terça-feira, 3 de outubro de 2017

Rússia ampliará oferta de aeronaves com a chegada do IL-114-300

Imagem via Rostec Rússia.
 Por: Redação OD.

A Rússia se prepara para o lançamento de sua terceira aeronave civil desde a queda da União Soviética. Após o Sukjoi Superjet 100 (SJJ-100) e o MC-21, espera-se pela chegada do novo IL-114-300. O avião terá capacidade para 64 passageiros e percurso de 2.000 km, sendo considerado uma excelente opção para rotas regionais. A Corporação Estatal Rostec, maior conglomerado industrial da Rússia, iniciará os testes do motor TB7-117CT que será usado no novo modelo.


O IL-114-300 representa mais um passo na conversão sistemática das tecnologias militares russas para a aviação civil. A aeronave tem potencial para países que se concentram no desenvolvimento do tráfego aéreo local e regional.
O novo modelo aproveitará a infraestrutura desenvolvida para o SSJ-100, primeiro avião civil já lançado no mercado pela Rússia. Contará também com o modelo de fuselagem estreita de curto e médio alcance do MC-21, cuja produção em massa deve ocorrer até o final de 2017. Toda a infraestrutura já criada para o SJJ-100 e o MC-21 – incluindo armazéns, centros de treinamento, logística, parceiros globais, além de centros de manutenção técnica e bases para reposição de peças – também será utilizada pelo IL-114-300.
A construção do IL-114-300 e o primeiro teste de voo devem ocorrer em 2018. A certificação do motor TB7-117CT deverá ocorrer até 2020. A produção em série começará em 2021. Até 2022, a meta de produção é de 12 aeronaves ao ano.

A Importância do Motor TB7-117CT


"Após as provas já realizadas com o motor PD-14 (o mais moderno da Rússia), entre outros, agora temos um motor a mais. O início de testes do TB7-117CT representa um passo importante para a Rússia e para a estratégia do Cluster de Aviação da Corporação Estatal Rostec - que prevê a convergência de tecnologias militares para uso civil. Acreditamos que a construção de motores é um elemento-chave na esfera de aviação e posicionará a Rússia como um parceiro potencial no mercado global - inclusive com um produto altamente competitivo, tanto em preço quanto no ponto de vista de manutenção e serviço pós-venda", ressalta Anatóly Serdiukóv, diretor industrial do Cluster de Aviação da Corporação Estatal Rostec.
O motor TB7-117CT poderá ser instalado em aeronaves civis e militares. É uma modificação do modelo ТВ7-117СМ que conta com características técnicas e de voo ainda mais amplas e modernas. A potência de decolagem é de 3.000 libras/segundo e de contingência é de 3.600 libras/segundo. Os motores tracionam um par de hélices AB112 (projetadas pela empresa “NPP Aerosila”), permitindo que a potência e o impulso frontal tenham maior performance (decolagem).
O TB7-117CT possui um sistema de controle automático que coordena o funcionamento do motor e da hélice do avião. Esse controle, em conjunto, permite usar o poder do motor e da hélice com capacidade total, aumentando a eficiência de propulsão. Em particular, esse progresso também permite elevar a capacidade de carga da aeronave e reduzir o tempo de início da decolagem.
É importante destacar que o motor TB7-117CT é produzido inteiramente com peças e componentes russos. Estão previstos 20 voos de testes que irão ocorrer no laboratório de voos IL-76ll. Serão avaliadas todas as velocidades e alturas necessárias para o IL-114-300. Uma vez que estes testes sejam aprovados, o motor já poderá ser implementado no avião.
O motor TB7-117CT também será usado no avião de transporte militar IL-112B, permitindo que a aeronave voe com até 5 toneladas de carga máxima, capacidade para acomodar 44 passageiros e percorrer uma distância de 2.400 quilômetros. Espera-se que a produção em série do IL-112B comece em 2019 na planta PAO VASO. A meta de produção é de 12 aeronaves ao ano.

Sobre a Rostec
A Corporação Rostec foi fundada em 2007 para apoiar a pesquisa, o desenvolvimento, a fabricação e a exportação de produtos industriais de alta tecnologia para o uso civil e militar. É um conglomerado estatal da Federação da Rússia que detém aproximadamente 700 empresas, incluindo 11 holdings que formam o complexo militar-industrial e três grupos empresariais que atuam na indústria civil. Conta ainda com o controle direto de 80 companhias e marcas de renome mundial em seu portfólio, como a AVTOVAZ, KAMAZ, Consórcio Kalashnikov, Helicópteros da Rússia, VSMPO-AVISMA e Uralvagonzavod entre outras. A companhia está presente em 60 entidades constituintes da Rússia e exporta sua produção para mais de 70 nações. A receita da Rostec em 2016 foi superior a 1,266 trilhão de rublos, enquanto o lucro líquido consolidado totalizou 88 bilhões de rublos. O Ebitda atingiu 268 bilhões de rublos. De acordo com a estratégia da Rostec, a tarefa principal da companhia é garantir o domínio tecnológico da Rússia no mercado global de alta competitividade. Entre as metas-chave da empresa, destaque para a integração entre as novidades tecnológicas e a digitalização da economia da Rússia.
www.rostec.ru/en



Postar um comentário