Mostrando postagens com marcador Paquistão. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Paquistão. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Turquia acerta a venda de 30 helicópteros T129 ATAK ao Paquistão


Uma equipe da Turkish Aerospace Industries Inc. (TUSAS / TAI) trabalha em um helicóptero T129 ATAK em Ancara, foto: Agência Aytac Unal / Anadolu
Por: Redação OD

Os governos da Turquia e do Paquistão assinaram nesta última sexta-feira dia 03, um acordo para a venda de 30 helicópteros modelo T129 ATAK, para a Indústria da Defesa (SSM) do Paquistão, segundo informou a imprensa local. “As negociações de contratos sobre helicópteros T129 ATAK entre a Turkish Aerospace Industries [TAI] e o Ministério da Defesa da Produção paquistanês foram finalizadas”, disse o subsecretario em um comunicado. Esta é a maior vanda ao exterior na história da indústria de defesa Turca, disse o comunicado, no acordo a TAI também acertou o fornecimento de peças sobressalentes, treinamento e munição.

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Segundo mídia Indiana, compra de caças-bombardeiros russos pelo Paquistão soa como ameaça à Índia



Por: Redação OD

De acordo com a edição desta terça-feira (11), do periódico local “Tribune India”, sobre a compra pelo Paquistão de caças-bombardeiros russos, tal notícia caiu como uma bomba gerando muitas afirmações de que isso representa uma ameaça para a Índia. Os aviões russos irão reforçar significativamente as capacidades militares de Islamabad, que segundo o jornal, já dispõe de tais aviões como: Mirage III, F-104, F-86, MiG-19 e Il-2. O ministro da Defesa paquistanês, Khurram Dastgir Khan, afirmou que Islamabad e Moscou podem fechar o acordo sobre a aquisição de caças russos Su-35 a qualquer momento.

domingo, 7 de janeiro de 2018

Aproveitando-se do impasse entre Estados Unidos e Paquistão, China tenta montar sua segunda base naval no exterior


Por: Redação OD

Depois de instalar sua primeira base naval estrangeira em Djibouti, em agosto do ano passado, Pequim sonda agora de fixar sua posição no Paquistão, planejando assim aumentar a sua presença militar no exterior com uma segunda base naval estrangeira. A China planeja construir esta segunda base perto de Gwadar, um porto paquistanês estrategicamente importante no Mar da Arábia, de acordo com fontes próximas ao Exército chinês, citadas pelo jornal South China Morning Post. A notícia vem em meio a uma disputa entre os EUA e o Paquistão, com Washington congelando o financiamento de segurança para Islamabad. 

sexta-feira, 29 de abril de 2016

EUA suspendem o financiamento da compra de caças F-16 pelo Paquistão


Por Redação OD
O governo americano abandonou o plano de subsídios para a compra dos caças F-16 pelo Paquistão, informou a emissora britânica BBC, citando uma fonte do Departamento de Estado. O interlocutor da agência relatou que a administração do presidente dos EUA, Barack Obama apoia a venda de caças ao Paquistão, porque considera que o negócio corresponde aos interesses nacionais dos EUA. Mas agora segundo ele, o Paquistão terá que pagar o valor inteiro da compra se o país quiser continuar com o negócio. Segundo o acordo inicial, o Paquistão tinha que pagar cerca de US$ 270 milhões (R$ 950 milhões) e o resto deveria ser subsidiado pelas Forças Armadas dos EUA.