Mostrando postagens com marcador Fuzileiros Navais. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Fuzileiros Navais. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais realiza para palestra a futuros oficiais fuzileiros navais no CIAW

Vice-Almirante (FN) Loureiro fala sobre as atividades que competem ao CPesFN
Por: Redação OD
O Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW) recebeu, em 29 de junho, a visita do Comandante do Pessoal de Fuzileiros Navais, Vice-Almirante (FN) Cesar Lopes Loureiro, para proferir palestra aos alunos do Curso de Formação de Oficiais (CFO), dos Quadros Complementar de Oficiais Fuzileiros Navais e Auxiliar de Fuzileiros Navais.Na ocasião, os guardas-marinha que irão integrar as fileiras do Corpo de Fuzileiros Navais tiveram a oportunidade de se informar e tirar dúvidas sobre importantes aspectos que regem a carreira do oficial fuzileiro naval.

segunda-feira, 16 de julho de 2018

1º Batalhão de Operações Ribeirinhas inaugura Pista de Liderança e a batiza como "Operações Ribeirinhas"

Pista de Liderança "Operações Ribeirinhas" é inaugurada em Manaus-AM
Por: Redação OD

O 1º Batalhão de Operações Ribeirinhas (1ºBtlOpRib) realizou, no dia 19 de junho, a inauguração da mais nova ferramenta instrucional, batizada de Pista de Liderança "Operações Ribeirinhas", a primeira construída na Região Norte. A Pista de Liderança é um compartimento construído de modo flexível e adaptável a diferentes atividades e cenários, unindo a prática e a objetividade, para somar ao aprendizado da arte de liderar, por parte tanto dos militares do 1ºBtlOpRib quanto das tripulações das demais organizações militares subordinadas ao Comando do 9º Distrito Naval e demais grupos de interesse.

quarta-feira, 27 de junho de 2018

Batalhão de Engenharia de Fuzileiros Navais realiza exercício de transposição de cursos d’água

Viatura leve embarcada em uma Portada
Por: Redação OD

Entre os dias 11 e 15 de junho, o Batalhão de Engenharia de Fuzileiros Navais (BtlEngFuzNav) realizou o primeiro exercício de transposição de cursos d’água de 2018, às margens do Rio São Francisco, em Itaguaí-RJ. Na manobra, cerca de 160 militares praticaram a operação de botes de assalto (utilizados para o transporte de tropas em primeiro escalão) e a montagem, operação e desmontagem de passadeiras (para a travessia de tropa a pé) e portadas (para a travessia de viaturas e equipamentos pesados). 

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal realiza EDEPEX 2017 no Campo de Instrução de Muriú


Por: Redação OD

De 21 a 25 de agosto, o Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal (GptFNNa) realizou um adestramento de pequenas frações denominado EDEPEX 2017. O exercício ocorreu no Campo de Instrução de Muriú, distante 36 quilômetros de Natal, na área da Lagoa de Pitangui. Durante o adestramento foram ministradas instruções de Natação Utilitária, Permanência, Escola de Embarcação, Nós e Voltas, Configuração de Embarcação de Desembarque Pneumática, Motor de Popa, Cabo Submerso, Travessia e Entrada e Saída de Arrebentação.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Fuzileiros Navais da Cia de Polícia da Tropa de Reforço, realizam instrução a integrantes da Guarda Municipal de Marataízes


Por: Redação OD
Na última sexta-feira (19) agentes da Guarda Municipal de Marataízes estiveram no auditório do CRAS participando de um treinamento sob o comando do Suboficial Alves, da Companhia de Polícia da Tropa de Reforço do Corpo de Fuzileiros Navais. Durante o curso, noções sobre o uso gradual da força, montagem e manutenção da Espingarda Calibre 12, e sobre o uso correto de armamento não letal. 

sábado, 13 de maio de 2017

Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília (GptFNB) participa de estágio no Maranhão


Por: Redação OD
Entre os dias 17 e 30 de abril, o Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília (GptFNB) participou do Estágio Básico do Combatente de Selva, organizado pelo 50º Batalhão de Infantaria de Selva do Exército Brasileiro, na cidade de Imperatriz (MA). O adestramento aconteceu na Base de Selva do Guaramandi, localizada a 150 km de Imperatriz (MA) e contou com a presença de 200 militares da Marinha e do Exército. O objetivo foi capacitar o pelotão de fuzileiros navais em atividades de operações ribeirinhas desempenhadas na jurisdição do Comando do 7º Distrito Naval. Na ocasião, foi testado o destacamento de apoio e serviço ao combate o emprego de viaturas terrestres. Durante o estágio foram realizadas atividades operacionais como: tiro embarcado e de ação reflexa diurna e noturna; orientação diurna e noturna; transposição de curso d'água; primeiros socorros; identificação e captura de animais peçonhentos, além de rastreamento e contrarrastreamento; sobrevivência em ambiente de selva e pernoite isolado. 
FONTE: CCSM

terça-feira, 21 de março de 2017

60 anos da Divisão Anfíbia do Corpo de Fuzileiros Navais, a infantaria da Marinha do Brasil

