Mostrando postagens com marcador Ministro da Defesa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Ministro da Defesa. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Temer elogia Forças Armadas, tende a efetivar General como ministro da Defesa e cria 67 novos cargos para a intervenção


Por: Redação OD
Em um momento de expansão de espaço aos militares no seu governo, o Presidente da República Michel Temer, exaltou o papel das Forças Armadas durante solenidade de promoção de novos oficiais generais, ao lado do ministro interino da Defesa, general Silva e Luna, o qual o Exército espera vê-lo efetivado no cargo. Assessores do presidente Temer, afirmam que ele já decidiu por efetivar Silva e Luna, o general segue como interino há 44 dias, desde a posse de Raul Jungmann no ministério da Segurança Pública. Uma ala do governo defende que ele nomeie um civil, mas ministros de seu núcleo mais restrito sustentam que os militares devem ser contemplados, em meio à intervenção no Rio e ao cumprimento de vários decretos de Garantia da Lei e da Ordem (GLO's).

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Declaração do Comandante do Exército, Gen Villas Bôas cita "repúdio à impunidade"


Por: Redação OD

O comandante do Exército Brasileiro, General Villas Bôas, afirmou nesta terça-feira que a instituição "julga compartilhar o anseio de todos os cidadãos de bem de repúdio à impunidade". A declaração foi realizada na véspera do julgamento, no Supremo Tribunal Federal (STF), do habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em sua conta no Twitter, Villas Bôas disse que o Exército também defende o "respeito à Constituição, à paz social e à Democracia", e que a instituição "se mantém atenta às suas missões institucionais".

segunda-feira, 5 de março de 2018

Comandante da Marinha defende a continuidade de um militar no Ministério da Defesa

Por: Redação OD
O comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, defende que o governo deixe o Ministério da Defesa sob chefia de um militar. Na última semana, após nomear o general Silva e Luna como ministro interino, Temer afirmou que, em breve, recolocará um civil no posto. Desde sua criação em 1999, o ministério era comandado por civis. "Um militar, como qualquer outro profissional escolhido pelo presidente da República, pode sim chefiar o Ministério da Defesa. Anteriormente, profissionais de outras carreiras de Estado já exerceram esse cargo, e não há qualquer razão para que um militar não possa exercê-lo. 

sexta-feira, 2 de março de 2018

'Militares não buscam protagonismo no governo com a intervenção federal', diz ministro novo da Defesa


Por: Redação OD

O General do Exército Joaquim Silva e Luna é o primeiro militar a assumir, mesmo que interinamente, o Ministério da Defesa, desde a sua criação. Aos 68 anos, o general deu a sua primeira entrevista após assumir o cargo, e afirmou que os "militares não buscam protagonismo" ao assumir funções no governo.  Para ele, a maior participação na gestão do presidente Michel Temer é "circunstancial". Após ele ter assumido o cargo, o que ocorreu nesta quinta-feira, dia 1º, ele refutou a ideia de um possível uso eleitoral da intervenção no Rio por Temer e devolveu a pergunta com outras. "Existia causa mais urgente do que segurança pública? m Principalmente no Rio de Janeiro?" Confira, abaixo, os principais trechos da entrevista. 

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

General Joaquim Silva e Luna novo ministro da Defesa é apontado como um especialista em combate urbano


Por: Redação OD

O General de Exército da reserva (novo ministro interino da Defesa), Joaquim Silva e Luna, é apontado por colegas das Três Forças como um exímio especialista tanto na arte da guerra de selva, quanto na de inteligência em combate urbano, com apurado faro político. Tendo como sua formação básica na AMAN a arma de Engenharia. O Gen Luna comandou a brigada de infantaria de selva em Tefé, na Amazônia, além do Batalhão de Engenharia e Construção de Roraima. Possui pós-graduação em Política, Estratégia e Alta Administração do Exército e em Projetos e Análise de Sistemas, mestrado em Operações Militares e doutorado em Ciências Militares, cursos de Guerra na Selva e de Combate Básico das Forças de Defesa de Israel.

