Mostrando postagens com marcador Bombardeiros. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Bombardeiros. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Pela primeira vez a Base Aérea de Anadyr, no extremo oriente Russo, recebe o pouso de bombardeiros TU-160


Por: Redação OD

A base aérea de Anadyr, localizada na região de Chukotka no extremo oriente da Russia, recebeu pela primeira vez em suas instalações bombardeiros Tu-160 de transporte estratégico de mísseis, segundo comunicado do Ministério da Defesa Russo nesta quinta-feira (16). "As tripulações de dois bombardeiros Tu-160 de transporte estratégico de mísseis fizeram o 1.º pouso na base de Anadyr como parte de um treino tático de voo (…) onde as tripulações puderam praticar voos diretos viajando cerca de 7 mil km", relatou o comunicado.

sexta-feira, 27 de abril de 2018

USAF realiza voos de treinamento com bombardeiros B-52 junto a região do Mar do Sul da China


Por: Redação OD
A Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) emitiu um comunicado nesta sexta feira dia 27/04, avisando que a mesma, vem realizando voos de treinamento com seus bombardeiros B-52, na região junto ao mar do sul da China e da ilha de Okinawa, ao sul do Japão"Os B-52 conduziram o treinamento e depois deslocaram-se para áreas próximas de Okinawa para realizarem atividades em conjunto com caças F-15C Strike Eagles, antes de retornar a Guam", afirmou a Força Aérea dos EUA, fazendo referência à Base Aérea de Andersen, na ilha de Guam, no Oceano Pacífico.

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Caças Typhoon da Real Força Aérea Britânica interceptam dois bombardeiros russos sobre o Mar de Barents


Por: Redação OD

A Real Força Aérea britânica (RAF) confirmou que enviou nesta segunda-feira dois caças para interceptarem bombardeiros russos, que se aproximaram do espaço aéreo britânico, criando mais um momento de tensão entre as duas nações. O dois caças ‘Typhoon’ pertencentes a base aérea de Lossiemouth, na Escócia, foram enviados numa “ação de reação rápida de alerta”, quando dois bombardeiros ‘Tupolev Tu-160’ se aproximaram do espaço aéreo da Grã-Bretanha. No entanto, fora dito que “em nenhum momento os aviões russos entraram no espaço aéreo britânico”. O ministro da Defesa russo, Serguei Shoigu, declarou que os dois bombardeiros sobrevoaram o Mar de Barents, sobre a Noruega durante 13 horas em missão de treinamento que cobria as águas neutras, seguindo as normas internacionais.

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

A aviação de longo alcance da Russia receberá mais 6 bombardeiros modernizados em 2018


Por: Redação OD

Em 2017 a Aviação Estratégica Russa recebeu três aviões modernizados. Já em 2018, a aviação de longo alcance deverá de receber mais seis bombardeiros estratégicos modernizados", informou nesta quinta-feira (4) o Ministério da Defesa por meio de um comunicado. Durante o ano de 2017, a aviação estratégica russa participou de variadas manobras conjuntas com outros países, incluindo os exercícios russo-bielorrussos Zapad 2017. 

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

China aconselha Taiwan a se acostumar com exercícios militares sobre seu território e diz querer paz


Por: Redação OD

“Taiwan terá de se acostumar, mesmo que de forma gradual com os exercícios da Força Aérea ao redor da ilha", comunicou o Ministério das Relações Exteriores da China na forma de uma nota nesta quarta-feira. A China considera a democrática Taiwan seu território e jamais renunciou ao uso da força para colocar o que vê como uma província rebelde sob seu controle. Os chineses vêm endurecendo sua postura em relação a Taiwan desde que Tsai Ing-wen, do pró-independência Partido Democrático Progressista, venceu as eleições presidenciais do ano passado e intensificou a retórica e os exercícios militares do território. 

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Aviação de Longo Alcance da Russia realiza treinamento em grande escala


Por: Redação OD

A aviação de Longo Alcance (Bombardeiros Estratégicos) da Russia começou a realizar no extremo oriente do país, exercícios em grande escala desta Aviação. Mais de 20 aviões irão participar desse aprontamento, que irá utilizar cinco aeródromos e dois polígonos em diferentes regiões do país, conforme nota do Ministério da Defesa Russo. "No âmbito do aprimoramento, a divisão da Aviação de Longo Alcance, localizada no Extremo Oriente russo, iniciou manobras aéreas. Destas manobras participam bombardeiros estratégicos Tu-95MS, bombardeiros de longo alcance Tu-22M3 e aviões-tanque de reabastecimento aéreo IL-78", complementou o comunicado do ministério.

