Mostrando postagens com marcador C 130. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador C 130. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Ministro da Defesa de Portugal, confirma conversas adiantas e próxima de serem finalizadas para a aquisição do KC 390


Por: Redação OD

O ministro da Defesa de Portugal, defendeu que o "novo impulso" no investimento em Defesa, é "um voo" que Portugal não pode perder. "O novo impulso que está sendo dado, é de grande importância no investimento em Defesa no âmbito da União Europeia (UE) ou da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN)" e é "um voo que Portugal não pode dar-se ao luxo de perder", afirmou José Azeredo Lopes, durante cerimônia militar realizada no último dia 30 de junho, em comemoração ao 66.º aniversário da Força Aérea Portuguesa (FAP), ocorrido em Évora, onde o ministro da Defesa apontou o setor aeronáutico e o projeto da aeronave KC-390 como exemplos da importância do investimento nesta área. Azeredo Lopes confirmou a intenção de Portugal em comprar “pelo menos” cinco aeronaves KC-390 e de um simulador de voo para instalação e operação em território nacional.

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Co-piloto e mecânico morrem ao tentar salvar o piloto do C-130 da Força Aérea Portuguesa


Por: Redação OD

O relógio marcava 12.22 e as televisões estavam em direto na Portela. Faltava pouco mais de dez minutos para aterrar o avião que trazia a seleção portuguesa. Do outro lado do rio Tejo, na base aérea do Montijo, um capitão da Força Aérea e um sargento ajudante - copiloto e mecânico, respetivamente - saíam de um C-130 onde deflagrara um incêndio a bordo. Aconteceu na descolagem para a segunda volta de um voo de treino no perímetro da base aérea número 6. Mas os dois oficiais que se salvaram antes da explosão a bordo decidiram voltar atrás para resgatar do avião o tenente-coronel que o pilotava e que tinha ficado preso no cinto de segurança, no cockpit.

Três mortos e um ferido gravemente em acidente com um C-130 da Força Aérea Portuguesa na Base Aérea de Montijo

Por: Redação OD

Um C-130 da Força Aérea Portuguesa incendiou-se ao cair na manhã desta segunda-feira um C-130, na Base Aérea número 6, no Montijo, segundo relatos apurados pela redação, há pelo menos três mortos e um ferido gravemente. O C-130 acidentado pertencia ao esquadrão 501, conhecido como "Os Bisontes". O acidente ocorreu na hora em que ele estava iniciando a sua decolagem, quando começaram as chamas no interior da aeronave, por razões ainda desconhecidas.