quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Departamento de Defesa dos EUA aprovam a venda de aeronaves A-29 Super Tucano à Força Aérea Nigeriana


Por: Redação OD
O Departamento de Defesa dos Estados Unidos concordaram com a venda das aeronaves anti-insurgência e de suporte tático A-29 Super Tucano, conforme comunicado da Força Aérea da Nigeriana (NAF), a qual é a compradora das aeronaves em uma nota a imprensa local nesta quarta-feira (27). "O embaixador dos EUA na Nigéria, Stuart Symington, apresentou hoje as cartas de oferta e a aceitação em relação ao fornecimento de aeronaves A-29 Super Tucano para a Força Aérea da Nigéria (NAF)", disse o vice-marechal Olatokunbo Adesanya em comunicado publicado na página oficial da NAF.


A declaração apontou que o governo dos EUA está empenhado em ajudar a Nigéria a derrotar os terroristas do Boko Haram na parte nordeste do país e procura ajudar a eliminar todas as formas de terrorismo no país. O Departamento de Estado dos EUA, já havia aprovado anteriormente a venda de 12 aeronaves A-29 para a NAF para ajudar ainda mais a campanha de contra-insurreição do país, recordou Adesanya. As vendas haviam sido suspensas em uma das últimas decisões de Barack Obama antes de deixar a presidência dos Estados Unidos. Na época, um bombardeio da NAF sobre um campo de refugiados influenciou de forma negativa a decisão do então presidente. 

Segundo a agência Reuters, cada A-29 custará algo em torno de US$ 10 milhões (R$ 33 milhões), com uma grande variação de preço, dependendo das configurações da aeronave. O Super Tucano é uma aeronave de ataque desenhada e fabricada pela empresa brasileira Embraer e serão utilizados no combate ao terrorismo no país africano. A aeronave é considerada leve e é projetada para missões de contra-insurgência, apoio aéreo e missões de reconhecimento aéreo em ambientes de baixa ameaça, de acordo com relatórios publicados.

*Com Informações de Agências Internacionais de Notícias
Postar um comentário