Mostrando postagens com marcador Corvetas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Corvetas. Mostrar todas as postagens

sábado, 20 de janeiro de 2018

Marinha do Brasil avança no Projeto da Corveta “Classe Tamandaré”



Por: Redação OD

A Marinha do Brasil, por intermédio da Diretoria de Gestão de Programas da Marinha (DGePM), em coordenação com a Empresa Gerencial de Projetos Navais (EMGEPRON), informa que no dia 19 de janeiro de 2018 foi encerrada a fase de entrega da Solicitação de Propostas (“Request For Proposal” - RFP) às empresas que observaram os ditames legais necessários a este estágio do processo. Assim, as seguintes organizações receberam o documento. 

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Estaleiro GOA Shipyard: Uma opção diferente para a Marinha do Brasil na concorrência da Classe Tamandaré


Por: João Gilberto Araújo 

Recentemente a Marinha do Brasil emitiu os parâmetros para a construção de uma nova classe de Corvetas chamada de "Classe Tamandaré", até aí nada de excepcional se não fosse a possibilidade do atendimento dos requisitos para a construção desta nova classe por qualquer estaleiro estrangeiro, desde que o mesmo atenda aos parâmetros de requisitos emitidos pela MB, estando aliados à necessidade da produção pelo menor preço. Tal possibilidade, diferentemente do que era feito no passado, aonde uma construção de navio para armada, desde a construção das fragatas nacionais da classe Niterói, não se cogitava mais tal execução fora das carenas dos estaleiros nacionais.

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Marinha do Brasil divulga lista das empresas que farão parte da Solicitação de Propostas (RFP) para a construção das Corvetas


Por: Redação OD

A Marinha do Brasil, por meio da Diretoria de Gestão de Programas da Marinha (DGePM), informa que, após o encerramento da cerimônia de lançamento da Solicitação de Propostas (RFP) para o Projeto “Corveta Classe Tamandaré”, realizado no último dia 19 de dezembro, e até o presente momento, distribuiu a referida RFP, após as devidas qualificações jurídicas, para as seguintes empresas interessadas no processo:

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Marinha do Brasil oficializa o Projeto das Corvetas Classe Tamandaré, e visa recebimento da primeira em 4 anos (Vídeo)


Por: Anderson Gabino

A Marinha do Brasil deu um enorme passo e de suma importância para a soberania nacional a qual inclui também um grande fator motivador, que é de se poder fomentar novamente o trabalho de nacionalização da indústria naval, para a construção de navios de superfícies assim como fora feito na década de 70, com a fabricação das Fragatas da Classe Niterói. Em cerimônia na Escola de Guerra Naval, na Urca, a força naval deu andamento a segunda etapa do projeto Corveta Classe Tamandaré, para o recebimento de propostas de empresas interessadas em construir no Brasil quatro navios de superfície de alta complexidade tecnológica, onde foram divulgados os principais aspectos da Solicitação de Proposta (Request for Proposal – RFP).

domingo, 17 de dezembro de 2017

Marinha do Brasil inicia a segunda etapa do Projeto “Corveta Classe Tamandaré"


Por: Redação OD

A Marinha do Brasil realizará, no dia 19 de dezembro, o lançamento do Projeto “Corveta Classe Tamandaré” ao mercado de defesa nacional e internacional, o evento será realizado na Escola de Guerra Naval (EGN), e será baseado no contexto do Programa Estratégico “Construção do Núcleo do Poder Naval”, projeto este que visa à aquisição, por construção, de quatro navios de superfície de alta complexidade tecnológica. O evento será dividido em três fases:

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Após venda dos Caças Gripen NG para a Força Aérea, Saab oferece navios a Marinha do Brasil


