Mostrando postagens com marcador GLO. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador GLO. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Espaço aéreo na Rocinha está controlado com restrições por medida de segurança


Por: Redação OD

O Estado Maior Conjunto das Operações em Apoio ao Plano Nacional de Segurança Pública no Rio informou  nesta segunda-feira (25) que o espaço aéreo na região da favela da Rocinha, na zona sul da cidade, “está controlado com restrições dinâmicas enquanto houver tropas na região, por razões de segurança”. De acordo com o Estado Maior Conjunto as Forças Armadas estão atuando em conjunto na Operação da Rocinha e, no total, foram empregados 950 militares e 14 blindados da Marinha, do Exército e da Aeronáutica. A Marinha do Brasil atua integrada às demais Forças no cerco à comunidade, incluindo áreas urbanas e de mata fechada.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Decreto de Temer autoriza Forças Armadas a proteger prédios do governo


Por: Redação OD

O presidente Michel Temer publicou nesta quarta-feira, em edição extraordinária do “Diário Oficial da União”, decreto autorizando o emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem no Distrito Federal. A medida foi tomada depois que o presidente se reuniu com autoridades do Ministério da Defesa e do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), em meio a embates entre a Polícia Militar do Distrito Federal e manifestantes na Esplanada dos Ministérios. Diversos ministérios foram depredados.

domingo, 9 de abril de 2017

Condor apresentou durante a LAAD 1º lançador de munição não letal com 'braço' dobrável e robô antibomba


Por: Anderson Gabino

Que visitou a LAAD 2017, a mais importante feira de defesa e segurança da América Latina, teve a oportunidadade de ver e interagir com as novas tecnologias não letais, que começam a se tornar de uso quase "obrigatório" das forças de seguranças públicas (Forças Armadas e Policiais) para o controle de distúrbios urbanos, desenvolvida pela brasileira Condor: é o lançador de munição de borracha chamado 'boca do diabo', cuja  coronha rebatível reduz seu tamanho em 40% e o torna mais eficiente do ponto de vista operacional nas ações policiais.