Mostrando postagens com marcador Exército. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Exército. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Saab recebe novo pedido do Exército dos Estados Unidos para o fornecimento de sistemas AT4CS RS


Por: Redação OD

A Saab recebeu uma nova encomenda do Exército dos Estados Unidos para o sistema de armas anti-blindagem AT4CS RS (Espaço Confinado Reduzido de Sensibilidade, da sigla em inglês). O valor do pedido é de aproximadamente US$ 50 milhões (426 milhões de coras suecas). O pedido foi reservado durante o segundo trimestre de 2018. A Saab recebeu um contrato de ID / IQ (sigla em inglês para entrega indefinida/quantidade indefinida) para o sistema AT4CS RS em 2008. Este pedido é um acréscimo a uma encomenda de entrega recebida em 2017. Esse pedido foi avaliado em US$13,4 milhões. O AT4CS RS é um sistema de armas pré-carregado disparado do ombro, totalmente descartável, com uma ogiva de carga especialmente desenvolvida com um formato único, que proporciona excelente efeito pós-penetração no alvo.

Documentos quase centenários que estavam enterrado no 3.º GAAAe serão expostos em evento na cidade de Caxias do Sul

Documentos de quase um século atrás são encontrados enterrados no quartel do Exército, em Caxias do Sul 
Por: Redação OD
Talvez por não achar relevante, o coronel José Pena de Moraes, então intendente de Caxias do Sul (equivalente a prefeito), deixou de registrar nos relatórios anuais sobre o desenvolvimento da cidade uma solenidade na qual ele mesmo participou no dia 3 de abril de 1922. Ao lado do então ministro da Guerra do Brasil, Pandiá Calógeras, e do lendário marechal e sertanista Cândido Rondon, o intendente lançou a pedra fundamental de construção do quartel do Exército, local que hoje conhecemos como a sede do 3.º Grupo de Artilharia Antiaérea (3.º GAAAe), no bairro Rio Branco. Para marcar este momento, as lideranças guardaram a ata da solenidade, alguns jornais da época e quatro moedas dentro de uma urna de metal lacrada. A pequena caixa foi escondida sob o marco inicial das obras para a posteridade, mas o tempo tratou de apagar da memória aquele simbólico momento que consolidava a presença do Exército em Caxias.

17ª Brigada de Infantaria de Selva, inicia operação ‘Ajuricaba III’. Mais de mil militares do Exército fazem parte da operação

Militares da 17.ª  Bda Inf Sl, realizam patrulha fluvial durante a terceira edição da Operação Ajuricaba III. (Foto: Reprodução/Exército Brasileiro).
Por: Redação OD

A 17ª Brigada de Infantaria de Selva, do Exército Brasileiro (EB), iniciou nesta última segunda-feira dia 16, a terceira edição da Operação Ajuricaba. A ação objetiva intensificar a presença do Exército na faixa de fronteira e, consequentemente, inibir ações do crime organizado. O ato acontece em Rondônia e no Acre, sem data para terminar. A Operação Ajuricaba III é realizada de forma conjunta entre órgãos federais e estaduais, e conta com efetivo de mais de mil militares do Exército. Tendo ainda, o apoio logístico de 60 viaturas, 13 embarcações e três aeronaves. Na edição anterior, foram realizadas inspeções em embarcações, veículos leves e caminhões, além de patrulhas terrestres, fluviais e reconhecimento aéreo.

terça-feira, 17 de julho de 2018

De tirar o folego: Tripulação de um CH 47 D Chinook do Exército dos EUA realizam missão de resgate em montanha


Por: Redação OD

Um vídeo, que vem sendo exibido por vários grupos nas redes sociais, mostra um helicóptero de transporte de carga pesada CH-47 D Chinook do Exército dos EUA, onde o mesmo fica pairado de forma suspensa "tocando" o topo da montanha em meio à uma operação de resgate de alpinistas. O helicóptero faz uso apenas de suas rodas traseiras para estabilizar a aeronave no terreno ingrimeAs imagens são impressionantes, pois é possível observar-se com clareza quando à aeronave "toca" a superfície ingrime do monte Hood (no estado norte-americano de Oregoncom suas rodas, enquanto a parte frontal do helicóptero permanece no ar. 

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Conheça o Centro de Instrução de Artilharia de Mísseis e Foguetes


Por: Redação OD

O Exército Brasileiro adquiriu, nos anos 1990, cinco Baterias de Lançadores Múltiplos de Foguetes ASTROS II para modernizar a sua Artilharia de Campanha e de Costa. O material foi distribuído em diversas regiões do território nacional. Em 2004, por intermédio da Portaria nº 619, do Comandante do Exército, de 24 setembro, decidiu-se centralizar o material ASTROS II, com a extinção dessas Unidades e a transferência do 6º Grupo de Artilharia de Costa Motorizado (6º GACosM) para Formosa (GO), transformando-o em 6º Grupo de Lançadores Múltiplos de Foguetes e Campo de Instrução de Formosa (6º GLMF/CIF).

sábado, 14 de julho de 2018

Capitão Waldyr O´Dwyer, herói da Força Expedicionária Brasileira, faz 102 anos de vida e ganha homenagem



Por: Redação OD
No dia 12 de julho, o Capitão Waldyr O´Dwyer, herói da Força Expedicionária Brasileira (FEB), completou 102 anos de vida. A ocasião especial foi celebrada durante a cerimônia de entrega da obra de revitalização da Praça dos Expedicionários, em Anápolis (GO). Último Pracinha vivo a residir naquele município goiano, o Capitão Waldyr participou de momentos relevantes da Campanha da FEB na Itália, incluindo a épica Tomada de Monte Castello, em 21 de fevereiro de 1945. A idade avançada trouxe as naturais limitações físicas ao oficial da reserva, incluindo dificuldades de locomoção.

