Mostrando postagens com marcador Guerra ao Tráfico. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Guerra ao Tráfico. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Comunidades de Santa Cruz são alvo de Operações do Exército Brasileiro e das Forças de Segurança do Rio de Janeiro



Por: Redação OD

O Comando Conjunto, em apoio à Secretaria de Estado de Segurança, e no contexto das medidas implementadas pela Intervenção Federal na Segurança Pública, deflagrou, nesta manhã (14 de agosto), operação na região do Complexo do Rola e da Comunidade de Antares, em Santa Cruz, Zona Oeste do Rio de Janeiro. As ações compreendem cerco, estabilização dinâmica das áreas e remoção de barricadas. Também são realizadas revistas de pessoas e de veículos, bem como a checagem de antecedentes criminais. A Polícia Militar verifica denúncias de práticas criminosas e controla vias existentes na região. A Polícia Civil cumpre mandados judiciais. 

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Espaço aéreo na Rocinha está controlado com restrições por medida de segurança


Por: Redação OD

O Estado Maior Conjunto das Operações em Apoio ao Plano Nacional de Segurança Pública no Rio informou  nesta segunda-feira (25) que o espaço aéreo na região da favela da Rocinha, na zona sul da cidade, “está controlado com restrições dinâmicas enquanto houver tropas na região, por razões de segurança”. De acordo com o Estado Maior Conjunto as Forças Armadas estão atuando em conjunto na Operação da Rocinha e, no total, foram empregados 950 militares e 14 blindados da Marinha, do Exército e da Aeronáutica. A Marinha do Brasil atua integrada às demais Forças no cerco à comunidade, incluindo áreas urbanas e de mata fechada.

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Presidente Filipino Rodrigo Duterte ameaça bombardear escolas por ensinarem "subversão e comunismo"


Por: Redação OD

As declarações do presidente filipino, Rodrigo Duterte, tem sido bombásticas, na guerra declarada pelo governo contra o tráfico de drogas, onde ele afirmou que pode atingir até mesmo escolas tribais com ataques aéreos, pois, segundo ele, essas instituições educacionais estão ensinando "subversão e comunismo". Na noite da última segunda-feira (24), depois de seu discurso, Duterte disse aos jornalistas: "Eu vou bombardear aquelas escolas".

Ação da polícia e de militares em conjunto devem gerar reação do crime e pode criar clima de guerra no Rio, diz Jungmann


Por: Redação OD

O Ministro da Defesa, Raul Jungmann, disse que em breve as Forças Armadas vão apoiar as forças policiais do Rio de Janeiro no combate ao crime organizado tendo como foco os arsenais e rotas usados pelos traficantes, o que deve gerar uma reação que pode criar um clima de guerra no Estado. Jungmann avaliou que o crime organizado chegou a um nível tão avançado que é preciso a adoção de novas medidas e ações não convencionais. Ele acredita que essa nova estratégia de combate ao crime vai gerar reações do tráfico e outros criminosos que não vão querer perder suas posições e fontes de receita e pediu apoio e compreensão da população e das instituições.