sábado, 5 de maio de 2018

Departamento de Defesa dos EUA deseja reativar a sua Segunda Frota para conter 'ameaças russas' no Atlântico Norte


Por: Redação OD

De acordo com fontes ouvidas pelo portal de defesa USNI News, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos estão prestes a anunciar, os planos de reativação da Segunda Frota do Norte no Oceano Atlântico, após publicação da nova Estratégia Nacional de Defesa do país, a qual deixa claro que os EUA estão de volta a era de grandes competições de poder, segundo afirmou o chefe de operações navais John Richardson nesta sexta-feira, afirmando ainda que a medida seria motivada principalmente por supostas ameaças impostas pela Russia na região onde a frota irá operar.


"O ambiente de segurança continua a crescer mais desafiador e complexo", disse o almirante em discurso na cidade de Norfolk, na Virgínia. "É por isso que hoje estamos relançando a Segunda Frota, para enfrentar esses desafios, particularmente no Atlântico Norte". A sede de comando da Segunda Frota será em Norfolk, onde as autoridades operacionais e de treinamento exercitarão sobre navios, aeronaves e forças de desembarque designados na condução de operações marítimas, conjuntas e combinadas em apoio a comandos unificados e aliados. Ainda segundo o USNI, cerca de 15 militares da Marinha devem ser destacados para esse comando inicialmente. Mas a ideia é a de que esse número chegue a 250 homens.

*Com informações de agências internacionais de notícias
Postar um comentário