sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

SOLENIDADE EM BRASÍLIA COMEMORA OS 74 ANOS DA TOMADA DE MONTE CASTELO PELA FORÇA EXPEDICIONÁRIA BRASILEIRA

  1. Imagem via Exército Brasileiro.
Por: Redação OD.

Brasília (DF) – A participação brasileira na Segunda Guerra Mundial foi relembrada, nessa quinta-feira, 21 de fevereiro, em cerimônia militar ocorrido no Batalhão de Polícia do Exército de Brasília (BPEB). A Tomada de Monte Castelo, em 21 de fevereiro de 1945, na Itália, representou uma importante conquista para as tropas aliadas nesse marcante momento da história mundial. A data foi celebrada com a presença de ex-integrantes da Força Expedicionária Brasileira (FEB) e de militares da guarnição de Brasília.


Coronel Nestor da Silva, de 101 anos, foi o destaque da cerimônia. O ex-pracinha representou os militares da FEB e desfilou, ao término da cerimônia, em carro aberto. A ordem do dia, texto alusivo à data lido durante a formatura, destacou o trabalho de militares como o Coronel Nestor: “em Monte Castelo, como em outras vitórias da FEB, nossos heróis honraram os exemplos dos bravos de Guararapes, das lutas pela independência e das guerras travadas no cone sul do continente. A campanha da Itália somou inúmeros exemplos de bravura, dedicação, amor à Pátria e sentimentos fraternos aos valores cultivados pelos homens e mulheres do Exército de Caxias. Tais valores, típicos da vida castrense e que emprestam à carreira das Armas indiscutível singularidade, continuam sendo evidenciados nas nossas missões de paz, nas operações de garantia da lei e da ordem e em tantas outras ações executadas em proveito do bem-estar, da segurança e do progresso do País”.

Monte Castelo
“Defendendo um setor de cerca de 15 quilômetros de extensão, os brasileiros, durante o inverno de 1944-45, observaram diuturnamente as alturas em frente, nas quais se abrigava o implacável inimigo.(...)” (trecho, extraído do livro Memórias, do Marechal Mascarenhas de Morais).
A Força Expedicionária Brasileira foi constituída por cerca de 25 mil homens e foi comandada pelo Marechal Mascarenhas de Moraes. Os militares brasileiros tiveram importante participação na Segunda Guerra Mundial, quando, em solo italiano, receberam a missão de apoiar a conquista das montanhas dos Apeninos, incluindo Monte Castelo, em novembro de 1944. No entanto, foi somente na quinta tentativa, em 21 de fevereiro de 1945, que a vitória foi alcançada.
Fonte: Agência Verde-Oliva

Nenhum comentário: