Mostrando postagens com marcador Alemanha. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Alemanha. Mostrar todas as postagens

sábado, 30 de junho de 2018

Donald Trump avalia retirar militares da Alemanha, caso esta não aumente seus gastos com Defesa


Por: Redação OD

Segundo o matéria veiculada pelo jornal Washington Post, o Departamento de Defesa dos EUA está avaliando a possibilidade de retirar as tropas americanas na Alemanha e a cúpula da OTAN ainda avaliam, se o presidente dos EUA, Donald Trump, realmente considera à ideia (durante uma reunião com militares, foi-se levantada a possibilidade) ou se ele pretende apenas pressionar os seus aliados (OTAN) a gastarem mais com defesa, antes da cúpula da Aliança Atlântica, marcada para ocorrer Bruxelas nos dias 11 e 12 de julho. Mais de 35 mil militares das forças armadas dos EUA estão baseados na Alemanha, o maior contingente de tropas americanas fora do seu território. Mas a possibilidade, vem provocando inquietação entre os países membros da Otan. 

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Airbus e Dassault anunciam acordo para construção do futuro avião de combate franco-alemão


Por: Redação OD

grupo Airbus e o francês Dassault Aviation anunciaram nesta quarta-feira um acordo para a construção do futuro avião de combate franco-alemão, oficilizando assim o que já se tinha sido anunciado por representantes destes dois países. A Airbus e a Dassault “estão juntando suas forças para o desenvolvimento e a produção do Sistema de Combate Aéreo do Futuro (SCAF)”, anunciaram os dois grupos no salão aeronáutico de Berlim. É um acordo de intenções. A primeira mensagem era dizer ‘sim, estamos prontos'” para desenvolver o SCAF, declarou o presidente da Dassault Aviation, Eric Trappier, numa conferência de imprensa conjunta com o patrão da Airbus Defense and Space, Dirk Hoke, na capital alemã.

sexta-feira, 6 de abril de 2018

França e Alemanha lançam projeto comum para produção de armamentos como aviões de caça, drones e baterias antiaéreas


Por: Redação OD

Inimigos históricos, em especial entre os séculos XIX e XXFrança Alemanha vão intensificar a colaboração técnico-militar para a produção em conjunto de armamentos compartilhamento de projetos e custos relacionados à área de Defesa. Os ministérios da Defesa de ambos os países apresentaram nesta quinta-feira (5), um plano comum de desenvolvimento de material bélico, incluindo um futuro Sistema de Combate Aéreo do Futuro (SCAF), programa este que envolve aviões de caças e drones. O anúncio é um passo maior na integração militar da União Europeia.

domingo, 25 de fevereiro de 2018

Equipamentos militares em mau estado de conservação, coloca em xeque a capacidade da Alemanha em participar de missões na OTAN


Por: Redação OD

Submarinos que não estão em condições de serem usados, falta de horas de voo a pilotos por não haver aviões disponíveis, milhares de vagas por preencher, falta de equipamentos que vai desde coletes balísticos a tendas. Poderíamos estar falando sobre um país de 3° mundo, mas esta descrição de fatos, é o retrato das Forças Armadas Alemã. Em um relatório recente do Parlamento sobre as Forças Armadas foi verificado um quadro problemático sobre os equipamentos e a capacidade militar da Alemanha e com isso seus aliados na OTAN temem que o país não esteja pronto para comandar uma força de reação rápida criada em 2014 contra eventuais ações de forças inimigas no Leste Europeu.

domingo, 4 de fevereiro de 2018

Serviço Alemão de Inteligência suspeita que Coreia do Norte equipa seu programa nuclear através de sua embaixada em Berlim


Por: Redação OD
O Departamento Federal de Proteção da Constituição (BfV) da Alemanha suspeita que a Coreia do Norte use sua embaixada em Berlim a fim de conseguir componentes de alta tecnologia para seu programa de mísseis. Segundo o presidente do serviço de inteligência interna do país, Hans-Georg Maassen, em declarações para um documentário de TV, seu departamento constatou que a representação diplomática de Pyongyang realiza "atividades de aprovisionamento" possivelmente destinadas ao programa de mísseis e "em parte ao programa nuclear" norte-coreano.  

domingo, 5 de novembro de 2017

Começam a chegar para o exercício de simulação AmazonLog 2017, as Forças Militares de outros países

Por: Redação OD
Tropas militares de outros países começaram a chegar hoje (5) para participar do exercício militar de simulação de atendimento humanitário na selva amazônica, o AmazonLog 17, marcado para o período de 6 a 13 de novembro, em Tabatinga (AM), na tríplice fronteira com a Colômbia e Peru. Na manhã deste domingo, militares da Colômbia e Peru desembarcaram na base montada pelo Brasil para receber as tropas. Alguns soldados dos Estados Unidos também já estão na cidade. O restante da tropa norte-americana desembarca amanhã (6). No total, devem participar da simulação cerca de 2 mil pessoas, dos quais, cerca de 500 são estrangeiras. Além de militares do Brasil (cerca de 1.550), Colômbia (150), Peru (120) e Estados Unidos (30), observadores de mais de 20 países devem acompanhar as ações, entre eles Alemanha, Argentina, Chile, Equador, México, França, Reino Unido, Espanha, Rússia e Venezuela.