O Contra-Almirante (FN) César Lopes Loureiro é o atual comandante da Divisão Anfíbia de Fuzileiros Navais do Brasil. Após ser promovido a vice-almirante, ele será o novo comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, que recém completou 60 anos. (Foto: Marcos Ommati/Diálogo)

Por: Marcos Ommati
De acordo com o Manual Básico do Fuzileiro Naval do Brasil, a realização de uma operação anfíbia, além da mobilização de pessoal, implica disponibilidade de meios navais, terrestres e aéreos. Devido às suas peculiaridades, ao longo do tempo buscou-se a construção de meios que atendessem especificamente a essas necessidades. Isso acarretou o surgimento de meios próprios para o transporte de tropa, desembarque de carros de combate, transporte de embarcações de desembarque, além de viaturas anfíbias, entre outros. 

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Batalhão de Viaturas Anfíbias faz adestramento com CLAnf no NDM "Bahia"


Por: Redação OD
Um destacamento do Batalhão de Viaturas Anfíbias (BtlVtrAnf) participou, pela primeira vez, de 3 a 13 de outubro, em Itaóca (ES), da Comissão de Inspeção e Assessoria de Adestramento no Navio de Desembarque Multipropósito (NDM) “Bahia”. Foi inédita também a atuação do Carro Lagarta Anfíbio (CLAnf) em um exercício com o NDM “Bahia”, em comissão.

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Operação Formosa 2016 adestra Fuzileiros Navais no Centro Oeste brasileiro


Por: Redação OD
Sob sol forte e em pleno cerrado brasileiro 2,4 mil fuzileiros navais vindos do Rio de Janeiro estão em operação real de guerra. São exercícios que têm por objetivo preparar o militar da Marinha do Brasil para situações das mais corriqueiras às mais extremas. E, para acompanhar parte deste treinamento, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, e oficiais generais da Força Naval e observadores estrangeiros estiveram nesta segunda-feira (17), na Fazenda Bonsucesso, um campo de treino do Exército situado a quase 100 quilômetros do centro de Brasília.

Operação Amazônia treina militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, em Iranduba (AM)


Por: Redação OD

O porto da cidade de Iranbuba (AM), às margens do rio Solimões, recebeu tropas militares que participaram de uma simulação sobre dominação de grupos guerrilheiros. A ação, que aconteceu no último sábado e contou com a presença de militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, é parte da Operação Amazônia 2016. O objetivo é treinar os Estados-Maiores Conjuntos das Forças Armadas para a interoperabilidade em operações no ambiente amazônico.

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Fuzileiros Navais de Ladário participam de adestramento com o Exército


Por: Redação OD
Um Adestramento de Técnicas de Operações Aeromóveis, em conjunto com o 3º Batalhão de Aviação do Exército, foi realizado por 28 militares do Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário (GptFNLa), de 26 a 29 de setembro, em Campo Grande (MS). O objetivo foi estreitar os laços com o Exército Brasileiro e compartilhar novas técnicas de adestramento em aeronaves.

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Marinha do Brasil simulou ação contra um ataque terrorista nas barcas no Rio de Janeiro


Por: Anderson Gabino

A Marinha do Brasil (MB), por meio do Coordenador de Defesa Setorial (CDS) Copacabana, realizou nesta quinta-feira dia 21, nas proximidades da praia de Boa Viagem, em Niterói um treinamento no qual foi simulado o sequestro de urna embarcação de passageiros da empresa CCR Barcas. A embarcação utilizada no exercício desatracou do Terminal Araribóia, com 200 militares à bordo simulando passageiros e tripulantes, os ‘terroristas” que também são militares da Marinha, se infiltraram no meio dos passageiros e ao desatracar do cais em Niterói, anunciaram o ato terrorista e fizeram a tomada da Barca. 

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Marinha do Brasil realiza treinamento de desembaruque de tropas para os jogos olímpicos

Militares desembarcam na praia do Flamengo

Por: Redação OD

O Aterro do Flamengo foi palco de uma simulação de distúrbio próximo ao Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial. Realizado pela Marinha do Brasil, por meio do Comando de Defesa Setorial (CDS) Copacabana, o exercício faz parte da preparação para a atuação da Força nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. O treinamento envolveu 80 fuzileiros navais que chegaram numa embarcação na praia do Flamengo. Os militares tinham a missão de controlar o distúrbio, restabelecendo a segurança na região. Também participaram o Navio Patrulha Oceânico “Apa”, que será empregado na segurança dos Jogos, e um helicóptero, que simulou a Evacuação Aeromédica (EVAM) de um suposto ferido.

terça-feira, 19 de julho de 2016

Marinha do Brasil irá realizar um exercício de desembarque de Fuzileiros Navais para conter distúrbio simulado no Aterro do Flamengo


Por : Redação OD

A Marinha do Brasil, por meio do Coordenador de Defesa Setorial (CDS) Copacabana, realizará nesta terça-feira (19) o desembarque de 80 Fuzileiros Navais, por meio de embarcação, no Aterro do Flamengo com o objetivo de realizar o controle de um distúrbio simulado provocado por protesto violento próximo ao Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial.

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Marinha realiza treinamento para os Jogos Olímpicos Rio 2016

Disparo do míssil mistral na restinga da Marambaia
Por: Redação OD
O Batalhão de Controle Aerotático e Defesa Antiaérea realizou, no dia 5 de julho, um exercício de lançamento do míssil superfície ar mistral, na restinga da Marambaia (RJ). Na ocasião, foram realizados dois disparos contra alvos aéreos snipe, operados pelo Centro de Apoio a Sistemas Operativos. O exercício faz parte do treinamento dos Fuzileiros Navais para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Marinha do Brasil ativa seu GT TERRESTRE que irá atuar no Jogos Olímpicos


Por: Anderson Gabino

A Marinha do Brasil apresentou na manhã desta quinta-feira (30/06) na sede do Comando da Divisão Anfíbia do Corpo de Fuzileiros Navais, os grupamentos operativos que irão participar da operação de patrulhamento e segurança de pontos, durante os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016. Com a data prevista do dia 24 de julho para o começo das atividades da Aérea (CDS Copacabana) sobre sua responsabilidade e que se estenderá até o término dos Jogos Paraolímpicos. Os militares do “GT Terrestre” que inclui o Centro de Coordenação Tático Integrado (CCTI), e juntos somam cerca 3.000 militares, sendo subordinados ao Comando de Defesa Setorial Copacabana (CDS), que conduzirá ações de combate contra qualquer tentativa de terrorismo e defesa contra possíveis ataques nucleares biológicos, químicos e radiológicos e no controle antidrogas.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Marinha do Brasil abre concurso para Oficiais da Armada e Fuzileiros Navais


Por: Redação OD

A Diretoria de Ensino da Marinha (DEnsM), divulgou no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 22 de junho, o extrato de edital com abertura de concurso público para preencher 52 vagas no Quadro Complementar de Oficial (CP-QC-CA/FN) em 2016. Do quantitativo de vagas oferecidas, 20 serão destinadas a função de Oficial da Armada e 32  para Oficial Fuzileiro Naval (QC-FN). Para concorrer a uma das vagas, o interessado deverá ter nível superior em curso de graduação – Bacharelado, em curso reconhecido pelo MEC. No quadro de Oficial de Armada, as chances são para as áreas de Eletrônica (3), Máquinas (5) e Sistemas de Armas (12). Já para Oficial Fuzileiro Naval as oportunidades são para Eletrônica (9), Máquinas (15), Sistemas de Armas (4) e Educação Física (4).

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Tropas do 24º Contingente iniciam embarque para o Haiti

Grupo que irá compor o 24º Contingente do Brabat embarca no Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitschek, em Brasília
Por: Redação OD
O embarque do 1º escalão do 24º Contingente Brasileiro de Força de Paz da Missão das Nações Unidas para Estabilização no Haiti (Minustah) aconteceu, nesse domingo (10), no Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitschek, em Brasília. Um grupo composto por militares do Batalhão de Infantaria de Força de Paz (Brabat 24, sigla em inglês), da Companhia de Engenharia (Braengcoy), do Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais e da Força Aérea Brasileira (FAB) partiu da capital federal com destino à cidade de Porto Príncipe, capital do Haiti. No sábado (18), a tropa de Fuzileiros Navais foi do Rio de Janeiro para Brasília, a bordo de uma aeronave Hércules da FAB. O grupo uniu-se aos demais militares da região do Planalto para dar início ao rodízio entre os contingentes que ocorre a cada seis meses. O 24º Contingente será composto por 970 militares que irão seguir para o Haiti divididos em cinco voos nos próximos dias.

terça-feira, 31 de maio de 2016

Fuzileiros Navais realizam treinamento e ACISO em Minas Gerais

Exercício de helitransporte de obuseiro 105 mm

Por: Redação OD
No período de 22 a 27 de maio, aconteceu no sul de Minas Gerais o ADEST-FER-FFE-II/2016, um treinamento para cerca de 1.250 militares coordenado pela Força de Fuzileiros da Esquadra (FFE). O exercício ocorre anualmente no mês de agosto, no Campo de Instrução da Escola de Sargentos das Armas (EsSA), em Três Corações (MG), porém, este ano, foi antecipado em virtude da atuação da Marinha do Brasil durante os Jogos Olímpicos. O ADEST-FER-II/2016 foi dividido em duas fases.A primeira etapa ocorreu de 22 a 24 de maio e consistiu em um treinamento baseado em adestramentos específicos.

domingo, 29 de maio de 2016

Programa "Como Será?" da Rede Globo, apresentou um pouco do universo da Marinha do Brasil



Por: Redação OD

No último sábado dia 28 de maio, o programa "Como Será?" da Rede Globo trouxe à todos, um pouco do universo naval e apresentou que na verdade, a Marinha não atua somente no Mar, mas a mesma está presente na Terra, no Mar e no Ar. Fizemos um coletânea com os vídeos e os colocamos juntos aqui, para quem não conseguiu assistir tenha a possibilidade de conhecer um pouco mais sobre a nossa Marinha do Brasil.