Mostrando postagens com marcador Europa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Europa. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 29 de março de 2018

Forças de Defesa da OTAN não estão preparados para repelir um ataque rápido Russo, segundo jornal norte americano


Por: Redação OD

De acordo com matéria veiculada pelo periódico norte-americano The Wall Street Journal, dos quase 1 milhão de militares efetivos de países membros da OTAN, apenas uma pequena porcentagem deste universo, estão de fato, preparados para realizarem um desdobramento rápido em caso de um conflito armado com a Russia, revela a matéria, citando como fontes antigos e atuais funcionários da OTANRepresentantes do bloco frisam que quase todos os membros europeus da Aliança, sofrem com problemas de prontidão para o combate, escreve a edição. Por exemplo, a Grécia ou a Turquia mantêm exércitos grandes, mas não estão treinados para se instalarem em zonas de conflito no estrangeiro.

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Ministério da Defesa da Eslováquia confirma o desaparecimento de 300 mil unidades de munição em armazém


Por: Redação OD

O Ministério da Defesa da Eslováquia descobriu o desaparecimento de 300 mil unidades de munição de uso militar e esportivo de um armazém do exército em Sklene, no norte do país, informou nesta quarta-feira a emissora "Markyza". Em abril deste ano, já haviam desaparecido 120 granadas e dez projéteis de outro depósito militar, o que motivou a convocação de um plenário extraordinário do Parlamento. Lubomir Galko, ministro de Defesa entre 2010 e 2011, apontou hoje ao jornal "Sme" que ambos os casos pode se tratar de uma sabotagem orquestrada pelo pessoal do Ministério do Interior para tratar de desmerecer rivais políticos.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

SAAB projeta se tornar uma das grandes fornecedoras de armamentos aos Países membros da OTAN


Por: Redação OD

Com um grande alerta de terrorismo e as crescentes inconstâncias sócio-políticas pela Europa, vários países membros da OTAN estão sendo forçados a investir mais na área da defesa, consequentemente serão canalizados bilhões de euros para obtenção de novos materiais bélicos, e dos mais diversos tipos. Com a reunião de cúpula da OTAN prevista para o fim de maio, a empresa sueca SAAB espera ter uma década de aumento das vendas. Tendo ameaças reais e novamente imaginadas, bem como o objetivo comum da OTAN de alocar pelo menos 2% do PIB de cada país à defesa, fazem com que os políticos europeus sejam obrigados a aumentar as despesas destinadas a este setor.

segunda-feira, 4 de julho de 2016

KC-390: O avião brasileiro com tecnologia portuguesa será lançado esta tarde em Alverca (Portugal)


Por: Redação OD
O KC-390 é uma aeronave adaptada ao transporte e lançamento de cargas e tropas, reabastecimento aéreo, busca e resgate e combate a incêndios florestais. António Costa preside à apresentação do avião KC-390, em Alverca. O primeiro-ministro António Costa preside esta tarde, em Alverca, Lisboa, à apresentação do avião KC-390, o novo aparelho da construtora aeronáutica brasileira Embraer com participação da engenharia portuguesa. A sessão decorre pelas 17h, no Parque Aeronáutico de Alverca, no concelho de Vila Franca de Xira, e contará também com a presença do ministro da Economia Manuel Caldeira Cabral.

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Força Aérea Portuguesa recorre a União Européia para a modernização de 5 C-130 Hércules


Por: Redação OD

A modernização das aeronaves militares C-130 da Força Aérea, que se candidatou a fundos europeus para conseguir metade dos custos, implicará o abate de um dos seis aparelhos da frota, soube o DN. Isso explica a opção do ministro da Defesa, Azeredo Lopes, no recente despacho onde autoriza o chefe do Estado-Maior da Força Aérea (CEMFA) a iniciar os respetivos procedimentos do concurso, de modernizar apenas cinco dos C-130 em operação desde o final dos anos 1970. Azeredo Lopes, num despacho anunciado no dia da primeira visita oficial do atual Presidente da República à Força Aérea, estabeleceu um teto de 29 milhões de euros de investimento nesse programa - necessário para os C-130 poderem voltar a voar sobre a Europa sem restrições - há anos adiado.

sexta-feira, 3 de junho de 2016

EUA enviam à fronteira russa aviões que bombardearam a Iugoslávia

Por: Redação OD

Vários sites britânicos de aviação acabam de informar que dois bombardeiros da Força Aérea americana B-52 que participarão de treinamentos da OTAN na região báltica tinham estado envolvidos na operação contra a Iugoslávia em 1999. De acordo com a mídia, os aviões, com números de bordo 60-0037 e 60-0044, foram enviados, na altura dos acontecimentos tristes de 1999, à base aérea de Fervord no Reino Unido. Dali, eles realizaram voos contra alvos na Sérvia e Montenegro.

