Mostrando postagens com marcador Naval Group. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Naval Group. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Estaleiro Enseada do "Consórcio Villegagnon", mira dias melhores caso sejam os vencedores da CCT



Por: Redação OD

O Consórcio Villegagnon, nascido da união entre a empresa francesa Naval Group, e as brasileiras Mectron e Enseada Indústria Naval (EIN), está entre os nove consórcios que apresentaram efetivas propostas comerciais, junto à Marinha do Brasil para a construção de quatro corvetas classe Tamandaré (CCT). Embora o valor do projeto ainda não tenha sido divulgado oficialmente, mas existe no mercado especulações dando conta de que o valor chegará em torno da casa dos US$ 4 bilhões (R$ 15,5 bilhões), na cotação do dólar na última sexta-feira.

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Goa Shipyard Limited (GSL) e o Naval Group intensificam cooperação no campo de simuladores na feira Defexpo 2018

Por: Redação OD
Goa Shipyard Limited (GSL), um dos principais estaleiros indianos da Defesa (Public Sector Undertaking - PSU), em parceria com o Naval Group (Frances), líder na indústria naval de defesa, assinaram uma “Carta de Intenções” no dia 12 de abril de 2018 no intuito de expandirem sua colaboração no campo do projeto e produção de todos os simuladores em terra para o projeto dos submarinos Scorpène indianos e também para os demais requerimentos futuros da Marinha da Índia para simuladores avançados.

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Brasil vira vitrine para empresa francesa "Naval Group" com a fábrica de submarinos em Itaguaí, diz Le Monde



Por: Redação OD

O evento realizado pela Marinha do Brasil, na última terça feira (20) de integração das partes dos Submarinos Classe Riachuelo, ganhou destaque no caderno de economia do jornal francês Le Monde que chegou às bancas na tarde desta quinta-feira (22). Com o título " Le Brésil, vitrine internationale de Naval Group", a matéria fala do lançamento do submarino nuclear realizado junto com a empresa francesa Naval Group. O jornal explica que o projeto é uma herança da visita do ex-presidente francês Nicolas Sarkozy ao Brasil em 2009.