Por: Redação OD

Na base naval de Karlskrona, a maior da Suécia e uma das mais antigas do mundo, criada em 1622, duas corvetas estão atracadas ao lado de outras embarcações militares, à espera de decisão do Brasil se faz a aquisição delas ou não. Trata-se da mais recente oferta da Saab, o grupo sueco de defesa e segurança, para ampliar os negócios militares com o país. Depois de ter obtido o contrato de US$ 5,4 bilhões para produzir e equipar 36 aviões de combate Gripen para a Força Aérea Brasileira (FAB), a Saab vê agora oportunidade de replicar o mesmo modelo de negócio com a Marinha brasileira, com potencial de venda de quatro a vinte embarcações militares nos próximos anos. 

domingo, 15 de outubro de 2017

NUCLEP recebe a visita de Diretores da Queiroz Galvão Naval e da Navantia, na busca de novas parcerias


Por: Redação OD
A NUCLEP recebeu no dia 03/10 a visita do diretor da Queiroz Galvão Naval (QGN), Otoniel Silva Reis, de seu diretor executivo, Othon Zanoide de Moraes Filho e do assessor da Diretoria, Antônio Carlos Frade Carneiro, além do diretor de Desenvolvimento de Negócios na América Latina da Navantia, Fernando Miguélez García. A visita de caráter oficial, visou o estreitamento de laços entre as três partes, para que possam vir a formar o grupo vencedor sobre a licicitação que será aberta em 2018, pela Marinha do Brasil, para a construção de suas futuras Corvetas.

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Antes tarde do que nunca... Marinha do Iraque recebe 2 corvetas Classe Assad compradas junto à Itália na década de 80


Por: Redação OD

A Marinha do Iraque recebeu duas corvetas da classe Assad, produzidas na Itália, cuja entrega fora adiada por mais de três décadas. As corvetas Musa ibn Nusayr e Tariq ibn Ziyad, batizadas em nome dos chefes militares da época da conquista muçulmana da Espanha, foram produzidas com um acordo de um contrato firmado na década de 80. O acordo previa a construção de um grupo de navios para a Marinha do Iraque, as quais seriam respectivamente, quatro fragatas da classe Lupo, seis corvetas da classe Assad, um navio-tanque e mais um cais flutuante. 

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Marinha do Brasil vai investir US$ 1,8 bi na construção das futuras corvetas Classe Tamandaré

Por: Redação OD
A Marinha do Brasil vai investir US$ 1,8 bilhão na construção de quatro novas corvetas (navios de guerra) para manter ativo o projeto de reequipamento da frota de superfície da Força, plano prejudicado pela crise econômica que afeta fortemente o orçamento da Defesa. Com uam previsão de que a primeira unidade fique pronta em 2022, ao custo de US$ 450 milhões. O processo de obtenção será executado em etapas. 

terça-feira, 16 de maio de 2017

Marinha do Brasil encerra a primeira etapa do projeto de obtenção das Corvetas Classe “Tamandaré”

Imagem: Marinha do Brasil/Engeprom.
Por: Redação OD.

A Marinha do Brasil, por intermédio da Diretoria de Gestão de Programas da Marinha (DGePM), informa o encerramento, no último dia 10 de maio, da primeira etapa do processo de obtenção, por construção, de quatro navios militares com requisitos pautados no projeto básico de Corvetas da Classe “Tamandaré” (CCT).  Na referida fase, iniciada em 10 de abril de 2017, a DGePM publicou no Diário Oficial da União (DOU) um Chamamento Público convidando para participar do futuro processo licitatório empresas ou consórcios, nacionais ou estrangeiros, capacitados nos últimos dez anos em construção de navios militares de alta complexidade tecnológica, com deslocamento superior a 2.500 toneladas. 

domingo, 2 de abril de 2017

Marinha do Brasil vai investir US$ 1,8 bi na construção de 4 novas corvetas da Classe Tamandaré


Por: Redação OD
A Marinha do Brasil vai investir US$ 1,8 bilhão na construção, no Brasil, de quatro corvetas médias, da nova classe Tamandaré, de 2,7 mil toneladas. Pelo projeto, serão navios avançados, com ampla carga digital, sistemas e armamento de última geração. O projeto vai atender à necessidade da Força de renovar seus meios de escolta e de emprego geral, além de contemplar futuros negócios no mercado internacional de equipamentos de Defesa.