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Indústrias de defesa poderão sofrer com um aumento inesperado nos gastos em defesa na Europa, revelou CEO da SAAB



O presidente e CEO da Saab, que fabrica o caça Gripen, alertou que a indústria de defesa terá dificuldade para lidar com um aumento esperado nos gastos de defesa europeia. Fonte: Saab
Por: Redação OD

A indústria de defesa pode vir a ter alguma dificuldade para responder de imediato a um forte aumento inesperado dos gastos militares de países Europeus após anos de relativa estagnação, revelou o presidente e CEO da Saab, a repórteres durante coletiva no dia de ontem. Durante coletiva na sede da SAAB em Estocolmo, antes do lançamento do caça Gripen E, Hakan Bushke expressou sua preocupação de que, os dois candidatos a corrida presidencial dos EUA venham insistindo que todos os países membros da OTAN devam contribuir com 2% do seu PIB para gastos com a defesa, as indústrias irão sofrer para atender às demandas de novos equipamentos a países membros europeus que gastam menos do que o proposto.

domingo, 15 de maio de 2016

Back to the future? Por que razão a Alemanha vem aumentando suas Forças Armadas?




Por: Redação OD

Pela primeira vez desde o fim da Guerra Fria, a Alemanha está alistando soldados adicionais para as suas Forças Armadas. A era do desarmamento em Berlim parece ter terminado, escreveu o jornal austríaco Die Presse. Na primeira vez desde o início dos anos 1990, as Forças Armadas alemãs deverão incorporar mais 14.300 soldados e 4.400 funcionários civis até 2023, informou o jornal. Na terça-feira, a ministra da Defesa Ursula von der Leyen aboliu publicamente o limite máximo, introduzido em 2011, que prevê 185.000 soldados. “Hoje é necessário”, afirmou a ministra, citada pelo jornal. 

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Pentágono: Escudo antimísseis na Europa não serve para defender os EUA da Rússia



Por: Redação OD
O chefe do Departamento de Defesa dos EUA Ashton Carter reiterou nesta sexta-feira (13) as declarações de que o sistema americano de defesa antimísseis não está sendo implantado na Europa como um mecanismo de defesa contra a Rússia. "O nosso sistema antimísseis é criado como uma defesa contra o Irã e a Coreia do Norte… Ele não serve para, e é incapaz de, defender os EUA da Rússia" – declarou Carter em entrevista coletiva dedicada à nomeação do novo comandante do Comando de Defesa Aeroespacial dos EUA Lori Robinson.

sábado, 30 de abril de 2016

História não revelada: "EUA queriam que Brasil participasse da ocupação na Europa ao término da Segunda Guerra Mundial"


Por Redação OD 
Historiador americano Frank McCann afirma que, após fim da Segunda Guerra, Aliados pediram presença brasileira na Áustria. Convite, porém, não teria sequer chegado a Getúlio e acabou discutido apenas a nível militar. No fim da Segunda Guerra Mundial, o Brasil foi convidado por Estados Unidos e Reino Unido para participar da ocupação da Áustria. Essa eventual participação, afirma o historiador americano Frank McCann, poderia ter mudando a posição geopolítica brasileira no mundo. Em entrevista à DW, McCann diz que os motivos que levaram à recusa do convite ainda são uma incógnita. Baseado em suas pesquisas, porém, ele aposta que a proposta sequer chegou a Getúlio Vargas e acabou discutida apenas a nível militar. "Havia 10 mil homens brasileiros que não lutaram, que não estavam exaustos e poderiam ter sido colocados em caminhões e levados para a Áustria, que não é muito longe. Eu diria que eles tinham capacidade de participar da ocupação e tinham homens para isso", frisa.