sábado, 24 de fevereiro de 2018

Raul Jungmann e Chanceler italiano discutem homenagem aos combatentes da Força Expedicionária Brasileira

 Reunião entre ministro da Defesa do Brasil e chanceler italiano. Foto: Tereza Sobreira
Por: Redação OD

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, recebeu, nesta quinta-feira, comitiva liderada pelo ministro dos Negócios e da Cooperação Internacional da Itália, Angelino Alfano, com quem tratou da realização do ‘Festival Entre Amigos’, evento histórico-cultural em homenagem aos combatentes da Força Expedicionária Brasileira (FEB) que atuaram na Itália durante a Segunda Guerra Mundial, e que tiveram importante participação na libertação das cidades italianas ocupadas por tropas inimigas. Organizado pelo Ministério da Defesa do Brasil, Embratur, GSI e Ministério das Relações Exteriores, o Festival será realizado em abril nas cidades de Roma, Pistoia, Montese, Porreta Terme e em Monte Castelo, e terá a duração de uma semana. 

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Ministro da Defesa e Comandante da Marinha, inspecionam as obras da nova Estação Antártica Comandante Ferraz

O ministro ao lado do comandante da Marinha inspeciona a estação Comandante Ferraz
Por: Redação OD
O ministro da Defesa, Raul Jungmann, e o Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira vistoriaram nesta segunda-feira (05) as obras da nova Estação Antártica Comandante Ferraz, base de pesquisa que pertence ao Brasil, no continente gelado. O desembarque deu-se por volta das 13 horas (hora local) na base antártica chilena presidente Eduardo Frei Montalva e de lá, seguiram de helicóptero até o canteiro de obras da estação brasileira, onde recebeu as informações sobre o andamento do trabalho. "Aqui são desenvolvidas pesquisas do mais alto nível e o Brasil mostra sua bandeira. Mais uma vez demonstra que é um país que se preocupa com a humanidade e o meio ambiente", declarou Jungmann ao final da visita à estação, que está sendo reconstruída após um incêndio em 2012.

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Em entrevista a Globonews, Ministro da Defesa Raul Jungmann, diz que 'governo federal torce' para Embraer firmar acordo com Boeing


Por: Redação OD
O Ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou que o governo federal torce para que a fabricante brasileira de aviões Embraer firme um acordo com a norte-americana Boeing, desde que isso não implique em poder externo sobre a Embraer. As empresas discutem um acordo desde o ano passado. " O governo quer que dê certo, e torce para dar certo. Eu, inclusive, me reuni com o diretor financeiro da Boeing e sua equipe e disse a ele: 'olha, encontre uma maneira, sejam criativos' “, afirmou o ministro durante entrevista ao programa Globonews (Clique aqui e assista), exibido na noite desta última quinta-feira, dia 1°.Para o ministro, é preciso criar-se um tipo de parceria que impeça que outro governo tenha poder sobre a Embraer, responsável por projetos do governo federal.

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Saab solicita audiência ao Ministro da Defesa e quer uma posição do Governo sobre venda da Embraer à Boeing


Por: Redação OD
 O ministro da Defesa, Raul Jungmann, deve receber nesta quinta-feira executivos da fabricante sueca de caças, Saab. O governo sueco recentemente já enviou sinais ao Brasil de grande preocupação com a possibilidade de uma compra da Embraer pela americana Boeing, concorrente da Saab no mercado de caças. Há indicações, inclusive, de que o acordo feito em torno do Gripen, que envolve a transferência de tecnologia dos suecos para o Brasil, fica em risco e pode ser revertido, dependendo do destino que as negociações entre Embraer e Boeing tomarem. A americana é uma concorrente direta dos suecos, como ficou claro na disputa entre o caça F-18 dos americanos com o Gripen da companhia sueca na licitação finalizada em 2013 pelo Brasil.

