Mostrando postagens com marcador Coreia do Sul. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Coreia do Sul. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Ministério das Relações Exteriores do Japão classifica como "Inaceitável' exercícios militares da Coreia do Sul


Por: Redação OD
A Coreia do Sul anunciou a realização de exercícios militares nos mares próximos a ilha de Takeshima ou Dokdo em sua costa leste, a partir de hoje (18/06), contra um improvável ataque japonês. O anúncio feito pelo governo coreano gerou vários protestos vindos do Ministério das Relações Exteriores do Japão, o qual classificou a ação como algo “inaceitável”. Não é a primeira vez que o governo japonês protesta contra os exercícios militares da Coreia do Sul. Os dois países travam uma disputa política pela soberania das ilhas, com o Japão reivindicando o território, atualmente sob controle sul-coreano, como parte inerente do seu território e pertencente a província de Shimane.

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Presidente sul-coreano revela que precisará ser 'flexível' com o Norte e concorda de revisar exercícios militares com EUA


Por: Redação OD

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, expressou sua intenção de interromper os exercícios militares conjuntos entre os dois países, os quais ele chamou de "jogos de guerra" na última terça-feira dia 12, após o encontro histórico com o líder norte-coreano, Kim Jong Un. “Se a Coreia do Norte adotar atitudes sinceras em direção a desnuclearização e a mesma adotar um diálogo com a Coreia do Sul e com os Estados Unidos para resolver hostilidades. Assim, diante destas atitudes a Coreia do Sul precisará ser flexível em relação à pressão militar imposta sobre o Norte e iremos rever questões, e uma delas será sobre os exercícios militares com os Estados Unidos, para que seja cumprido o espírito da Declaração de Panmunjom, disse o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, nesta quinta-feira, em referência ao acordo para melhor relações que fechou com Kim na cúpula intercoreana de 27 de abril.

terça-feira, 12 de junho de 2018

Coreia do Sul aguarda um posicionamento dos EUA sobre a realização ou não de exercícios militares conjuntos


Por: Redação OD

O Ministério da Defesa Sul Coreano, afirmou que ainda tenta entender o significado das declarações do presidente dos Estados Unidos Donald Trump, onde recentemente ele disse que cancelaria os exercícios militares conjuntos entre os dois países, a pedido da Coreia do Norte, e que isso faria os EUA economizar muito dinheiro. O Pentágono há tempos argumenta que as manobras, defensivas em sua natureza, são necessárias para manter a prontidão das forças americanas na Coreia do Sul.

sábado, 28 de abril de 2018

Aeronave de reconhecimento chinês viola espaço aéreo sul-coreano criando forte tensão com Seul

Imagem ilustrativa
Por: Redação OD
Segundo relatos de autoridades do Ministério da Defesa sul-coreano as mídias locais, o adido militar chinês fora contatado neste sábado (28) para explicar sobre a violação de uma aeronave da Força Aérea do Exército Popular de Libertação (PLAAF), sobre uma zona de identificação da defesa aérea sul-coreana (KADIZ). De acordo com a agência de notícias Yonhap, o Ministério da Defesa pediu para que os chineses tomem precauções para prevenir que esse tipo de incidentes se repita no futuro. Ainda no começo do sábado, o Estado-Maior de sul-coreano afirmou que a aeronave chinesa, supostamente um avião de reconhecimento, havia entrado no espaço do KADIZ a noroeste da ilha de Leo, tendo lá permanecido por cerca de quatro horas. Caças sul-coreanos foram enviados para monitorar a situação, e os pilotos sul-coreanos enviaram sinais para a aeronave chinesa, com o pedido que ela se retira-se, para evitar o aumento das tensões que poderiam levar a confrontos acidentais.
*Com informações de agências de notícias internacionais

domingo, 1 de abril de 2018

Estados Unidos e Coreia do Sul dá início aos seus exercícios militares conjuntos


Por: Redação OD

Estados Unidos e Coreia do Sul deram início aos seus exercícios militares conjuntos neste domingo dia 1º de abrilalgo extraordinário já que geralmente, estas operações conjuntas têm início em fevereiro ou março, mas foram adiados por conta das Olimpíadas e Paraolimpíadas de PyeongChang, que tiveram como sede a Coreia do Sul. Os exercícios incluem a operação Foal Eagle, que envolve um grande desdobramento de soldados sul-coreanos e norte-americanos, que inclui simulações por computador. Oficiais do ministério da defesa sul-coreano disseram que a escala dos exercícios será a mesma de sempre.

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Coreia do Norte celebra aniversário das Forças Armadas com desfile militar às vésperas do início dos Jogos de Inverno


Por: Redação OD

A Coreia do Norte celebrou nesta quinta-feira (07) um desfile militar em Pyongyang, justo às vésperas da cerimonia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno na cidade sul-coreana de Pyeongchang. Sabe-se que o Norte celebrou com seu tradicional desfile militar na praça Kim Il-Sung de Pyongyang a partir das 10:30h (hora local), declarou uma fonte do governo sul-coreano. A Coreia do Norte já tinha anunciado que celebraria o seu 70º aniversário no dia 8 de fevereiro, em vez de fazer em 25 de abril. Mais de dez mil militares treinaram para a parada e a população se fez presente nas praças de Pyongyang com ramos de flores para os saudar.