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Suécia dá início ao maior exercício militar dos seus últimos 20 anos, o Aurora 17


Por: Redação OD

As Forças Armadas da Suécia começaram no dia de hoje, seu maior exercício militar das últimas duas décadas, o Aurora 17 e que reunirá equipes em terra, no ar e no mar, contando com a participarão de cerca de 19,5 mil militares suecos e de 1,5 mil militares de outras nacionalidades, incluindo da Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Lituânia, EUA e Noruega, bem como cerca de 40 instituições civis diversas, o exercício se estenderá até o dia 29 de setembro. As principais localidades do exercício serão a cidade de Estocolmo e seus arredores, Gotlândia e Gotemburgo. O objetivo dos exercícios é "praticar os procedimentos de apoio do país anfitrião".

sábado, 26 de agosto de 2017

O Longo "braço" estratégico dos EUA fora do seu território


Por: Redação OD
Kim Jong-un, ameaça desferir um ataque com mísseis balísticos contra instalações militares dos EUA, caso o Pentágono continue ampliando sua presença militar na Coreia do Sul. Sendo assim, especula-se muito sobre se, o líder norte-coreano irá de fato se atrever à atacar uma base ou um aliado norte-americano e qual será a resposta americana, caso tais ameaças tornem-se reais. Notícias vindas de Pyongyang, afirmam que os preparativos para um ataque de mísseis contra as bases americanas, estão terminados e acertados, tal afirmativa fora feita no início da semana por, Zin Jeong Hep, representante interino para assuntos de Negócios Internacionais. 

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Helicóptero Tiger da Bundeswehr (Forças Armadas da Alemanha) cai no Mali matando seus ocupantes


Por: Redação OD

Um helicóptero alemão caiu nesta quarta-feira (26/07) na região de Gao, no Mali, matando dois militares alemães, segundo afirmaram agências de notícias internacionais, citando fontes oficiais. A aeronave era parte da missão de paz das Nações Unidas no país, chamada Minusma. A operação enviou uma equipe ao local do acidente para iniciar uma investigação sobre as suas causas e as circunstâncias em que ocorreu, informou um porta-voz da missão, Farhan Haq, em Nova York. Ahmad Makaila, outro porta-voz da Minusma, disse à agência de notícias alemã DPA que o helicóptero, pertencente à Bundeswehr (Forças Armadas da Alemanha), caiu por volta das 12h30 (hora local), perto da cidade de Tabankort.

Governo Alemão suspende venda de submarinos à Israel por suspeitas de corrupção entre funcionários públicos


Por: Redação OD

O Governo Alemão suspendeu a assinatura do memorando sobre o fornecimento de submarinos a Israel por motivo de estar em curso uma investigação de corrupção entre funcionários públicos israelenses que teriam feito pressão para que esse contrato fosse efetuado. Segundo os termos do acordo, a Marinha de Israel deveria receber três submarinos modernizados da classe Dolphin. De acordo com fatos apurados, a suspensão da assinatura coincidiu com a investigação na divisão da polícia israelense Lahav 443 sobre o general na reserva Amos Gilead, ex-chefe de assuntos políticos e militares do Ministério da Defesa de Israel.

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Navio nazista carregado com ouro brasileiro é encontrado em litoral da Islândia, afundado em 1939 por navios da Marinha Britânica


Por: Redação OD

Um navio nazista carregado de ouro proveniente do Brasil, afundado em 1939, foi encontrado perto do litoral da Islândia.SS Minden, navio alemão afundado em setembro de 1939, teria sido identificado nas últimas semanas quase 80 anos após seu afundamento, a cerca de 190 km de distância do litoral islandês, graças as atividades da empresa britânica especializada em recuperação de navios afundados “Advanced Marine Services”. Ele estaria carregado com cerca de 4 toneladas de ouro, por um valor de cerca de 110 milhões de euros (cerca de R$ 407 milhões). O ouro tinha sido retirado do Banco Germânico, uma filial brasileira do banco alemão Dresden.

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Alemanha não é 'primeira da fila' para expandir tropas no Afeganistão, diz Merkel


Por: Redação OD
A Alemanha vai continuar a liderar a missão de treinamento militar da OTAN no norte do Afeganistão, mas não pretende aumentar sua presença na área, disse a chanceler alemã, Angela Merkel, nesta quinta-feira. Merkel disse que vai esperar o resultado da avaliação da OTAN de um pedido de autoridades das Forças Armadas da aliança para enviar mais tropas ao Afeganistão. "Eu não acho que nós somos os primeiros na fila para expandir nossas capacidades lá. É mais importante garantir que... a estabilidade seja garantida no norte", disse Merkel após um encontro com o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg. Stoltenberg disse que uma decisão sobre a presença da Otan no Afeganistão deve sair "dentro de algumas semanas".
FONTE: Reuters

sábado, 29 de outubro de 2016

Alemanha enviará CC´s Leopard 2 à Lituânia como parte dos novos planos da OTAN para proteger os Estados bálticos


Por: Redação OD

Proteger a Lituânia da Rússia é responsabilidade da Alemanha, de acordo com os planos de defesa da Otan que despontaram na cúpula desta semana em Bruxelas. Na quarta-feira (26), o Ministério alemão da Defesa deu uma demonstração de como está levando a sério essa missão, confirmando à agência alemã de notícias DPA que enviará, em 2017, tanques Leopard 2 à fronteira russa com o país báltico, além dos 650 soldados já prometidos.

