Mostrando postagens com marcador Porta Aviões. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Porta Aviões. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Dois dias após Marinha Chinesa realizar a primeira verificação de mar, o porta-aviões Type 001A volta ao mar


Por: Redação OD

segundo porta-aviões Chinês (Type 001A), sendo este o primeiro construído totalmente em seu território, passou pelo segundo teste de alto-mar, e segundo informações do jornal Global Times, o navio que zarpou da base naval de Dalian no último domingo dia 26, estava escoltado por vários rebocadores. Destaca-se ainda que, o segundo teste de mar começou dois dias após o porta-aviões ter realizado com sucesso a primeira verificação de mar. De acordo com o especialista chinês Song Zhongping, essas manobras tem como principal objetivo resolver os problemas e dificuldades que surgiram no decorrer da primeira navegação.

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Matéria da revista National Interest revela capacidades de combate do porta-aviões USS Gerald Ford


Por: Redação OD

Em sua última edição, a revista National Interest, traz uma matéria onde a qual revela importantes detalhes sobre os armamentos e as capacidades de combate do novo porta-aviões USS Gerald Ford (CVN-78). De acordo com a revista, uma das principais vantagens do USS Gerald Ford em comparação aos porta-aviões da classe Nimitz, será os dois reatores nucleares AB1, que juntos serão capazes de gerar 600 МВт de energia, sendo esta quantidade suficiente para assegurar o abastecimento de eletricidade de uma cidade inteira. Os potentes reatores tornaram possível instalação da catapulta eletromagnética EMALS e do cabo de desaceleração AAG, que são mais leves e exigem menos espaço, bem como asseguram decolagem e aterrissagem mais rápidas em comparação aos antigos, segundo a matéria.

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Almirante Kuznetsov: Um mal necessário ou apenas um fantoche para se demonstrar força naval


Por: J.G Aráujo

O Almirante Flota Sovetskogo Soyuza Kuznetsov ou traduzindo literamente "Almirante da Frota da União Soviética Kuznetsov" é um Navio Aeródromo o qual serve como o capitânia da Marinha Russa. O navio, originalmente projetado e construído para extinta Marinha Soviética foi destinado a ser o principal navio de sua classe, mas o único outro navio de sua classe, Varyag, nunca foi completado. O navio tem uma má fama entre os marinheiros, tanto que possui uma frase ícone sobre para quem sai da linha na Marinha: "Se você se porta mal, você será enviado para o Kuznetsov" e isso se tornou uma norma. No desenrolar deste artigo logo abaixo, vocês poderão descobrir o porquê desta alcunha jocosa.

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

China se aproxima da supremacia naval dos EUA, ao adquirir empresa britânica de tecnologia

O segundo porta-aviões da China, Tipo 001A, é visto durante uma cerimônia de inauguração no estaleiro de Dalian, na província de Liaoning, Nordeste da China, em 26 de abril de 2017 (STR/AFP/Getty Images)
Por: Redação OD

A China alcançou um avanço crítico em seu programa de porta-aviões, incorporando tecnologia-chave de uma empresa britânica que fora adquirida discretamente há uma década. A compra não foi averiguada pelos reguladores britânicos na época, embora o dispositivo semicondutor fundamental em questão tenha sido especificamente listado como sujeito ao controle de exportação pelos regulamentos da União Europeia. Em jogo está a capacidade da China de competir diretamente com o poder dos porta-aviões dos EUA e ser capaz de lançar aeronaves mais pesadas e poderosas.  A China e os Estados Unidos têm competido acirradamente para desenvolver a próxima geração de sistema eletromagnético de lançamento de aeronaves (EMALS) há mais de uma década e, até recentemente, pensava-se que os Estados Unidos lideravam a corrida com seu próximo porta-avião da Classe Ford, que foi projetado especificamente para usar catapultas de propulsão eletromagnética.

