Mostrando postagens com marcador Grã Bretanha. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Grã Bretanha. Mostrar todas as postagens

domingo, 15 de abril de 2018

A anatomia de um ataque: de onde partiram, quais armas foram usadas e que alvos foram atacados na Síria


Por: Redação OD

"O maior envio de forças militares para a uma zona de conflito, desde a guerra do Iraque" era o título da revista TIME. Tendo a foto do porta-aviões USS Harry S. Truman, como ilustração principal, numa clara demonstração de força e capacidade deste navio em transportar um variado mix de aeronaves (90 ao total). Na quarta-feira, dois dias antes deste ataque, o porta-aviões tinha suspendido de sua base naval na Virginia em direção ao Mediterrâneo. Menos de 48 horas depois, EUA, França e Reino Unido atacara, a Síria. De onde foram lançados esses ataques e quais armas foram utilizadas?

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Novo documento traz a tona que o submarino ARA SAN JUAN estava em missão de espionagem sobre a frota britânica


Por:J.G Araújo
O submarino ARA San Juan foi encarregado de fazer SONDAGENS DE INTELIGÊNCIA à alvos britânicos. Os dados, que eram desconhecidos até ontem, decorrem de documentos confidenciais recebidos pelo site INFOBAE e publicados nesta ultima segunda feira (05). A divulgação da missão secreta, em que o submarino argentino estava navegando e de onde não retornou gerou um forte mal estar entre a Marinha, o Governo e os familiares da tripulação. Não é "uma versão", os documentos que provam isto estão incluídos no caso que o juiz federal de Caleta Olivia instruiu, diz a viúva de um dos tripulantes, Marta Yáñez, não deixam espaço para diferentes interpretações, pois foi decidido instalar escutas das áreas em torno das águas territoriais e das ilhas Falklands, nas últimas horas do Governo. 

domingo, 13 de agosto de 2017

'Ilha de condenados': a desconhecida guerra psicológica usada pelos britânicos contra a Argentina no conflito das Malvinas


Por: Redação OD
Em plena Guerra das Malvinas, um soldado argentino mal treinado e desprovido de armamentos, com frio e fome, faz a guarda de uma colina. O ano era 1982. Ali, assim como no resto do arquipélago, o vento é constante e não há uma única árvore para se proteger da chuva - somente pedras. O jovem está mais longe de casa do que nunca, quer fugir e ficar perto de sua família. Ele tem medo e poucas esperanças. A comida e os suprimentos são cada vez mais escassos e é improvável que o local seja reabastecido tão cedo.

terça-feira, 5 de abril de 2016

Operação Corporate: Há 34 anos a Grã Bretanha dava uma resposta a invasão Argentina no arquipélago Austral


Por: Anderson Gabino

No dia de hoje, mais precisamente a 34 anos atrás, começava a Operação Corporate, a resposta Britânica ao ataque e invasão de forças militares Argentinas sobre as Ilhas Falklands (Malvinas). Por ordem da primeira ministra Margareth Thatcher, o Primeiro Lorde do Almirantado Henry Leach foi autorizado a enviar uma FT de ataque até a região do conflito.