Mostrando postagens com marcador Estaleiro. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Estaleiro. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Estaleiro de Construção recebe as seções do 1° submarino convencional e o S40 Riachuelo começa a ganhar forma

Primeiro submarino convencional pronto para a fase de integração
Por: Redação OD

No dia 8 de fevereiro, a Marinha do Brasil e a empresa Itaguaí Construções Navais encerraram o processo de transferência das seções do primeiro submarino convencional, o “Riachuelo” (S40), para o Estaleiro de Construção do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub), localizado no Complexo Naval de Itaguaí, Rio de Janeiro (RJ). Em janeiro, as seções de vante (S4, S3 e 2B) já integradas, pesando 619 toneladas, com 39,86 metros de comprimento e 12,30 metros de altura foram transportadas por um veículo especial de 320 rodas, por um trajeto com cerca de cinco quilômetros, percorrido em 11 horas.

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Goa Shipyard: Um estaleiro em crescimento


Por: J.G Araújo

Em um momento em que a Marinha do Brasil abriu concorrência para a construção das Corvetas classe Tamandaré surge entre aos concorrentes, o estaleiro indiano Goa Shipyard, onde deve-se prestar atenção nele e notar o quanto a Índia vem crescendo na área naval em especial com o setor de defesa do portfólio deste estaleiro. Dentre os produtos entregues pelo estaleiro e que referendam ele para ser um possível fornecedor das futuras corvetas da Marinha, tomei conhecimento que o mesmo forneceu para a Marinha do Sri Lanka um Navio de patrulha offshore avançado de projeto integral desta empresa de construção naval indiana.

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Governo de Angola encomenda 17 navios de patrulha ao estaleiro Privinvest em um negócio de quase € 500 milhões

Foto ilustrativa
Por: Redação OD

O estaleiro Privinvest, com sede no Oriente Médio, vai construir 17 navios de patrulha para a Marinha de Guerra de Angola, sob um contrato de € 495 milhões e autorizado pela Presidência de angola. Na nota emitida pelo governo, a informação está baseada em um despacho presidencial do dia 29 de agosto, referindo-se que a aquisição destes meios, insere-se na implementação do projeto de Vigilância Marítima da Costa Angolana, sendo "vital" para o aparelhamento da Marinha Angolana.