segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Marinha do Brasil e a empresa Itaguaí Construções Navais transferem o Submarino Riachuelo para a Base Naval de Itaguaí


Por: Redação OD

O dia 13 de janeiro de 2018, entra para a história da Marinha do Brasil, pois o seu primeiro submarino da Classe Scorpene, o S-40 Riachuelo, foi transferido para ser realizado a parte final de sua construção na Base Naval de Itaguaí. Sendo assim podemos acreditar que o submarino irá ser comissionado este ano ainda!!Um Bravo Zulu a nossa Marinha. Após termos sido a primeira mídia a divulgar, a transferencia do S-40 Riachuelo, noticia esta que fez movimentar a Inernet nos últimos dias. A Marinha por meio de seu Centro de Comunicação Social divulgou nota e outras fotos desta transferência. Segue a nota:

Passagem do Submarino pelo túnel do Complexo Naval de Itaguaí

MARINHA DO BRASIL

CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA MARINHA


NOTA À IMPRENSA

Brasília-DF.
Em 14 de janeiro de 2018.

Transferência das Seções do Submarino Riachuelo

A Marinha do Brasil (MB) e a empresa Itaguaí Construções Navais (ICN) transferiram, neste final de semana, para o Estaleiro de Construção, na Ilha da Madeira, no Complexo Naval de Itaguaí, três seções unidas do S40 Riachuelo, o primeiro submarino convencional do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB). O programa prevê outras três unidades convencionais e o primeiro submarino brasileiro com propulsão nuclear.

Submarino no interior do Main Hall do Estaleiro de Construção

O trajeto, de cerca de cinco quilômetros, foi percorrido em 11 horas, começando na Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas (UFEM), que também fica em Itaguaí. A operação logística exigiu um planejamento de meses e incluiu a retirada de trechos da rede elétrica. Neste domingo, ocorreu a etapa mais complexa da operação, com interrupções pontuais do tráfego na BR-493, para dar passagem ao veículo especial (prancha móvel) de 320 rodas que transportou as 619 toneladas das três seções, com 39,86 metros de comprimento e 12,30 metros de altura. As duas seções restantes do Riachuelo, pesando 487 toneladas e medindo 30 metros, serão, em breve, transferidas, separadamente, para o Estaleiro de Construção, onde o submarino entrará em montagem final, a fim de ser lançado ao mar no segundo semestre de 2018.

Entrada do Submarino no Main Hall do Estaleiro de Construção






FONTE e FOTOS com Logo da orbis Defense: Via Facebook do Srº Leonam Dos Santos Guimarães
FONTE (2): CCSM
Postar um comentário