quinta-feira, 5 de abril de 2018

China envia nova frota naval para realizar missão de escolta no Golfo de Áden


Por: Redação OD

A 29ª frota da Marinha do Exército de Libertação Popular (ELP) da China deixou a cidade portuária de Zhoushan, no leste do país, rumo ao Golfo de Áden e águas perto da Somália. A missão é de escolta de navios civis. Levando mais de 700 militares (Oficias e Praças), destes algumas dezenas são militares de operações especiais e dois helicópteros, a frota começou sua viagem na manhã de quarta-feira.


Sob o mandato do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), a marinha chinesa começou a executar missões de escolta no Golfo de Áden e nas águas perto da Somália em dezembro de 2008. Até julho de 2017, as frotas escoltaram 6,4 mil navios chineses e estrangeiros e expulsaram mais de 3 mil barcos piratas. Durante as missões, a marinha também efetuou a evacuação de cidadãos chineses de zonas de guerra na Líbia em 2011 e no Iêmen em 2015.

*Com Informações de Agência de Notícias Internacionais

Nenhum comentário: