Mostrando postagens com marcador Siria. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Siria. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Processo de paz na Síria sob à égide da ONU, é uma solução que a França sugere


Por: Redação OD

O ministro de Relações Exteriores Francês, Srº Jean-Yves Le Drian, disse nesta quinta-feira que será necessário relançar um processo político para a Síria, onde envolveria-se a comunidade internacional neste trabalho sob orientação da ONU. "Hoje as negociações de Astana, torna o cenário político fraco. Assim, precisamos relançá-lo para garantir que a comunidade internacional se una em torno deste projeto sob a égide da Organização das Nações Unidas e do seu enviado especial para a Síria. Este será um grande tópico durante à Assembléia Geral na próxima semana", disse Le Drian em uma coletiva de imprensa junto ao seu colega chinês Wang Yi.

domingo, 2 de setembro de 2018

Explosões em base militar perto de Damasco causam destruição


Por: Redação OD

Violentas explosões foram registradas neste sábado dia 1.º à noite em uma base militar do regime sírio perto de Damasco, capital da Síria. O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, sediado em Londres, diz que a causa da destruição foi um "provável disparo de míssil israelense", enquanto a imprensa estatal relatou um problema técnico em um depósito de munições.  A base aérea de Mazzé, na periferia oeste de Damasco, foi alvo de um "provável ataque com míssil israelense, que atingiu um depósito de munição, resultando em explosões violentas e sucessivas", afirmou Rami Abdel Rahman, diretor do Observatório Sírio para os Direitos Humanos.

sábado, 18 de agosto de 2018

Departamento de Estado redireciona US$ 230 Mil da Síria e Senadores demonstram descontentamento


Por: Redação OD
Frente a recente decisão do Departamento de Estado dos EUA em redirecionar US$ 230 milhões da estabilização na Síria, membros do Parlamento Americano se mostraram muito irritados com a medida, onde alguns observam que tal atitude permitirá que a Russia possa vir a fortalecer mais ainda o apoio dado ao presidente Bashar Assad, disse um membro do Comitê de Relações Exteriores do Senado, Bob Menendez, em comunicado à imprensa nesta sexta-feira. No início do dia, o Departamento de Estado anunciou que estava redirecionando o montante de US$ 230 milhões, o qual destina-se ao financiamento da estabilização da Síria, para outras prioridades de política externa ainda a serem determinadas. 

quarta-feira, 13 de junho de 2018

USS Harry S. Truman e seu Grupo de Ataque, chegam a região do mar Mediterrâneo e podem atacar posições na Síria breve


Por: Redação OD

Liderado pelo porta-aviões USS Harry S. Truman (CVN-75), o strike group (Grupo de Ataque), adentrou no último domingo dia 10, na região do mar Mediterrâneo. A Marinha dos EUA havia informado posteriormente que, o grupo liderado pelo porta-aviões Harry S. Truman havia entrado na zona oriental do mar Mediterrâneo para participar de operações contra o grupo terrorista Daesh na Síria e no Iraque. Para analistas internacionais, a força naval pode ter-se deslocado ao mar Mediterrâneo para preparar um ataque com mísseis de cruzeiro e bombas contra o exército sírio. 

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Caças F-35I Adir da Força Aérea Israelense teriam iludido sistemas de mísseis russos S-300 na Síria


Por: Redação OD

Caças F-35I Adir da Força Aérea Israelense, conseguiram ficar “invisíveis” para o sistema de misseis antiaéreo russo S-300, durante a sua recente operação sobre a Síria, descreveu a revista Popular Mechanicsna sua última edição. Israel havia informado, com antecedência, sobre o primeiro voo dos caças F-35I Adir em combateSegundo as autoridades militares do país, os caças foram usados em dois cenários de combate, mas as operações com um alto teor de sigiloso são mantidas em fechado. Se caso, os sistemas antiaéreos russos tivessem conseguido detectar os caças, ressalta a edição, os mesmo teriam transmitido esta informação à defesa antiaérea Síria, o que impediria o cumprimento das missões de combate declaradas por Israel. 

