Mostrando postagens com marcador São Bernado. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador São Bernado. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 10 de maio de 2018

SAAB apresenta local onde serão montados a partir de 2020 os caças Gripen E da Força Aérea Brasileira


Por: Redação OD

A unidade industrial que a Saab, empresa sueca aeroespacial e de defesa e segurança, terá em São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo, será usada para outros projetos além do que envolve os caças militares Gripen, encomendados pelo governo brasileiro e que estão sendo desenvolvidos em parceria com empresas brasileiras, como a Embraer, disse o chefe global da divisão de aeronáutica da companhia europeia, Jonas Hjelm. "Essa unidade vai integrar a cadeia global de suprimentos da Saab. Então vemos oportunidades e queremos que ela participe de projetos de outros produtos que atendam não apenas mercados na América Latina, mas no restante do mundo", disse o executivo.

terça-feira, 10 de outubro de 2017

SAAB não sinaliza e fábrica de peças do futuro caça brasileiro Gripen fica na promessa


Por: Redação OD

Quatro anos após ser escolhida pela fabricante Saab como sede da futura fábrica de peças da versão brasileira do caça Gripen NG, a cidade de São Bernardo do Campo ameaça ir ao Ministério Público Federal para saber se a intenção é para valer ou não. "O anúncio da unidade foi público, de conhecimento da Força Aérea Brasileira e do Ministério da Defesa. Se isso não se consolidar, serei obrigado a levar a questão ao Ministério Público", afirma o prefeito da cidade, Orlando Morando.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Falta de sinalização da SAAB de onde será instalada a fábrica de suprimentos preocupa governo municial de São Bernardo

Por: Redação OD
A Prefeitura de São Bernardo manifestou preocupação com a indefinição sobre o local da fábrica que a empresa sueca Saab pretende montar no município. A empresa, que deve fabricar os suprimentos e peças para os caças Gripen NG, ainda não entrou em contato, para a sequência do projeto. Na visão do administrador, faltam detalhes sobre o início da produção e o impacto do programa para o município. “A empresa pode vir se instalar na cidade, o que sei hoje sobre a produção dos caças é tudo via notícias de jornal. Considero importante (a instalação), pode ser novo case da indústria da região. Mas precisam trazer fato concreto”, comentou o prefeito Orlando Morando.