Mostrando postagens com marcador Aviação Militar Russa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Aviação Militar Russa. Mostrar todas as postagens

domingo, 26 de novembro de 2017

Bombardeiros TU-22M3 bombardeiam posições do Daesh no leste da Síria e MoD Russo divulga vídeo do ataque aéreo


Por: Redação OD
O ministério da Defesa Russo liberou vídeo, com cenas do ataque aéreo, realizado pelas aeronaves Tu-22M3 das Forças Aeroespaciais, contra as instalações do grupo terrorista Daesh na província Deir ez-Zor, na Síria. Nas imagens mostram o momento de lançamento das bombas pelos bombardeiros de longo alcance Tu-22M3. Seis bombardeiros russos atacaram centros e instalações de comando do Daesh no vale do Eufrates neste domingo dia 26.

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Antonov oferece a empresas dos EUA seu projeto AN-77 após terem rompido laços com a Russia


Por: Redação OD

A empresa aeronáutica ucraniana Antonov busca obter novo compradores para suas aeronaves no exterior, após eles terem decido romper os “laços” com o seu maior parceiro aeronáutico, a Russia. Recentemente, a empresa andou oferecendo o projeto do An-77 (o qual encontra-se engavetado) a possíveis investidores e empresas aeronáuticas dos EUA, conforme nota em seu site. Representantes da empresa Antonov repassaram ofertas às delegações do Comitê de Transporte e Infraestrutura da Câmara de Representantes do Congresso dos EUA durante recente visita à empresa.

domingo, 16 de abril de 2017

Acidentes influenciam modernização de Forças Aéreas. Nos últimos seis meses, a aviação militar do país viu três tragédias ocorrerem

Porção de aviões fabricados recentemente na Rússia é alta, e supera a dos EUA, de acordo com especialistas. 
Por: Redação OD

Durante os últimos seis anos, as Forças Aéreas da Rússia renovaram mais da metade do equipamento militar no exército. “A porção dos aviões nas Forças Aéreas russas que foram fabricados recentemente é de 55%. Em 2020, essa porcentagem atingirá os 70%”, declarou o comandante-geral das Forças Aeroespaciais da Rússia, coronel-general, Víktor Bóndarev, à agência de notícias Interfax. Analistas militares afirmam que a taxa é muito elevada em comparação a outros países.

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

As razões por trás do fiasco da aviação soviética em 1941

IL-2 soviéticos, conhecidos como "tanques voadores", em ataque a colunas nazistas Foto:Fedor Levshin/RA Novosti

Por: Redação OD
Durante os combates recentes na Síria, a aviação militar russa demonstrou que, com exceção dos Estados Unidos, a Rússia é o único país do mundo cuja Força Aérea é capaz de projetar o seu poderio muito além das fronteiras nacionais. No entanto, nem sempre ela foi tão bem sucedida. A conscientização sobre a importância da aviação militar ocorreu durante a Segunda Guerra Mundial.