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Soldado norte-coreano deserta para Coreia do Sul. Ele é o 4° a conseguir fugir do regime de Pyongyang este ano


Por: Redação OD

Mais um soldado norte-coreano desertou nesta quinta-feira para a Coreia do Sul cruzando a zona desmilitarizada (DMZ) que divide a península, conforme informou o ministério da Defesa em Seul, acrescentando que os militares sul-coreanos realizaram disparos de advertência diante da aproximação de tropas do Norte. O militar "de patente não muito elevada" percorreu a parte central da DMZ para entrar na Coreia do Sul, segundo o comunicado. O militar apareceu na manhã desta quinta em um posto de guarda, em meio à neblina, informou a agência de notícias sul-coreana Yonhap, citando o Estado-Maior das Forças Armadas sul-coreanas.

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Militares norte-coreanos dispararam 40 vezes contra desertor acertando 5 tiros e deixando-o em condições críticas, diz Seul

Guarita do Exército norte-coreano é visto de Paju, na Coreia do Sul - Lee Jin-man / AP
Por: Redação OD

O soldado norte-coreano, que desertou no dia de ontem (13), foi alvejado cinco vezes pelos quatro soldados norte-coreanos, que dispararam cerca de 40 vezes contra o soldado durante a sua fulga da Coreia do Norte em direção a Coreia do Sul, na primeira ocorrência na Área de Segurança Comum (JSA, na sigla em inglês) na fronteira entre os dois países em mais de 30 anos, afirmaram fontes das Forças Armadas sul-coreanas nesta terça-feira (14). Os soldados sul-coreanos não dispararam, mas o incidente desta segunda-feira (13) ocorreu em um momento de grande animosidade entre os dois países devido ao programa nuclear norte-coreano.

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Militar norte-coreano consegue desertar em direção à Coreia do Sul após ser baleado por soldados norte-coreanos


Por: Redação OD

Um soldado da Coreia do Norte conseguiu desertar em direção à Coreia do Sul, nesta segunda-feira (13) após o mesmo ter sido ferido por disparos realizados por militares do exército norte-coreano enquanto ele realizava a travessia da Zona Desmilitarizada. O militar fora levado a um hospital sul-coreano, onde foi prestado os primeiro socorros devido ao ferimento em seu ombro, segundo nota emitida pelo porta-voz do Ministério de Defesa da Coreia do Sul. O incidente ocorrido às 16h no horário local (4h em Brasília), na Área de Segurança Conjunta de Panmunjom, o único lugar da Zona Desmilitarizada no qual os soldados das duas Coreias se veem frente a frente.

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Agência de espionagem da Coreia do Sul vê indícios da realização de novo teste de mísseis pela Coreia do Norte


Por: Redação OD

A agência de espionagem da Coreia do Sul revelou a parlamentares nesta quinta-feira (2), que após verificarem intensa atividade do lado norte-coreano, onde esta atividade “a mais’ pode ser o indício de estarem planejando um novo teste de mísseis, e isso a poucos dias de o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, visitar Seul. A Coreia do Norte tem realizado uma série de testes nucleares e de mísseis em desafio às resoluções do Conselho de Segurança da ONU,mas não lança qualquer míssil desde que disparou um sobre o Japão em 15 de setembro.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Em meio as ameaças de ataque da Coreia do Norte, Estados Unidos e Coreia do Sul iniciam exercícios militares na península coreana


Por: Redação OD
Com um atmosfera recheada de incertezas, Estados Unidos e Coreia do Sul deram início nesta segunda-feira dia 16 a um exercício militar conjunto envolvendo cerca de 40 navios de guerra, em meio aos sinais de que Pyongyang possa estar se preparando para um novo lançamento de míssil. O exercício, que vai até sexta-feira dia 20, e ocorre em águas de ambos os lados da península coreana, de acordo com uma fonte sul-coreana, a qual pediu para não ser identificado devido à política interna.

sábado, 14 de outubro de 2017

Seul e Washington alertas sobre um possível novo teste de mísseis balístico da Coreia do Norte


Por: Redação OD

Nos últimos meses foi registrada uma escalada na crise diplomática entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul, que tem o apoio dos Estados Unidos, depois que Pyongyang lançou vários mísseis e executou o sexto teste nuclear. Notícias provenientes da imprensa local (sul-coreana), dão conta de que a Coreia do Norte estaria preparando um novo teste de míssil balístico justamente as vésperas de um exercício militar conjunto entre Seul e Washington, citando fontes do governo. Em setembro, o presidente americano, Donald Trump, durante coletiva ameaçou “destruir totalmente a Coreia do Norte”.