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

EUA envia mensagem de advertência a Coreia do Norte sobrevoando seu litoral


Por: Redação OD

Após a escalada verbal, a demostração de força. Bombardeiros americanos voaram neste sábado perto da costa leste da Coreia do Norte em uma demostração de força do poder militar dos Estados Unidos ao programa armamentista de Pyongjang, cujas provocaçoes e ambições nucleares desencadearam um novo aumento da tensão bilateral. O vôo aconteceu depois de dias de retórica cada vez mais belicosa entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e o regime do líder norte-coreano Kim Jong-Un.

domingo, 9 de julho de 2017

Coreia do Norte chama de 'provocação' envio de 2 bombardeiros dos EUA

Bombardeiros B-1B (Foto: Japan Air Self-Defense Force/USAF/Handout via REUTERS)
Por: Redação OD
A imprensa oficial da Coreia do Norte qualificou hoje de "provocação" o envio de dois bombardeiros dos Estados Unidos à peninsula coreana para realizar manobras e advertiram que estes exercícios "poderiam ser o estopim de uma guerra nuclear". Pyongyang reagiu assim ao posicionamento na véspera de dois bombardeiros estratégicos B-1B americanos, que fizeram simulacros de ataques de precisão em território sul-coreano junto com caças deste país como sinal de advertência ao regime norte-coreano pelo seu teste com um míssil balístico intercontinental.

terça-feira, 20 de junho de 2017

EUA enviam dois bombardeiros B-1 Lancer para península coreana onde eles irão participar de manobras militares


Por: Redação OD

Os Estados Unidos decidiram, nesta terça-feira (20), enviar dois bombardeiros estratégicos B-1 Lancer para a península da Coreia. O objetivo é a realização de manobras com as forças aéreas sul-coreanas, segundo confirmou um porta-voz de Defesa em Seul. Os B-1 executarão exercícios com dois caças F-15K das forças aéreas sul-coreanas, explicou o porta-voz, detalhando que se trata de "manobras programadas com regularidade".

terça-feira, 2 de maio de 2017

Dois bombardeiros B-1 B "Lancer" dos EUA, participam de manobras na península coreana

Bombardeiro B-1B (Foto: Staff Sgt. Aaron Allmon/U.S. Air Force/AP)
Por: Redação OD

Dois bombardeiros norte-americanos participaram nesta segunda-feira na península coreana, de manobras conjuntas, as quais Pyongyang considerou ser uma provocação. Os dois bombardeiros estratégicos "B-1 B Lancer" partiram da Base Aérea Andersen na ilha de Guam, e participaram dos exercícios militares conjuntos com a Coréia do Sul e o Japão, conforme comunicado emitido por um porta-voz norte-americano, das Forças Armadas do Pacífico (PACAF). O PACAF afirmou ainda que os Estados Unidos realizam estas manobras de forma rotineira, sem qualquer ligação "a uma situação ou país específicos".

sábado, 24 de setembro de 2016

Caça da RAF intercepta e escolta bombardeiros russos que voavam sobre a "Zona de Interesse" Britânica


Por: Redação OD

Na última quinta-feira (22) um caça Typhoon da RAF interceptou e escoltou dois bombardeiros russos que voavam próximo ao espaço aéreo do Reino Unido, entre Noruega e Islândia, conforme nota divulgada pelo ministério da Defesa. "Um Typhoon da (unidade de) resposta rápida da base de Loossiemouth, na Escócia, interceptou dois bombardeiros russos Tu-160 Blackjack e os escoltou quando se encontravam na zona de interesse do Reino Unido", declarou um porta-voz da Royal Air Force (RAF).

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Bombardeiros Su-24 e helicópteros Mi-24 russos chegam ao Quirguistão para o exercício Mirnaya Missiya 2016

Por: Redação OD
Bombardeiros russos Su-24 e helicópteros de ataque Mi-24 foram deslocados da Rússia para o Quirguistão para participar dos exercícios internacionais Mirnaya Missiya (Missão Pacífica) 2016, informou o serviço de relações públicas do Distrito militar central. "A unidade de bombardeiros Su-24M, aviões de reconhecimento Su-24MR, bem como helicópteros de combate Mi-24, foram deslocados para a República do Quirguistão das regiões de Chelyabinsk e Novossibirsk para participar dos exercícios internacionais Mirnaya Missiya 2016", diz o comunicado.