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

França e Alemanha avançam para criação das Forças Armadas da União Europeia já na cimeira de Bratislava

Por: Redação OD
Os líderes europeus estão empenhados em dotar a União Europeia (UE) de um exército comum e permanente, de acordo com um documento do ministério da Defesa francês a que o jornal alemão Süddeutsche Zeitung teve acesso. O documento refere a integração na área da Defesa como crítica no contexto da saída do Reino Unido (RU), a maior potência militar europeia, da UE.

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Alemanha planeja o envio de 650 militares para missão no mar Mediterrâneo após pedido da OTAN

Por: Redação OD
O objetivo da nova missão da OTAN, que pediu a colaboração alemã, é controlar o crescente tráfico de seres humanos e armas em todo o Mediterrâneo, para além de limitar a atividade do Daesh.

domingo, 3 de julho de 2016

Alemanha registra aumento na exportação de armas e vendas quase que dobram na comparação com 2014


Por: Redação OD
As exportações de armas alemãs quase dobraram em 2015 em relação ao ano anterior, segundo reportagem publicada neste domingo (03/07) pelo jornal Welt am Sonntag. Catar e Arábia Saudita foram os principais compradores. A publicação se baseia num relatório de 180 páginas que deve ser divulgado na quarta-feira pelo Ministério alemão da Economia. No ano passado, o país faturou 7,8 bilhões de euros com a exportação de armas, contra 4 bilhões de euros registrados em 2014. O valor também um pouco maior do que os 7,5 bilhões estimados em fevereiro deste ano.

domingo, 26 de junho de 2016

Alemanha quer informação sobre o número de tropas russas


Por: Redação OD

Ursula von der Leyen, a ministra da Defesa alemã, pediu que Moscou divulgasse as deslocações e o número de suas tropas. "Seria razoável se a OTAN e a Rússia, no âmbito da OSCE, informassem uma a outra sobre o movimento e o número de suas tropas. Por parte da OTAN, que é uma aliança exclusivamente defensiva, a proposta foi feita há muito tempo", disse a ministra em uma entrevista ao Bild am SonntagUrsula von der Leyen apoiou a estratégia da OTAN de resposta à "agressão". 

sexta-feira, 3 de junho de 2016

França e Alemanha estudam estreitar mais os laços com a cooperação militar entre suas forças armadas


Por: Redação OD

A Alemanha e a França vão relançar meios para uma cooperação militar europeia mais estreita neste mês e podem criar um fundo de defesa comum, segundo foi relatado nesta sexta (3). Por enquanto, não há planos para formar um exército da União Europeia, segundo informa a Reuters. A representante de política externa da União Europeia, Federica Mogherini deve propor o aprofundamento da cooperação em defesa em uma cúpula do bloco nos dias 28 e 29 de junho. 

domingo, 15 de maio de 2016

Back to the future? Por que razão a Alemanha vem aumentando suas Forças Armadas?




Por: Redação OD

Pela primeira vez desde o fim da Guerra Fria, a Alemanha está alistando soldados adicionais para as suas Forças Armadas. A era do desarmamento em Berlim parece ter terminado, escreveu o jornal austríaco Die Presse. Na primeira vez desde o início dos anos 1990, as Forças Armadas alemãs deverão incorporar mais 14.300 soldados e 4.400 funcionários civis até 2023, informou o jornal. Na terça-feira, a ministra da Defesa Ursula von der Leyen aboliu publicamente o limite máximo, introduzido em 2011, que prevê 185.000 soldados. “Hoje é necessário”, afirmou a ministra, citada pelo jornal. 

sábado, 7 de maio de 2016

História: 7 de maio de 1945, Alemanha nazista assina rendição incondicional da Segunda Guerra Mundial, em Reims, na França



Por: Redação OD

Em 7 de maio de 1945, o Alto Comando Alemão assinou a rendição incondicional de todas as tropas alemãs na Segunda Guerra Mundial. O documento foi assinado pelo general alemão Alfred Jodl, chefe do Estado-Maior da Wehrmacht (forças armadas alemãs na Segunda Guerra), em Reims, no noroeste da França. Assinaram como testemunhas o general soviético Ivan Susloparov e o general francês François Sevez, chefe do Estado-Maior do general Charles de Gaulle. Representando a Força Expedicionária Aliada, o general Walter Bodell-Smith, chefe do Estado-Maior do general Dwight Eisenhower também o documento. O texto incluía além da retirada alemã da guerra, o desarmamento do país e o fim do Partido Nazista.