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Ministro da Defesa, Raul Jungmann recebeu representantes da Boeing para discutirem sobre parceria com a Embraer


Por: Redação OD

No final da tarde da última sexta-feira (12), o ministro Raul Jungmann recebeu em seu gabinete, em Brasília (DF), representantes da empresa Boeing para discutir parcerias da empresa com a Embraer. Pelo lado da empresa estiveram presentes Greg Smith, CFO (chief of financial officer) e vice presidente de desempenho empresarial e estratégico, Travis Sullivan, vice presidente de cooperação estratégica, Ray Conner, presidente comercial, e a presidente da Boeing para América Latina, Donna Hrinak. 

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

RUAG assina protocolo de intenção com o Governo de Pernambuco para a instalação de uma fábrica de armas e munições no Estado

Governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), assinou protocolo para instalação da primeira fábrica de munições do Brasil (Foto: Thays Estarque/G1)

Por: Redação OD

Foi assinado no dia de hoje (14), em Recife, com a presença do Ministro da Defesa, Raul Jungmman, um protocolo de intenções entre o Governo de Pernambuco e a Ruag Indústria e Comércio de Munições Ltda, da Suíça, para a construção de uma fábrica no Estado. Ela será a primeira empresa estrangeira do segmento de armas de fogo e projéteis a atuar no Brasil. A previsão é de se começar a produzir as primeiras munições já em 2018. Segundo a presidente da Ruag no Brasil, Maria Vasconcelos, a linha de produção pode ser ampliada. E, com essa possível expansão, o investimento em Pernambuco pode chegar até R$ 250 milhões. 

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Ministro da Defesa Raul Jungmann tem encontro com representantes do setor aeroespacial privado norte-americano

Jungmann esteve  com o subsecretário para Assuntos Políticos, Thomas Shannon, e foi acompanhado pelo embaixador do Brasil em Washington e autoridades do MD
Por: Redação OD

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, participou na manhã da segunda-feira (13), em Washington (DC), nos Estados Unidos, de uma reunião com o setor aeroespacial privado norte-americano.  O encontro foi para ampliar a cooperação entre os dois países, estabelecendo uma agenda de interesses em comum, além de identificar possíveis parcerias e principais políticas. Com a presença de representantes de diversas empresas e associações foram abordados alguns dos temas prioritários para as duas nações, com o intuito de gerar pautas que possam ser consolidadas em negócios para indústrias de defesa.

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Ministro Raul Jungmann visita Aramar e reforça o apoio da Defesa ao Programa Nuclear da Marinha


Por: Adriana Fortes

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, esteve na manhã desta quinta-feira (13), no Centro Industrial Nuclear de Aramar (CIANA), em Iperó (SP), onde estão sendo implantadas as principais oficinas, usinas, laboratórios e protótipos desenvolvidos pelo Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo (CTMSP). Após uma breve palestra, o ministro fez uma visita guiada pelo Centro e falou sobre o orgulho que sente do trabalho que vem sendo desenvolvido pela Marinha.“O primeiro sentimento é de profundo orgulho pelo trabalho desenvolvido pela Marinha do Brasil. O grande propósito aqui é o desenvolvimento de um reator nuclear  para que nós possamos ter submarinos nucleares, mas, ao mesmo tempo, a tecnologia aqui desenvolvida serve para agricultura, para fabricação de fármacos, para medicina curativa e para levar energia para os lugares mais distantes do Brasil e das fronteiras”, comentou o ministro Raul Jungmann.

terça-feira, 9 de maio de 2017

Governos brasileiro e colombiano vão discutir patrulhamento da fronteira, pois existe o temor de venda de fuzis de ex-guerrilheiros

Por: Redação OD
O ministro da Defesa, Raul Jungmann disse que representantes do governo brasileiro vão se reunir com autoridades colombianas para discutir o patrulhamento da fronteira. Devido a um acordo de paz entre Bogotá e as Forças Armadas Revolucionárias (Farc), existe o temor de venda de fuzis de ex-guerrilheiros para o tráfico. O governo colombiano e as Farc assinaram, em novembro de 2016, o novo acordo de paz - rejeitado em referendo pelos colombianos - para encerrar 52 anos de conflito armado.

