segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Ministério da Defesa Russo, libera documentos inéditos sobre à atuação dos pilotos soviéticos na 2ª Guerra Mundial


Por: Redação OD

O Ministério da Defesa Russo, liberou para consulta pública, arquivos sobre a aviação militar Russa com à atuação de seus pilotos durante a Grande Guerra pela Pátria (como é conhecida a Segunda Guerra Mundial na Russia), conforme revelou o Departamento de Informação e Comunicação de Massas do ministério. Serão publicados documentos detalhados sobre as ações dos pilotos, cujo nomes não tinham sido revelados antes, e entre eles está o do Tenente-júnior Vladimir Gulyaev, que conseguiu desferir um golpe pesado contra o inimigo e aterrissar o seu avião semi-destruído. 

"A seleção de documentos também apresenta certificados de condecoração pouco conhecidos da tripulação que repetiu a façanha de Gastello (primeiro ataque que fora dirigido contra posições inimigas), aos tenentes-sênior Leonty Dramaretsky e Cherevko e ao subtenente Alekseev", diz a nota. De acordo com dados do departamento, uma parte em especial é dedicada a piloto Ekaterina Zelenko, que em menos de meio ano da guerra, já tinha efetuado mais de 40 voos de combate bem-sucedidos. Ela realizou um abalroamento aéreo e após sua morte foi condecorada com o título de Herói da União Soviética por "heroísmo sem par e determinação pela vitória". 

No site do ministério também estão publicados documentos analíticos únicos sobre a capacidade de sobrevivência dos aviões, motores, armamentos de aviação e equipamento especial feitos com base na experiência de ações militares do decorrer da Guerra. Eles apresentam informações sobre os aviões Il-2, Yak-1, Yak-7, Yak-3, La-5, La-7 e outros. No final, foi apresentado uma cópia do projeto manuscrito da ordem do Comitê Estatal de Defesa da URSS, ditado pelo líder soviético Josef Stalin, sobre o bombardeamento da capital do Terceiro Reich no início da Grande Guerra pela Pátria.


Postar um comentário