Mostrando postagens com marcador Colog. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Colog. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Comando Logístico do Exército inicia processo para a aquisição da aeronaves C-23+ SHERPA


Por: Anderson Gabino

O Comando Logístico do Exército (COLOG), por meio da PORTARIA No 067-COLOG, DE 4 DE AGOSTO DE 2017. Aprova a Diretriz de Iniciação do Projeto de Incorporação do Modal Aéreo na Logística Militar Terrestre na Região Amazônica - PROJETO MODAL AÉREO NA AMAZÔNIA e constitui a equipe que confeccionará o Estudo de Viabilidade do Projeto. O site ORBIS DEFENSE em 29 de Julho de 2017, publicou matéria cujo o título era: " Exército Brasileiro perto de adquirir 4 unidades do Short C-23B+ SHERPA e assim voltar a possuir aeronaves de asa fixa", sendo assim esta notícia fora dada em primeira mão pelo site, o que reforça o nosso compromisso de trazer a vocês leitores a veracidade das notícias. Abaixo segue cópia do Boletim na Integra para a apreciação de todos.

domingo, 9 de julho de 2017

Diretoria de Material do Exército entregou ao Arsenal de Guerra de São Paulo 3 obuseiros 105mm M56 Oto Melara revitalizados

Por: Redação OD
A Diretoria de Material (D Mat), subordinada ao Comando Logístico (COLOG), promoveu, entre os dias 5 e 7 de julho de 2017, no 1º Grupo de Artilharia de Campanha de Selva, a entrega técnica de três obuseiros 105mm M56 Oto Melara, revitalizados no Arsenal de Guerra de São Paulo (AGSP). A solenidade de entrega consistiu na transmissão e prática, pelos especialistas do AGSP, dos conhecimentos necessários para a manutenção em primeiro escalão, tais como, procedimentos para a desmontagem, montagem, limpeza e lubrificação, aumentando, assim, a disponibilidade do armamento.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Exército Brasileiro firma novo contrato com a KMW para manutenção dos Leopard 1A5 e Gepard 1A2 por mais 10 anos


Por: Redação OD
O Exército Brasileiro, por meio do COLOG (Comando Logístico), acertou um contrato de manutenção e modernização com a empresa alemã Krauss-Maffei Wegmann (KMW), para os seus carros de combate VBCCC Leopard 1 A5, e os blindados antiaéreos VBC DAAe Gepard 1 A2 e ainda de seus respectivos simuladores, pelos próximos 10 anos. O contrato prevê um gasto de € 60 milhões (R$ 220 milhões) até maio de 2027, por parte do Exército Brasileiro. A KMW instalou uma filial no município de Santa Maria (RS), em 2011, quando datou-se o primeiro contrato de manutenção e modernização dos meios citados.

domingo, 30 de abril de 2017

Exército Brasileiro autoriza que atiradores de tiro desportivo possam andar com sua arma municiada

Foto Ilustrativa
Por: Redação OD
O Exército autorizou atiradores desportivos a transportarem uma arma municiada, no trajeto entre o local de guarda do armamento e o de treinamento ou competição. O porte de trânsito foi definido pela Portaria 28 do Comando Logístico (Colog), entretanto, a exigência da Guia de Tráfego (GT), documento expedido pelo Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados continua valendo. Antes da portaria, o atirador era proibido de se locomover com a arma carregada. “Inclusive a legislação determinava que arma e munições fossem transportadas separadas.