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Marinha, Exército e Aeronáutica comemoram o 72º Aniversário do Término da II Guerra Mundial

Por: Anderson Gabino
O dia de hoje, 08 de maio (Dia da Vitória) é comemorado pelos países aliados que estiveram de alguma forma envolvido no conflito, o qual pode-se chamar de, o maior conflito armado entre nações, a Segunda Guerra Mundial. E com uma solenidade cívico-militar realizada no Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, onde celebrou-se o 72º aniversário do término da guerra, e também o maior feito de nossa Força Expedicionária Brasileira (FEB) em solo europeu, com a rendição incondicional da 148ª Divisão de Infantaria Alemã a FEB, libertando assim, o povo italiano do domínio alemão e do regime nazifascista. O fato teve forte contribuição, para que a vitória dos países aliados no Teatro de Operações Europeu obtivesse sucesso.

domingo, 9 de abril de 2017

Com apoio do BNDES, governo brasileiro vai financiar países que comprem produtos e soluções da indústria nacional de defesa


Por: Anderson Gabino

O governo brasileiro vai abrir, com apoio do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), uma linha internacional de financiamento para países que tenham interesse em comprar produtos e soluções da indústria nacional de defesa. O anúncio foi feito pelo ministro da Defesa Raul Jungmann no primeiro dia da LAAD Defence & Security 2017. “Nosso objetivo, com isso, é consolidar uma política de estado para fortalecer a base industrial do segmento. Precisamos ousar e buscar novos mercados para gerar empregos”, salientou o ministro.

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Ministro Jungmann assegura apoio a Indústria de Defesa (vídeo)


Por: Redação OD

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou nesta terça-feira (27), durante abertura da 4ª Mostra Base Industrial de Defesa BID-Brasil, que, mesmo com os ajustes econômicos que o País terá de enfrentar, não faltarão esforços de sua parte no sentido de criar mecanismos e oportunidades que assegurem o crescimento do setor.

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

4ª Mostra BID Brasil – abertura contou com visita do Ministro da Defesa aos estandes

O ministro citou o estudo de ações para aprimorar a "inteligência comercial" da indústria brasileira, tornando-a mais competitiva. Foto: Tereza Sobreira / MD

Por: Redação OD

Nesta terça-feira, dia 27 de setembro, aconteceu a abertura oficial da 4ª Mostra BID Brasil, com uma cerimônia no Auditório Planalto, do Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília (DF). Durante a cerimônia de abertura, o presidente da Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), Roberto Jaguaribe, ressaltou a parceria com a ABIMDE (Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança) para fortalecer os mecanismos de promoção da base industrial de defesa no exterior.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Ministro da Defesa Raul Jungmann, faz balanço da atuação das Forças Armadas durante os Jogos Rio 2016

Por: Anderson Gabino
O Ministro da Defesa Raul Jungmann, reuniu a imprensa no salão nobre do Comando Militar do Leste, para uma coletiva com o intuito de apresentar um balanço da atuação das Forças Armadas, durante os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016. Raul Jungmann, começou a apresentação falando sobre a atuação do Exército, da Marinha e da Aeronáutica no patrulhamento e na garantia da segurança do megaevento no estado do Rio e nas outras cinco capitais onde foram disputados jogos de futebol.

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Polônia convoca reunião militar após anúncio de inspeção surpresa das tropas russas


Por: Redação OD

O ministro da Defesa da Polônia, Antoni Macierewicz, convocou uma reunião com os chefes do Comando Operacional das Forças Armadas, o Departamento de Contrainteligência Militar e o Serviço de Inteligência Militar para discutir a inspeção surpresa das tropas russas lançada nesta quinta-feira (25). "Em relação às informações sobre a inspeção de prontidão de combate do Exército russo, sob o comando do ministro da Defesa Antoni Macierewicz foi convocada uma reunião dos chefes do Comando Operacional das Forças Armadas, do Departamento de Contrainteligência Militar e do Serviço de inteligência Militar", diz um comunicado publicado no site oficial do Ministério da Defesa polonês.