Mostrando postagens com marcador Marinha Chinesa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Marinha Chinesa. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Marinha Chinesa realiza exercício no mar da China Oriental e mostra suas garras


Por: Redação OD

A Marinha Chinesa realizou entre os dias 10 e 13 de agosto, manobras navais de defesa anti-aérea com fogo real no mar da China Oriental, noticiou o jornal militar oficial chinês PLA Daily, na ultima segunda-feira dia 13. Mais de dez navios participaram da manobra, e que durante a mesma fora realizado a interceptação e destruição de mísseis antinavio. Os navios tinham como missão, detectar múltiplos alvos (mísseis) e escolher o modo mais apropriado para abatelo. A fragata de mísseis Meizhou da Frota Marítima do Sul da China abateu um míssil antinavio na primeira tentativa.

sábado, 21 de abril de 2018

China adverte navios de guerra australianos no Mar do Sul e gera mal estar entre os dois governos


Por: Redação OD

Três navios de guerra da Real Marinha Australiana (o HMAS Anzac, o HMAS Toowoomba e o HMAS Success) foram "desafiados" pela Marinha Chinesa quando estes navegavam pelo Mar do Sul da China. As conversas foram até que "educadas" mas porém tensas, de acordo com um oficial em declarações à rede de TV ABC. Malcolm Turnbull, Primeiro-Ministro da Austrália, não quis revelar detalhes sobre o incidente, mas lembrou que o país tem "direito à liberdade de navegação" nos oceanos. "Tudo o que posso dizer é que a Austrália afirma e pratica o seu direito de liberdade de navegação em todos os oceanos do mundo, incluindo, é claro, o Mar do Sul da China", disse Turnbull, recordando que este é um "direito internacional".

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Frota naval Chinesa parte para exercício conjunto com a Marinha Russia no Mar do Japão


Por: Redação OD

A Marinha Chinesa enviou nesta quarta-feira (13), a partir da região costeira de Qingdao na Província de Shandong, uma frota de navios para participar de um exercício militar em conjunto a Marinha Russa. A frota naval Chinesa, consiste do destróier de mísseis Shijiazhuang, da fragata de mísseis Daqing, do navio de abastecimento Dongpinghu e do navio de resgate submarino Changdao, o qual leva a bordo helicópteros navais e veículos de resgate submarino para profundidades.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Porta-aviões chinês Liaoning chega em Hong Kong: Pequim mostra os músculos aos independentistas

O porta-aviões chinês Liaoning em navegação em Hong Kong (Foto: France Presse)
Por: Redação OD

O porta-aviões Liaoning, o único navio de guerra dessa classe de propriedade da China, chegou na última sexta-feira (7) em Hong Kong em visita oficial. Essa foi a primeira ocasião em que a embarcação foi revelada ao público, que também pode visitá-la. E foi um sucesso: milhares de pessoas enfrentaram longas filas para subir no navio de guerra orgulho da marinha chinesa, mas que foi construído na década de 1980 na União Soviética. Após o colapso do bloco oriental, o navio foi abandonado no Mar Negro, até que nos anos 1990 foi comprado por um empresário para ser transformado em um cassino flutuante em Macau. Mas o governo chinês decidiu entrar nessa jogada, comprou o navio e o fez passar por uma longa reforma que modernizou seus equipamentos e o deixou apto para combates marítimos.