão de Paz na formação de novos sargentos


Por: Redação OD

Depois de quase oito meses integrando o 23º Contingente Brasileiro na Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti (MINUSTAH), o Major de Infantaria Pedro Antonio Garcez usa a experiência no Batalhão Brasileiro de Força de Paz (BRABAT 23) para incrementar a formação dos alunos da Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), em Guaratinguetá (SP).  “Considero meu dever transmitir aos alunos da EEAR os conhecimentos aprendidos durante a missão, de modo a motivá-los para os desafios e oportunidades da carreira”, avalia o oficial, que agora comanda um dos esquadrões de alunos da maior escola de ensino técnico militar da América do Sul e a Subseção de Ensino da Especialidade Guarda e Segurança.

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Simulação de distúrbio social completa treinamento de militares que irão para o Haiti


O ponto de partida para o distúrbio simulado foi o confronto entre dois grupos antagônicos que se enfrentaram Foto: Tereza Sobreira/MD

Por Redação OD
A cidade de Cristalina, em Goiás, foi palco nesta quinta-feira (28) do último treinamento do 24º Contingente Brasileiro para a Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH). De acordo com o comandante do 24º Batalhão de Infantaria de Força de Paz (BRABAT 24, sigla em inglês), o coronel José Arnon dos Santos Guerra, após quatro meses de treinamento, a tropa está preparada para cumprir sua missão no Haiti, a partir do dia 20 de maio. “Estamos aqui com 673 homens e concluímos o período de estágio avançado de paz”, comentou o coronel Guerra.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

CCOPAB inicia Exercício Avançado de Operações de Paz (EAOP) do BRABAT 24



Por redação OD

No dia 19 de abril, o Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB) iniciou o Exercício Avançado de Operações de Paz (EAOP) destinado à tropa em preparação para o Batalhão de Força de Paz (BRABAT – sigla em inglês) que irá compor o 24º Contingente Brasileiro para a Missão de Estabilização do Haiti (MINUSTAH).A abertura do EAOP contou com as presenças do General de Brigada Heber Garcia Portella, Comandante da 3a Brigada de Infantaria Motorizada; do Coronel José Arnon dos Santos Guerra, Comandante do BRABAT; e do Coronel Carlos Augusto Ramires Teixeira, Comandante do CCOPAB e Diretor do EAOP.