domingo, 22 de abril de 2018

Grupo Naval de ataque dos EUA poderá permanecer no mar Mediterrâneo para "conter" à Russia


Por: Redação OD

De acordo com o site especializado em defesa, Defense News, autoridades norte-americanas ainda não tomaram uma decisão definitiva quanto ao assunto, mas contudo, a continuação da missão seria uma "resposta às ações da Rússia na região e corresponderia à nova estratégia da segurança nacional". O porta-aviões norte-americano USS Harry S. Truman (CVN-75) pode permanecer no mar Mediterrâneo para "contenção" da Russia, comunicou neste sábado (21) o site , citando suas fontes.

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Reunião no Azerbaidjão entre generais da Otan e Rússia, busca aliviar tensões após meses de negociações

Gerasimov e Scaparotti: generais de Rússia e Otan se reuniram em raro encontro - Reprodução
Por: Redação OD

Na tentativa de aliviar as tensões geradas recentemente entre a Russia e o Ocidente desde o fim da Guerra Fria, o chefe do Estado-Maior russo e o comandante supremo da Otan fizeram uma rara reunião nesta quinta-feira, em Baku, capital do Azerbaidjão. O general do Exército dos Estados Unidos, Curtis Scaparrotti, que detém o comando das forças da Otan, e o seu homólogo russo, Valery Gerasimov se encontraram menos de uma semana após que, os Estados Unidos, Reino Unido e França realizaram bombardeios à Síria em retaliação a um suposto ataque com armas químicas, feito pelas forças do presidente Bashar al-Assad, aliado da Russia.

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Força Aérea Iraquiana realiza ataque contra o grupo terrorista Daesh junto à fronteira da Síria


Por: Redação OD

Segundo um comunicado, a Força Aérea Iraquiana atacou posições do Daesh, nas áreas de fronteira com a Síria, no apoio de eliminar o terrorismo na região após este ter sido derrotado no Iraque. De acordo com a agência de notícias Reuters, citando o general de brigada Yahya Rasool, porta-voz do exército iraquiano como fonte, os ataques foram coordenados com governo sírio. Yahya Rasool acrescentou ainda, que os ataques foram realizados fazendo uso de caças F-16. "Por ordem do comandante da Forças Armadas do Iraque, Haider Al-Abadi, a nossa Força Aérea atacou posições do Daesh perto da fronteira iraquiana com a Síria", diz o comunicado.

domingo, 15 de abril de 2018

A anatomia de um ataque: de onde partiram, quais armas foram usadas e que alvos foram atacados na Síria


Por: Redação OD

"O maior envio de forças militares para a uma zona de conflito, desde a guerra do Iraque" era o título da revista TIME. Tendo a foto do porta-aviões USS Harry S. Truman, como ilustração principal, numa clara demonstração de força e capacidade deste navio em transportar um variado mix de aeronaves (90 ao total). Na quarta-feira, dois dias antes deste ataque, o porta-aviões tinha suspendido de sua base naval na Virginia em direção ao Mediterrâneo. Menos de 48 horas depois, EUA, França e Reino Unido atacara, a Síria. De onde foram lançados esses ataques e quais armas foram utilizadas?

sábado, 14 de abril de 2018

Estados Unidos ataca a Síria, apoiado por Reino Unido e França. Mísseis são resposta a suposto ataque químico

Mísseis cortam o céu de Damasco: EUA, França e Reino Unido lançam ataque contra instalações de armas químicas na Síria - Hassan Ammar / AP
Por: Redação OD
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou no final da noite desta sexta-feira (13), que um ataque militar seria realizado à Síria, em represália ao suposto ataque com armas químicas lançado no último sábado contra Douma, na região de Ghouta Oriental, subúrbio de Damasco. Os Estados Unidos e vários países ocidentais culparam o regime de Bashar al-Assad pelo ataque. Segundo o secretário da Defesa americano, James Mattis, o ataque foi único, "preciso" e limitado a alvos relacionados ao que seria o programa de armas químicas do regime de Assad, e que se procurou reduzir o risco de envolvimento de forças da Rússia, que apoiam Damasco. Em pronunciamento pela TV, Trump disse que os ataques tiveram o apoio militar da França e do Reino Unido.