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Ministro da Defesa teme interrupção de projetos prioritários das Forças Armadas, por conta dos cortes orçamentários


Por: Redação OD

O ministro da Defesa, general Joaquim Silva e Luna, admitiu, hoje (4), a possibilidade de as Forças Armadas terem que interromper projetos prioritários devido à falta de recursos para a Marinha, o Exército e a Força Aérea. Mantida a perspectiva de redução da ordem de 23% do nosso orçamento, os projetos estratégicos correm, sim, o risco de ser descontinuados”, disse o ministro, ao participar de audiência pública na Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara dos Deputados, em Brasília. Entre os projetos em desenvolvimento considerados prioritários, estão a construção dos submarinos convencionais e de propulsão nuclear pela Marinha, a aquisição, pelo Exército, de viaturas blindadas e dotadas de sistemas de armas e proteção; e a compra dos caças de combate Gripen pela Força Aérea.

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Ministro da Defesa apresenta balanço das ações das Forças Armadas e reitera o compromisso das mesmas com o Brasil


Por: Redação OD

O ano de 2017 foi marcado por diversas ações do Ministério da Defesa (MD), reforçando o comprometimento das Forças Armadas com o Brasil. Foram desenvolvidas ações na área de indústria de defesa, missões de paz, apoio à segurança pública e à defesa civil, proteção e segurança nas faixas de fronteiras, assistência humanitária internacional, programas sociais, parcerias bilaterais e defesa cibernética. O ministro da Defesa, Raul Jungmann, apresentou nesta quinta-feira (28) durante coletiva de imprensa as principais realizações da Pasta. Entre os avanços implementados no setor de indústria de defesa destacam-se a criação da linha internacional de créditos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a participação do MD na Câmara de Comércio Exterior (CAMEX).

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Novo conflito à vista: China movimenta seu exército na região de Doklam, região de disputa com a Índia


Por: Redação OD

Segundo publicações feitas pela mídia indiana, o Exército Popular de Libertação da China (PLA) está construindo novas instalações militares a cerca de 5 Km da fronteira entre a China e o Butão. Estas novas construções incluem depósitos para armas assim como nove edifícios de três andares, que podem ser utilizados como quartel general e dormitórios. Na região ainda encontram-se 300 veículos dos mais variados tipos. O PLA começou a aumentar suas forças militares na região de Doklam, onde há alguns meses ocorreu uma disputa de 10 semanas entre estes países. 

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Como destruir o arsenal nuclear norte-coreano....Invasão terrestre? O Pentágono diz que sim!


Por: Redação OD

Quando se começa a imaginar um cenário de guerra entre os EUA e a Coréia do Norte, um pergunta vem a tona. De como poderá ser efetuado a destruição deste arsenal nuclear? Uma invasão terrestre seria a solução? Segundo os estrategistas do Pentágono, a resposta é Sim. Baseado nessa afirmação os Congressistas norte-americanos estão preocupados porque causaria "uma centenas de milhares, ou mesmo milhões de mortes, apenas nos primeiros dias de combate" O Pentágono, considera que "a única forma" de destruir, com a "certeza absoluta", o arsenal nuclear norte-coreano, seria através de uma invasão terrestre, segundo documentos enviados aos congressistas dos EUA.

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

França e Alemanha avançam para criação das Forças Armadas da União Europeia já na cimeira de Bratislava

Por: Redação OD
Os líderes europeus estão empenhados em dotar a União Europeia (UE) de um exército comum e permanente, de acordo com um documento do ministério da Defesa francês a que o jornal alemão Süddeutsche Zeitung teve acesso. O documento refere a integração na área da Defesa como crítica no contexto da saída do Reino Unido (RU), a maior potência militar europeia, da UE.

domingo, 15 de maio de 2016

Back to the future? Por que razão a Alemanha vem aumentando suas Forças Armadas?




Por: Redação OD

Pela primeira vez desde o fim da Guerra Fria, a Alemanha está alistando soldados adicionais para as suas Forças Armadas. A era do desarmamento em Berlim parece ter terminado, escreveu o jornal austríaco Die Presse. Na primeira vez desde o início dos anos 1990, as Forças Armadas alemãs deverão incorporar mais 14.300 soldados e 4.400 funcionários civis até 2023, informou o jornal. Na terça-feira, a ministra da Defesa Ursula von der Leyen aboliu publicamente o limite máximo, introduzido em 2011, que prevê 185.000 soldados. “Hoje é necessário”, afirmou a ministra, citada pelo jornal.