Mostrando postagens com marcador Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Defesa (ABIMDE). Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Defesa (ABIMDE). Mostrar todas as postagens

terça-feira, 13 de junho de 2017

Exército Brasileiro sediará a Conferência de Simulação e Tecnologia Militar (CSTM 2017) e que contará com a presença da ABIMDE


Por: Redação OD

A ABIMDE (Associação das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança) estará presente na CSTM 2017 (Conferência de Simulação e Tecnologia Militar), que acontece de 20 a 22 de junho, no Quartel General do Exército, em Brasília (DF). O coordenador do Comitê de Simulação e Treinamento da ABIMDE, Auro Azeredo, participará da abertura do evento, abordando as atribuições do comitê e como a entidade tem contribuído para o setor.

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Emirados Árabes têm interesse em participar do projeto da corveta Tamandaré


Por: Redação OD
Os Emirados Árabes estão interessados no projeto de desenvolvimento da corveta classe Tamandaré, da Marinha do Brasil. A manifestação foi feita durante reunião do ministro Raul Jungmann com seu homólogo dos Emirados Árabes Unidos, Mohamed Albawardi Alfalasi. "Temos interesse em participar de projetos em todas áreas, seja militar ou comercial", afirmou o ministro Mohamed. O ministro Jungmann mostrou-se favorável à parceria. "Vemos com bons olhos a cooperação neste projeto", e informou que a comitiva árabe irá amanhã (12) visitar a fábrica da Emgepron, empresa naval vinculada ao Comando da Marinha.

segunda-feira, 20 de março de 2017

A realidade da indústria de defesa nacional


Por: Frederico Aguiar
O computador, a internet e o GPS são alguns exemplos de como os investimentos feitos diretamente no setor de defesa podem beneficiar toda a sociedade. A aplicação dual da tecnologia é apenas um dos benefícios a que um país e sua população têm acesso ao investir no setor de defesa.O Brasil possui uma ativa indústria no setor, com uma participação de 3,7% do PIB, segundo dados referentes a 2014, tendo faturado cerca de R$ 200 bilhões naquele ano.