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Porta-aviões USS Ronald Reagan chega a Hong Kong gerando dúvidas e incertezas por conta da crise na Península Coreana


Por: Redação OD

O porta-aviões norte-americano USS Ronald Reagan atracou no porto de Hong Kong nesta última segunda-feira dia 02/10, tendo esta chegada sido aprovada pelo Ministério das Relações Exteriores chinês, antes do navio seguir caminho rumo aos exercícios de navios previstos com militares sul-coreanos, que acontecerão este mês, segundo o jornal South China Morning Post (SCMP). Nos últimos três anos, nenhum porta-aviões Americano pode atracar ou mesmo navegar pelas águas da Região Administrativa Especial chinesa de Hong Kong. Vide o caso no ano passado, quando o porta-aviões USS John C. Stennis teve seu pedido para atracar em Hong Kong negado.

sábado, 9 de setembro de 2017

Forças Militares Japonesas e Americanas treinam para um eventual conflito e USS Ronald Regan zarpa para realizar missão de patrulha


Por: Redação OD

As Forças de Autodefesa do Japão em conjunto com unidades dos EUA, baseados em seu território, realizaram exercícios militares que contou com a participação de bombardeiros B-1B. O objetivo destes exercícios é a melhora das capacidades de interação entre as forças de ação do Japão e dos EUA, bem como o adestramento de suas capacidades táticas", segundo um comunicado emitido pelo Estado-Maior da Força Aérea. "As operações foram realizadas sobre o mar da China Oriental onde dois caças F-15 das Forças de Autodefesa do Japão, baseados em Okinawa, e dois bombardeiros estratégicos B-1B dos EUA, deslocados em Guam, realizaram simulações", reinteirou a nota.

quarta-feira, 26 de abril de 2017

China apresenta ao mundo o "Liaoning", seu primeiro porta-aviões construído no país


Por: Redação OD

Com uma capacidade de deslocar 70.000 toneladas, o novo porta-aviões chinês é inspirado no modelo soviético "Kuznetsov", assim a China apresentou ao mundo no o seu primeiro porta-aviões totalmente construído no país, no estaleiro de Dalian (noroeste), conforme noticiou a agência oficial Xinhua. Este é o primeiro porta-aviões construído inteiramente na China e foi apresentado durante uma cerimónia realizada no estaleiro da empresa China Shipbuilding Industry, numa demonstração do desenvolvimento da indústria de Defesa chinesa.

domingo, 23 de abril de 2017

Mesmo ainda sobre forte tensão, Japão e EUA iniciam manobras no Pacífico antes de se dirigirem para a Coreia


Por: Redação OD

Japão e Estados Unidos iniciaram neste domingo (23) manobras navais conjuntas no Oceano Pacífico antes de se dirigir, nos próximos dias, para águas próximas à península da Coreia, em um momento de alta tensão na região, anunciou o Ministério de Defesa japonês. Após zarpar na sexta-feira (21) de Sasebo (sudoeste de Japão), os destróires japoneses "Ashigara" e "Samidare" se uniram à frota do porta-aviões de propulsão nuclear americano "USS Carl Vinson" perto do arquipélago das Filipinas.

domingo, 3 de julho de 2016

O Porta-aviões russo Admiral Kuznetsov se prepara para zarpar em direção ao Mar Mediterrânero


Por: Redação OD
O porta-aviões russo Admiral Kuznetzov iniciou os preparativos para uma missão no mar Mediterrâneo, que se prevê para o outono de 2016, informou um alto funcionário da Frota do Norte à agência de notícias RIA Novosti. "A missão do navio está planejada para o outono do ano corrente. Atualmente a tripulação realiza exercícios para treinar a navegação prolongada e o uso de armas", comentou o militar.

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Conheça o porta-aviões Chines "Liaoning" na versão 3D


Por Redação OD
Um grupo de análise do Center for Strategic and International Studies (CSIS ou Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais) com sede em Washington (DC), publicou uma nova avaliação do futuro porta-aviões Chines “Liaoning”, incluindo um gráfico interativo em 3D onde se pode andar por todo o navio.

sábado, 16 de abril de 2016

Secretário de Defesa dos EUA visita porta-aviões USS John C. Stennis no disputado mar do Sul da China



Por Redação OD
A principal autoridade de defesa dos Estados Unidos visitou um porta-aviões norte-americano que transita pelo disputado mar do Sul da China nesta sexta-feira, e Pequim disse que um dos militares de mais alta patente do país visitou ilhas e recifes na região para supervisionar trabalhos de construção. O secretário de Defesa dos EUA, Ashton Carter, voou até o USS John C. Stennis para uma visita de duas horas enquanto a embarcação se encontrava a algo entre 96 e 112 quilômetros da ilha filipina de Luzon.