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

EUA realizam exercício militar conjunto com a Coreia do Sul que simulou o lançamento de mísseis ar-terra


Por: Redação OD

A Força Aérea Americana em conjunto com a sua análoga Sul-Coreana, sobrevoaram o Mar do Japão em um exercício militar conjunto na noite de terça 10/10, conforme relatos de autoridades sul-coreanas na noite desta quarta-feira. Dois bombardeiros B-1B dos EUA decolaram da Base Americana de Guam às 20h05 (hora local) e realizaram uma simulação de disparo de mísseis ar-terra ao lado de dois caças F-15K da Coreia do Sul e cruzaram a península coreana, segundo informações do Estado-Maior Conjunto dos Estados Unidos, divulgadas pela agência sul-coreana Yonhap.

sábado, 30 de setembro de 2017

Estados Unidos e Coreia do Sul realizam exercícios de defesa antiaérea em meio as ameaças vindas do Norte


Por: Redação OD

Nesse sábado, o Comando do Pacífico dos Estados Unidos emitiu uma nota, na qual informa que tropas Americanas e Sul coreanas realizaram os primeiros exercícios conjuntos de defesa antiaérea de proximidade na península da Coreia. Estas manobras envolveram militares do 6º batalhão do 52º regimento de defesa antiaérea do exército norte-americano e militares sul-coreanos, respectivamente. A data em que será realizada as manobras e o número de militares envolvidos no exercício não foram divulgados.

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Coreia do Sul deseja fortalecer suas Forças Armadas com aquisição de submarinos nucleares e satélites de vigilância

Submarino norte-americano da classe Los Angeles, ao lado do destroyer USS Higgins
Por: Redação OD

A Alta cúpula do governo sul-coreano está avaliando sobre a possibilidade de se adquirir submarinos nucleares para conter os avanços e os testes nucleares realizados pela Coreia do Norte. Em reuniões recentes, onde as conversações do presidente sul-coreano, Moon Jae-in, com o seu homólogo norte-americano, Donald Trump, seria de reforçarem a defesa conjunta dos aliados contra a Coreia do Norte através da “aquisição e desenvolvimento dos meios de defesa mais avançados” ou  implantação de  armamentos estratégicos dos EUA no país asiático.

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

EUA e Coreia do Sul iniciam exercício militar apesar da recente escalada de tensão na península coreana



Por: Redação OD

Os Exércitos de Coreia do Sul e Estados Unidos iniciaram nesta segunda-feira (21/08) seu exercício militar conjunto anual, em momento marcado pela escalada de tensão entre Pyongyang e Washington. Esta é a crise mais aguda na península coreana, nos últimos anos, tendo se agravado desde que o presidente americano Donald Trump e o governo norte-coreano intensificaram a retórica bélica, após dois testes de mísseis balísticos intercontinentais executados no mês passado.

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Coreia do Sul adquire submarino de 1800 Toneladas como resposta ao Norte

Por: Redação OD

A Marinha da Coréia do Sul, recebeu na sede da empresa Daewoo, na Ilha de Geoje, um novo subamarino de 1.800 Toneladas, que fará frente as ameaças vindas no Norte, e aumentando assim o seu poder bélico e de dissuasão, já que a tensão na peninsula coreana tem estado em uma crescente, face os testes nucleares e as ameaças de um possível ataque oriundos de Pyongyang.

terça-feira, 13 de junho de 2017

Mesmo com as sanções impostas, Pyongyang está conseguindo adquirir motores e equipamento para seus VANT´s


Por: Redação OD
A Coreia do Norte continua comprando componentes japoneses e norte-americanos para seus drones, apesar das sanções econômicas impostas a Pyongyang por estar realizando os seus testes nucleares, segundo informou a cadeia sul-coreana Chosun TV. De acordo com a notícia, especialistas chegaram a esta conclusão após terem examinado um VANT encontrado próximo à fronteira com a Coreia do Norte e supostamente enviado para fins de vigilância, sobre a Coréia do Sul

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Coreia do Sul, Japão e EUA iniciam exercícios navais ante ameaça norte-coreana


Por: Redação OD
A Coreia do Sul, o Japão e is Estados Unidos iniciaram nesta segunda-feira (3) um exercício naval conjunto para contra-atacar a ameaça dos mísseis submarinos da Coreia do Norte, anunciou o ministério da Defesa sul-coreano, em meio à inquietação com o programa armamentista da ditadura comunista norte coreana.

domingo, 19 de março de 2017

Conheça mais do sistema antimísseis que os EUA estão instalando na Coreia do Sul, e por que sua instalação é tão polêmica

Por: Redação OD

Os Estados Unidos anunciaram o início da operação de instalação de um controverso sistema antimísseis na Coreia do Sul. Batizado de Terminal de Defesa Aérea para Grandes Altitudes (THAAD, na sigla em inglês), o sistema foi desenhado para proteger o país asiático de seu vizinho mais próximo, a Coreia do Norte. Por sinal, a operação teve início justamente um dia após a Coreia do Norte lançar quatro mísseis, em desafio a sanções internacionais.