Mostrando postagens com marcador Acordo de Cooperação Técnica USA BRASIL. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Acordo de Cooperação Técnica USA BRASIL. Mostrar todas as postagens

domingo, 13 de janeiro de 2019

A Estratégia dos USA para as Américas 2017 à 2027.

Panoramic view of the flight deck of the U.S. aircraft carrier USS George Washington (CVN-73) at Rio de Janeiro, Brazil. Photo by Communication Specialist 2nd Class Clifford L. H. Davis, USN — U.S. Navy photo 080421-N-9565D-001 
Introdução por Yam Wanders.

Os assuntos que envolvem a cooperação entre o Brasil, os USA ou outros de nossos vizinhos vai ainda continuar gerando polêmicas e por isso deve ser amplamente debatido justamente para que todas as dúvidas sejam exclarecidas pela sociedade, que infelizmente não possui conhecimento suficiente sobre o tema, seja por falta de oportunidade ou por resultado de anos de uma política infeliz dos governos anteriores juntamente com as grandes mídias, que não tinham interesse no bom e honesto exclarecimento do assunto.

Por uma gentileza do U.S. Southern Command (um dos 10 “Unified Combat Command” do Department of Defense dos USA), obtivemos um documento muito importante que explica de maneira clara e objetiva todas as intenções dos planos de cooperação dos USA para com a comunidade de países do chamado “cone sul”, mais especificamente para com a América Central, mas com a sua devida atenção aos países da America do Sul. O documento entitulado “Theather Strategy”( Estratégia de Teatro) para o decênio 2017/2027 é um explicativo de intenções que exclarece bem o que a poĺitica externa dos USA visa em matéria de colaboração e ações que, obviamente, são dos interesses dos USA mas que não deixam de lado os interesses de nações democráticas parceiras no interesse de desenvolvimento regional e global pacífico.

sábado, 5 de janeiro de 2019

Base militar dos USA no Brasil? Chanceler confirma intenção de negociação em breve

Caça F-16 da USAF na Base Aérea de Natal durante o exercicio CRUZEX 2018. A Base Arérea de Natal é um dos locais mais cotados para a instalação de uma base de operações conjuntas dos USA e Forças Armadas brasileiras.
Por: Redação OD.

O chanceler brasileiro, Ernesto Araújo, afirmou nesta sexta-feira, 4, durante encontro do Grupo de Lima – bloco de países latino-americanos que monitoram a crise na Venezuela –, que o presidente Jair Bolsonaro “não exclui a possibilidade” da instalação de uma base militar americana no Brasil. Segundo Araújo, caso isso aconteça, faria parte de uma “agenda mais ampla” do País com os Estados Unidos.