Coalizão "Estados Unidos, Reino Unido e França" atacaram alvos na Síria nessa madrugada

Imagem do lançamento de mísseis anti-aéreos russos da defesa síria em interceptação contra mísseis de cruzeiro em direção a alvos em Damasco. Imagem via Syria TV.
Por: Redação OD


A Coalizão formada entre Estado Unidos, Reino Unido e a França realizou um ataque contra instalações militares sírias nessa madrugada, às 03:00h (horário local de Damasco). Foram utilizados mísseis de cruzeiro lançados a partir de navios no Mar Mediterrâneo e lançado por aviões britânicos que partiram de bases em Chipre e aviões franceses que partiram de bases na França metropolitana. O MoD da Rússia confirma que de aproximadamente uma centena de mísseis que foram lançados contra alvos na Síria, pelo menos 71 foram interceptados pelas defesas anti-aéreas sírias. Não existem ainda maiores detalhes sobre os danos causados. Mais informações breve!!



sexta-feira, 13 de abril de 2018

Aeronaves P-8 A Poseidon e EP-3E ARIES II realizam operações de vigilância perto das bases russas na Síria


Por: Redação OD
Segundo os dados de monitorização da aviação militar, publicados pelo site Mil Radar, sete aeronaves militares da Marinha dos EUA realizaram operações de vigilância no lado oriental do Mar Mediterrâneo junto a costa da Síria, onde localizam-se a base aérea russa de Hmeymim e a base de abastecimento e manutenção da Marinha russa em Tartus. Seis aeronaves foram identificadas como sendo os de patrulha antissubmarino P-8A Poseidon, tendo estas decolado da base aérea de Sigonella na Sicília e uma aeronave de reconhecimento eletrônico EP-3E ARIES II, que decolou da ilha grega de Creta. 

quinta-feira, 15 de março de 2018

Turquia e os EUA irão criar uma 'zona de segurança' ao redor da cidade de Manbij, na Síria


Por: Redação OD
O porta-voz do governo Turco, Recep Tayyip Erdogan, Ibrahim Kalin, anunciou que os governos de Ancara e de Washington irão criar uma "zona de segurança" ao redor da cidade síria de Manbij, se os EUA "cumprirem as promessas". Em entrevista à emissora TRT Haber, Kalin disse que o acordo é vinculativo e que a substituição do secretário de Estado dos EUA não vai mudar isso, mesmo que leve uma ou duas semanas. De acordo com ele, Ancara espera "limpar" Afrin dos militantes curdos "muito em breve".

domingo, 11 de fevereiro de 2018

Tensão após bombardeio de Israel a alvos iranianos na Síria, onde caça israelense que participava de operação foi abatido


Por: Redação OD

O Exército Israelense realizou neste sábado (10) um ataque em grande escala contra alvos iranianos e sírios na regiao de Damasco, logo após a queda de um caça israelense, que encontrava-se atacando alvos quando foi abatido por um sistema de defesa antiaéreo Síria, sendo este um fato pouco habitual, contra Israel. "Doze alvos, entre eles baterias de defesa aérea e alvos iranianos que fazem parte do estabelecimento militar do Irã na Síria, foram atacados", informou o Exército, em um comunicado. Durante o ataque, a Síria disparou entre 16 e 20 mísseis, pela segunda vez neste sábado contra a aviação israelense.

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Piloto do segundo caça Su-25 conta como fez para dar cobertura ao Major Filipov abatido por terroristas na Síria


Por: Redação OD

O piloto que estava na ala do caça SU-25SM que era liderado pelo Major Roman Filipov, contou em entrevista  ao jornal do Ministério da Defesa da Russia, Krasnaya Zvezda, detalhes do ataque contra os terroristas em que o major Filipov perdeu a vida."Sua voz não tremeu quando eu o avisei: Estão te atacando! Sai daí! Alfa, alfa! Manobra!, contou o piloto. Segundo ele, Filipov respondeu calmamente: "Fui atingido… Atingido e sério… Fogo no motor direito… Vou para sul… O esquerdo também está parando… Chama a equipe de busca e resgate."

sábado, 3 de fevereiro de 2018

Caça SU-25 da Força de Defesa Aeroespacial Russa, foi abatido neste sábado na província de Idlib por rebeldes



Por: Redação OD

Um caça Sukhoi SU 25 da Força de Defesa Aeroespacial Russa (Força Aérea) que sobrevoava a província de Idlib, ao norte da Síria, foi abatido neste sábado (3) por um grupo de rebeldes. De acordo com a equipe de monitoramento do Observatório da Síria para os Direitos Humanos, o ataque aconteceu em Khan, um município nas proximidades de Saraqeb. O ministério da Defesa de Moscou confirmou que o piloto conseguiu ejetar-se, mas não resistiu aos ferimentos. Até o momento nenhum grupo reivindicou a autoria do ataque.

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Vladimir Putin ratifica acordo com Síria para transformar o porto de Tartus em uma base naval russa


Por: Redação OD

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, ratificou nesta sexta-feira (29) um acordo com a Síria para transformar o porto de Tartus, no mar Mediterrâneo, em uma base naval russa durante os próximos 49 anos. "O cumprimento do acordo responde aos interesses da Rússia, já que contribuirá para fortalecer a presença militar russa a longo prazo e para garantir a segurança na região", disse o governo russo em comunicado. Segundo o convênio, que será prolongado automaticamente dentro de 25 anos caso as partes estejam de acordo, a base poderá abrigar simultaneamente até 11 navios, incluindo os de propulsão nuclear.

domingo, 26 de novembro de 2017

Bombardeiros TU-22M3 bombardeiam posições do Daesh no leste da Síria e MoD Russo divulga vídeo do ataque aéreo


Por: Redação OD
O ministério da Defesa Russo liberou vídeo, com cenas do ataque aéreo, realizado pelas aeronaves Tu-22M3 das Forças Aeroespaciais, contra as instalações do grupo terrorista Daesh na província Deir ez-Zor, na Síria. Nas imagens mostram o momento de lançamento das bombas pelos bombardeiros de longo alcance Tu-22M3. Seis bombardeiros russos atacaram centros e instalações de comando do Daesh no vale do Eufrates neste domingo dia 26.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Russia realiza testes com o seu novo blindado de reconhecimento PRP-4A Argus, na Síria


Por: Redação OD
veículo de reconhecimento, PRP-4A Argus, recentemente incorporado as Forças Armadas da Russia, cumpriu as suas primeiras missões ‘in loco’ na Síria, conforme anunciou a mídia russa. O Argus é dotado de um radar que permite direcionar o fogo de artilharia, de modo a atingir seus alvos independentemente das condições climáticas, mesmo com chuva, neve ou fumaça. O blindado é capaz de detectar inimigos a uma distância de 7 Km e blindados a uma distância de até 16 Km. Graças ao seu telémetro a laser, o Argus pode calcular a distância de um alvo situado em uma colina a uma distância de até 25 Km

domingo, 27 de agosto de 2017

Russia enviará nova versão do Mi-28, o "UB" à Síria, para ajudar as forças terrestres no combate ao EI


Por: Redação OD

Uma nova versão do helicóptero Mi-28UB, conhecido como ‘Caçador Noturno’, será transportada para a base aérea russa na Síria dentro das próximas semanas. O objetivo da fabricante, Russian Helicopters, é testar a nova armadura e novos mísseis na linha de frente. A Russian Helicopters fortaleceu a blindagem da parte frontal e aperfeiçoou o ‘cérebro’ do veículo”, revelou uma fonte do complexo industrial-militar.