Mostrando postagens com marcador C-SAR. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador C-SAR. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Operação Teseu: Cadetes da Academia da Força Aérea realizam treinamento de evasão C-SAR


Por: Redação OD

No período de 13 a 21 de novembro os 144 cadetes do 4º Esquadrão da Academia da Força Aérea (AFA), realizaram a Operação Teseu, exercício de Busca e Salvamento em Combate (C-SAR / Módulo Evasor), o qual trata-se de uma simulação de resgate de um militar após a ejeção ou o pouso forçado em um território hostil. O exercício ocorreu em uma área de 65 km², onde os cadetes tiveram por objetivo alcançar o ponto seguro para o resgate. Para isso, é necessário colocar em prática táticas e procedimentos pautados em resoluções internacionais para a situação de sobrevivência em combate e abandono de área hostil.

sábado, 12 de agosto de 2017

A Look at Navy SERE School

 
Image via U.S. Navy.
By: Wording OD.

Training the Best for the Worst

A loud snap in the distance makes the Sailor immediately drop into a low crouch, his eyes wide and heart racing; the noise could have been anything - deadfall from the dry tree branches, a desert fox or mountain lion, or perhaps even the enemy stalking him.
His feet crunch through the brush as he slowly and carefully moves to investigate the noise, avoiding cactus and trying to stay somewhat hidden despite the lack of vegetation in the sprawling desert landscape. 

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Marinha do Brasil recebeu sua primeira aeronave C-SAR (Busca e Resgate em Combate)

N-7201 é uma das três aeronaves na versão C-SAR adquiridas pela Marinha do Brasil
Por: Redação OD
No dia 14 de junho, nas instalações da HELIBRAS,em Itajubá (MG), a Marinha do Brasil recebeu sua primeira aeronave C-SAR (Combat-Search and Rescue - Busca e Resgate em Combate), da família Super Cougar, com o numeral N-7201. Dentro do programa H-XBR, que prevê a entrega de 16 unidades do helicóptero modelo H-225M para a Marinha do Brasil, a N-7201 é a primeira das três aeronaves na versão C-SAR a ser entregue. O C-SAR é uma das operações mais críticas da atualidade e tem por objetivo o regaste de tripulações abatidas ou que tenham se acidentado em território hostil durante um conflito. Para realizá-la, a aeronave traz um conjunto de sensores e sistema de autoproteção capaz de enfrentar as mais modernas ameaças. A suite integrada de equipamentos auxiliares de defesa é responsável pela autoproteção periférica da aeronave e visa a aumentar sua capacidade de sobrevivência nos cenários de conflitos.